Blog Santo Antônio
Notícias
29
Jun / 2022

Abandono de Emprego

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Federação Internacional do Diabetes alerta para o aumento global contínuo na prevalência da doença, um desafio global significativo para a saúde e bem-estar de indivíduos famílias e comunidades.

O Dia Nacional do Diabetes, 26 de junho, promove a conscientização sobre fatores de risco, diagnóstico e prevenção contra a doença.

Dados da 10ª edição do Atlas Diabetes, realizado pela federação, indicam que 537 milhões de adultos (20 a 79 anos) vivem com diabetes – o que representa uma em cada 10 pessoas. Estimativas apontam que esse número aumente para 643 milhões em 2030 e 784 milhões em 2045.

Segundo o levantamento, 4 entre 5 (81%) adultos com diabetes vivem em países de baixa e de média rendas. Em 2021, o diabetes foi responsável por 6,7 milhões de mortes: 1 a cada 5 segundos.

A carga da doença causou pelo menos US$ 966 bilhões em gastos com saúde: um aumento de 316% nos últimos 15 anos.

Ao menos 541 milhões de adultos têm tolerância à glicose diminuída, o que os coloca em alto risco de diabetes tipo 2.

Sobre o diabetes

A doença é causada por uma insuficiência na produção de insulina pelo pâncreas ou pela dificuldade de uso da insulina produzida pelo corpo.

“Nós temos um órgão dentro da cavidade abdominal chamado pâncreas, que tem a função de produzir um hormônio chamado insulina. Nas células, a insulina influencia a entrada da glicose. Então, você come, ingere os nutrientes que são absorvidos no aparelho digestivo, e na corrente sanguínea você tem a glicose, que entra dentro das diversas células do corpo através do trabalho desse hormônio”, explica o neurocirurgião Fernando Gomes, apresentador do Correspondente Médico da CNN (veja o vídeo abaixo).

O aumento da glicose no sangue pode causar danos aos olhos, rins e nervos, além de aumentar o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e os derrames vasculares.

“O diabetes não tratado a longo prazo pode causar malefícios para o corpo, como problemas na retina, problemas relacionados ao coração e ao cérebro. Em longo prazo, até amputações podem acontecer”, disse.

Um dos valores de referência que indica o desenvolvimento da doença é o resultado do teste de hemoglobina glicada, capaz de medir os níveis de açúcares no sangue também chamado de índice glicêmico.

“A taxa normal de hemoglobina glicada é de até 5,7% da hemoglobina total, a molécula que carrega oxigênio no sangue. Valores entre 5,7% e 6,5% o indivíduo é considerado com pré-diabetes. Acima de 6,5% é considerado um quadro de diabetes”, explica Domingos Malerbi, presidente do Departamento de Diabetes da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).Diferentes tipos de diabetes
O diabetes é classificado em diferentes tipos (1 e 2), de acordo com a forma de apresentação da doença.

O mais comum é o tipo 2, que compreende cerca de 90 a 95% dos casos. A doença é caracterizada pela má absorção da insulina produzida pelo pâncreas, o que leva a uma dificuldade para manter o açúcar no sangue em níveis normais.

O desenvolvimento da diabetes tipo 1 está relacionado à destruição permanente da maior parte das células do pâncreas que produzem a insulina pelo próprio sistema imunológico do paciente. Quando isso acontece, o órgão passa a produzir pouca ou nenhuma insulina. Em geral, o tipo 1 atinge crianças, adolescentes e jovens adultos.

Como prevenir o diabetes

Assim como no caso da hipertensão, fatores comportamentais têm importante papel no surgimento do diabetes. O neurocirurgião Fernando Gomes alerta que a adoção de hábitos saudáveis pode ajudar a prevenir a doença.

Comer diariamente verduras e legumes, reduzir o consumo de sal, açúcar e gorduras, parar de fumar, manter o peso controlado e praticar exercícios físicos regularmente são as formas mais eficazes de se combater a doença.

“Manter alimentação saudável e equilibrada, seguir o tratamento orientado pelo especialista e a prática diária de atividade física são as principais formas para prevenir a evolução do diabetes e todas as consequências que a doença pode trazer”, explica Bruno Helman, Fundador e CEO do Instituto Correndo Pelo Diabetes, que foi diagnosticado com a doença aos 18 anos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, a prevenção de complicações inclui a educação sobre o assunto tanto de pacientes como de seus cuidadores e até mesmo de equipes médicas, além de exames anuais para identificar indivíduos em risco de ulceração, cuidados com os pés e uso de calçados apropriados.

As medidas de prevenção também contam com o tratamento efetivo e imediato quando houver qualquer complicação nos pés e com a estruturação dos serviços de saúde, com o objetivo de atender às necessidades do paciente com relação a um cuidado crônico.

Complicações

Entre as inúmeras complicações que podem ser desencadeadas pela falta de controle do diabetes está a úlcera de pés diabéticos (UPD) que, em 85% dos casos, precede a amputação. Um milhão de indivíduos com diabetes mellitus sofre uma amputação em todo mundo.

A médica endocrinologista Denise Franco, do Instituto Correndo Pelo Diabetes (CPD), organização sem fins lucrativos, explica que o pé diabético progride de forma silenciosa e, em alguns casos, o paciente sente formigamento.

“No exame físico é possível perceber pele seca, rachaduras, unha encravada, com micose, calos, machucados, ausência de pelos, entre outros. É a causa mais comum de internações prolongadas e com custos elevados. Grande proporção dos leitos hospitalares em emergências e enfermarias, nos países em desenvolvimento, é ocupada por pacientes com úlcera de pés diabéticos”, afirma a especialista.

O diabetes, quando não tratado, pode reduzir a sensibilidade à dor e temperatura nas extremidades do corpo, por causa da hiperglicemia, que impede uma boa circulação sanguínea. Sem a oxigenação correta dos vasos naquela região, a resposta inflamatória fica comprometida, sendo assim, uma simples topada ou um calo de um sapato apertado não se regeneram e a ferida aumenta cada vez mais.

Estima-se que 40% dos pacientes com histórico de úlcera de pés diabéticos apresentem recidiva em um ano; 60%, em dois anos; 65% em até cinco anos, o que enfatiza a necessidade de estimular a adesão do paciente por meio de processo educativo, motivar o autocuidado e consultas regulares para avaliação por equipe especializada.

Fonte: CNN Brasil

O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal João Roma (PL) confirmou a presença do presidente Bolsonaro na Bahia nesta sexta-feira (1) e sábado (2).

“O presidente tem uma intensa agenda na Bahia a partir de sexta, em Feira de Santana, e, no sábado, em Sslvador, na celebração ao 2 de Julho, participando da Segunda Motociata da Independência. No mesmo dia, também irá a Curaçá, no Norte da Bahia”, disse Roma em entrevista ao programa Bahia Notícias no ar, na rádio Salvador FM.

Segundo o ex-ministro da Cidadania, o presidente desembarca na sexta em Feira de Santana, onde assina a ordem de serviço para o início das obras do rodoanel que vai interligar quatro BRs na região. “Essa obra foi prometida pelo PT e nunca saiu do papel. Agora, com Bolsonaro, vai se tornar realidade”, afirmou.

No sábado, João Roma informou que a Motociata da Independência, em Salvador, partirá, às 9 horas , do Dique do Tororó, nas proximidades da Fonte Nova, com destino ao Parque dos Ventos, na Boca do Rio.

“A expectativa é da participação de um grande número de motociclistas de toda a Bahia, acompanhando o presidente Bolsonaro na celebração aos heróis da Independência da Bahia”, disse Roma, que depois seguirá com o presidente para Curaçá onde marcarão presença na tradicional Festa do Vaqueiro pela tarde.

Fonte: Política Livre

Com objetivo de ampliar ainda mais o esquema vacinal contra a Covid-19, a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria de Saúde, dará continuidade a disponibilização de todas as doses, ampliando a descentralização da vacina nas unidades de saúde a partir desta segunda-feira (27), das 8h às 11h e das 13h30 às 17h.

Serão disponibilizadas as vacinas de primeira e segunda dose para crianças de 5 anos acima, também serão vacinados com a terceira dose as pessoas que já tenham tomado a segunda dose ou dose única há quatro meses, bem como a quarta dose para os trabalhadores de saúde e pessoas com 40 anos acima que já tenham mais de quatro meses que receberam a terceira dose.

A vacinação acontecerá nas seguintes Unidades de Saúde da Família: Maria Santana Macêdo Santos (Barreiras I), José Maria de Magalhães Neto (Santa Luzia), Dr. José Davi Bessa (Novo Horizonte), Dr. Nivaldo Moreira (Jardim Vitória), Albert Sabin (Centro), Martina Clara Batista Máximo (Barreirinhas), Dr. Jaime Lima (Vila Dulce), Antônia Zélia (Vila Amorim), Herculano Farias (Barreirinhas), Gláucia Gomes de Oliveira Aguiar (Morada da Lua de Baixo), Dr. Brancildes Júnior (Boa Sorte), Emilly Raquel (Parque Santa Lúcia), José Batista do Amaral (Arboreto II), Gileno de Sá (Lot. Rio Grande), Dr. Eduardo Medrado (Lot. São Paulo), também na Unidade de Saúde CAIC, Jardim Ouro Branco e no Centro de Especialidades Leonídia Ayres (Morada Nobre).

Para receber a dose do imunizante, seja 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª dose,  é necessário está com documentos pessoais em mãos, Cartão do SUS e de vacinas.

Fonte: Dircom PMB

Uma diversidade de produtos, desde os in natura como frutas e exposição de hortaliças, até produtos comercializados e industrializados na Capital do Oeste, foram destaques durante os cinco dias do Arraiá do Parque 2022, o maior São João da Bahia realizado por uma Prefeitura. A iniciativa é da Secretaria de Agricultura e Tecnologia de Barreiras, dentro do Projeto Vale Produtivo, com o apoio da Diretoria de Cultura e buscou apresentar à população produtos da agricultura familiar produzidos e comercializados no município.

O espaço proporcionou a exposição de muitas histórias de sucesso, a exemplo dos produtores da Fazenda Casulo que apresentou para o público a cachaça Cabeceira dos Gerais, a primeira cachaça artesanal engarrafada de Barreiras. “Nossa proposta não era vender, era apenas apresentar o nosso produto, mas fomos surpreendidos e fizemos boas vendas”, disse Renato Santos.

Localizado, estrategicamente, logo no início do Arraiá do Parque, no Arraiá do Vale Produtivo barreirenses e turistas conheceram também doces, petas, licores, cacau, derivados da mandioca, peixes, camarão e até uma variedade de molho de pimenta produzidos em Barreiras. “Nosso objetivo foi divulgar a nossa marca Vó Preta que já está disponível nos mercados do município”, disse Valdir Pinheiro, representante da marca com indústria no povoado Boca do Gerais.

O Arraiá do Vale Produtivo reproduziu de maneira lúdica e histórico-cultural a vida do homem do campo, essa era uma das propostas segundo o secretário. “O nosso arraiá veio para servir de vitrine e mostrar o potencial da agricultura familiar de Barreiras e da região Oeste. Nesta oportunidade, os expositores além de mostrarem seus produtos estão realizando vendas, superando as expectativas nesses cinco dias, aumentando também a rede de contatos”, pontuou José Marques.

Neste domingo, o espaço recebeu a participação do cantor Alcione e Banda, que trouxe em seu repertório o tradicional forró pé de serra. Presente no evento, o prefeito Zito Barbosa acompanhado da primeira-dama, Marisete Bastos e do vice-prefeito Emerson Cardoso, destacou que o homem do campo é o principal ator neste período junino, uma vez que os produtos consumidos nesta época são de origem do campo.

“Um dos nossos objetivos neste São João foi valorizar o pequeno agricultor e a agricultura familiar, são eles que produzem a maioria dos alimentos que vão direto para a mesa das famílias. Quando criamos o Projeto Vale Produtivo foi justamente para valorizar esse segmento que tanto precisa do apoio do poder público, proporcionando assim, um cuidado especial com homem do campo, por isso, logo na entrada desta grandiosa festa fizemos questão de apresentar esses produtores tão importantes para nossa alimentação e ainda apresentar às pessoas tudo que é produzido no nosso vale, como é produzido e onde esses produtos podem ser encontrados”, destacou Zito Barbosa.

Fonte: Dircom PMB

Ontem, domingo, 26, uma família colheu uma mandioca enorme, medindo 1,25m de comprimento, pensando 20 quilos. A família vive na Fazenda Tamanduá, no município de Catolândia.

Segundo a família, teria mais mandiocas dessas e possivelmente até maiores na fazenda.

Quem plantou na época, foi o senhor Pedro que tinha mais de 100 anos de idade e já faleceu. A colheita foi realizada pelo filho, o senhor João.

Fonte: Sigi Vilares

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

O gasto com combustível da Câmara dos Deputados no primeiro semestre de 2022 foi o maior dos últimos quatro anos no mesmo período. De janeiro a junho deste ano, os deputados federais desembolsaram R$ 8.663.898 para abastecer carros oficiais e veículos alugados.

O levantamento foi feito pelo Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias com dados do Portal da Transparência da Câmara dos Deputados calcula as despesas realizadas de janeiro ao presente momento, a uma semana do fim de junho. Além disso, os parlamentares dispõem do prazo de 90 dias para apresentar documentos comprobatórios dos valores.

Os gastos da bancada baiana chamaram atenção no levantamento. Entre os 10 parlamentares com mais despesas, cinco são da Bahia: João Carlos Bacelar (PL-BA), José Rocha (União); Charles Fernandes (PSD); Marcelo Nilo (Republicanos); e Arthur Oliveira Maia (União). Eles tiveram gastos na casa dos R$ 35 mil.

Em 2022, os deputados gastaram mais que o dobro dos primeiros seis meses de 2020. Vale lembrar que o período de dois anos atrás foi marcado pelo início da pandemia da Covid-19 no Brasil e pela adoção de medidas restritivas para conter o avanço da doença no país.

Mesmo assim, o gasto com abastecimentos registrado até o momento já superou os níveis pré-pandêmicos. Em 2019, por exemplo, levando em conta os seis primeiros meses do ano, foram despendidos R$ 8.029.140,74 da cota parlamentar apenas com combustíveis. Na prática, portanto, o ano de 2022 custou aos cofres públicos R$ 630 mil a mais do que o contabilizado há três anos.

Fonte: Bahia Notícias

Na tarde de ontem, sábado, 24, por volta das 17h, foi encontrado um corpo carbonizado no bairro Jardim Europa, na cidade de LEM.

De acordo com informações, moradores teriam visto um cachorro arrastando uma parte de uma perna humana. Eles acionaram a Polícia Militar que constatou o fato.

Era um pé e parte de um osso da perna. A PM acionou a Polícia Civil que enviou uma equipe ao local. Os policiais realizaram buscas e localizaram o corpo carbonizado que seria do sexo masculino, ao lado de uma bicicleta da marca Monark, além de algumas moedas e uma sandália.

O Departamento de Polícia Técnica, após perícia, removeu o corpo para o IML de Barreiras para a realização de necropsia e possível identificação.

A Polícia Civil irá investigar o caso.

Fonte: Reportagem de Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares

Fonte: Embasa
Pesquisas futuras devem avaliar se a vacinação contra a gripe também está associada à taxa de progressão dos sintomas em pacientes que já apresentam Alzheimer

Pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina contra a gripe tiveram 40% menos probabilidade de desenvolver a doença de Alzheimer, ao longo de quatro anos, em comparação com não vacinados. É o que revela um novo estudo da UTHealth Houston, dos Estados Unidos.

A pesquisa comparou o risco de incidência da doença neurodegenerativa entre pacientes com e sem vacinação prévia contra a gripe em uma grande amostra nacional de adultos dos Estados Unidos com 65 anos ou mais.

Os resultados preliminares do estudo foram divulgados online de maneira antecipada. A versão final da pesquisa será publicada em agosto no periódico científico Journal of Alzheimer’s Disease.

“Descobrimos que a vacinação contra a gripe em adultos mais velhos reduz o risco de desenvolver a doença de Alzheimer por vários anos. A força desse efeito protetor aumentou com o número de anos que uma pessoa recebeu uma dose anual contra a gripe – em outras palavras, a taxa de desenvolvimento de Alzheimer foi mais baixa entre aqueles que receberam consistentemente a vacina contra a gripe todos os anos”, disse o pesquisador Avram S. Bukhbinder, primeiro autor do estudo, em comunicado.

Segundo o especialista, pesquisas futuras devem avaliar se a vacinação contra a gripe também está associada à taxa de progressão dos sintomas em pacientes que já apresentam Alzheimer.

O estudo ocorre dois anos depois que os pesquisadores da UTHealth Houston encontraram uma possível ligação entre a vacina contra a gripe e a redução do risco de doença de Alzheimer. A nova pesquisa analisou uma amostra maior do que as investigações anteriores, incluindo 935.887 pacientes vacinados contra a gripe e 935.887 pacientes não vacinados.

Durante as consultas de acompanhamento de quatro anos, cerca de 5,1% dos pacientes vacinados contra a gripe desenvolveram a doença de Alzheimer. Enquanto isso, 8,5% dos pacientes não vacinados desenvolveram o agravo durante o acompanhamento.

Para os especialistas, os resultados encontrados ressaltam o forte efeito protetor da vacina contra a gripe contra a doença de Alzheimer. No entanto, os mecanismos associados a este processo requerem um estudo mais aprofundado.

“Como há evidências de que várias vacinas podem proteger da doença de Alzheimer, estamos pensando que não é um efeito específico da vacina contra a gripe”, disse Paul. E. Schulz, professor de neurologia da McGovern Medical School. “Em vez disso, acreditamos que o sistema imunológico é complexo, e algumas alterações, como a pneumonia, podem ativá-lo de forma a piorar a doença de Alzheimer. Mas outras coisas que ativam o sistema imunológico podem fazê-lo de uma maneira diferente – uma que protege da doença de Alzheimer”, completa.

Estudos anteriores descobriram um risco reduzido de demência associado à exposição prévia a várias vacinas para adultos, incluindo as de tétano, poliomielite e herpes, além da vacina contra a gripe e outras.

Sobre a doença

A doença de Alzheimer é um transtorno neurodegenerativo progressivo e fatal que caracterizado pela deterioração cognitiva e da memória. Os sintomas incluem o comprometimento progressivo das atividades cotidianas e uma variedade de manifestações neuropsiquiátricas e de alterações comportamentais.

O quadro clínico está associado ao processamento errado de certas proteínas do sistema nervoso central, o que leva ao surgimento de fragmentos de proteínas mal cortadas, tóxicas, dentro dos neurônios e nos espaços que existem entre eles.

Como consequência, há perda progressiva de neurônios em regiões do cérebro, como o hipocampo, que controla a memória, e o córtex cerebral, essencial para a linguagem e o raciocínio, memória, reconhecimento de estímulos sensoriais e pensamento abstrato. Os sintomas da doença exigem cuidado integral às pessoas com Alzheimer.

No Brasil, estima-se que existam 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico e, no mundo, cerca de 35,6 milhões de pessoas são diagnosticadas com a doença de Alzheimer.

Fonte: CNN Brasil

Ontem, domingo, 26, o município de Santa Maria da Vitória, fez 113º aniversário de emancipação política.

A origem de Santa Maria da Vitória no território do então município de Rio das Éguas, atual município de Correntina. A ocupação ocorreu a partir da exploração do ouro nas lavras locais. Diz que, nos anos que se seguiram, o comércio ribeirinho foi se solidificando, primeiro envolvendo rapadura ali produzida e depois uma diversidade de produtos agrícolas, promovendo a fixação de um grande número de pessoas. 
 
Em 1850, foi construída a capela dedicada à Nossa Senhora das Vitórias em torno da qual se desenvolveu a localidade, elevada à categoria de vila em 1880, quando foi desmembrada de Carinhanha. Seis anos depois foi extinta, com a restauração do município de Rio das Éguas. A vila voltou a vicejar em 1888 e a Lei estadual nº 737, de 26 de junho de 1909, finalmente concedeu status de município à localidade sob o topônimo de Santa Maria, alterando, em 1944, para Santa Maria da Vitória.
Fonte: Reportagem de Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares

Na madrugada de hoje, segunda-feira, 27, por volta da 1h, o PETO da 85ª CIPM, prendeu um indivíduo suspeito por tráfico de drogas na rua Teixeira de Freitas no bairro Santa Cruz, em LEM.

A guarnição fazia o patrulhamento, quando avistou um indivíduo em atitude suspeita, recebendo uma bolsa de outra pessoa, que ao avistar a viatura um dos indivíduos começou a correr, assim só foi possível abordar a pessoa que estava recebendo a tal bolsa.

Durante abordagem, foi encontrado dentro da bolsa alguns tipos de drogas, momento em que foi dado voz de prisão ao mesmo pelo porte de tais substâncias, todo material listado a seguir foi apresentado juntamente com o abordado na delegacia policial para as medidas cabíveis.

Objetos apresentados: 441 gramas “petecas e em um saco maior de cocaína”, 140 gramas de “maconha”, 680 gramas de “ crack”,  01 balança de precisão, material para embalagem,  86 reais em várias cédulas.

Fonte: 85ª CIPM



O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), anunciou a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) que incide na gasolina de 25%, praticado até então no Estado, para 18%. O comunicado foi feito na manhã desta segunda-feira, 27, em coletiva de imprensa. Ele destacou que a alteração deverá gerar uma redução média de R$ 0,48 nas bombas dos postos de combustíveis para os consumidores. Garcia informou ainda que determinou que o Procon-SP atue na divulgação dos estabelecimentos que estão aplicando a redução, para que ela não se perca na margem de lucro dos empresários e não chegue ao cidadão. O governador ainda destacou não acreditar que a medida deverá resolver o problema dos altos preços e que a Petrobras e o governo federal precisam tomar iniciativas mais robustas para resolver a questão. Após forte pressão do governo Bolsonaro na questão, o Estado de São Paulo é o primeiro a anunciar mudança na cobrança do ICMS.

“É uma decisão que o governo de São Paulo sai na frente e aplica de maneira imediata essa redução [do ICMS] a partir de agora, de 25% para 18%. Faço essa observação sobre a camuflagem do ICMS porque eu sou daqueles que acredita que a gente ‘não trata uma infecção grave como essa só com dipirona, só com antitérmico’. Nós sabemos que nós temos um problema na macroeconomia, nós temos um problema na política [da Petrobras] de preços internacionais do petróleo e também na Petrobras, que ganha muito e devolve pouco para a população desse país”, anunciou o governador.

“Eu quero registrar aqui que o governo de São Paulo faz, então, a sua parte nessa redução do ICMS da gasolina a partir de agora. E espero que a Petrobras e o governo federal tomem medidas para que a gente não venha a assistir aumento de preço de gasolina e de combustível nas próximas semanas nesse país. É um sacrifício grande da população de São Paulo, a redução de investimento em áreas estratégicas, mas esperamos que, agora, com essa contribuição, a Petrobras faça a parte dela. Eu também determinei ao Procon que a gente possa fazer a divulgação do preço médio da gasolina em todo o Estado de São Paulo após essa redução anunciada hoje para que o consumidor, de maneira livre e soberana, saiba claramente aqueles postos de gasolina que estão aplicando essa redução de impostos. Não é justo a gente fazer essa redução de imposto e a redução de imposto ficar na margem [de lucro] do posto de gasolina ou da distribuidora. Portanto o Procon vai estar nas ruas fazendo essa avaliação e essa divulgação dos preços da gasolina em São Paulo para informar o consumidor para que ele possa lutar pela expectativa de redução na bomba, que vai ser de cerca de R$ 0,48”, finalizou Garcia.

Fonte: JOVEM PAN

O mototaxista Jailson Tavares de Amorim, de 40 anos, conhecido pelo apelido de “Bigode’ morreu na madrugada desta segunda-feira, 27, por volta da meia noite e meia, ao cair de sua moto na BR 242, na altura da Galvani, no perímetro urbano de LEM.

Jailson teria perdido o controle da motocicleta atingindo o meio fio do canteiro central da pista, batendo a cabeça em seguida, vindo a óbito no local.

De acordo com informações, Jailson morava no bairro Tropical Ville 2, era também proprietário de uma distribuidora de bebidas. Casado, ele deixa filhos e a esposa grávida.

Fonte: Blog do Sigi Vilares

Por volta das 03h20, da segunda-feira (27), a GCM foi acionada através do Botão do Pânico, por uma vítima assistida pelo CAM, após o seu ex-companheiro de convívio quebrar a medida protetiva.

O autor arrobou a porta, invadiu a casa da vítima e tentou contra a vida da mesma, momentos que a GCM, através do ROMU adentrou a residência e deu voz de prisão ao indivíduo, que estava bastante alterado e com sinais de uso de drogas.

O agressor resistiu a prisão e tentou subtrair a arma de fogo de um dos agentes. Foi necessário e efetuado um disparo na perna do Indivíduo.

O indivíduo foi socorrido para UPA e após atendimento, foi conduzidoao ao DISEP.

O CAM (Centro de Apoio a Mulher) foi acionado e prestou todo apoio a vítima.

O autor já tentou contra a vida da sua ex-companheira outras vezes, mas dessa vez graças ao Botão do Pânico, a GCM-LEM agiu rápido e conseguiu prender o indivíduo.

Guarda Civil Municipal
(Proteger e Servir)

Fonte: GCM LEM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |