Blog Santo Antônio
Notícias
Foram localizadas 52 armas desse tipo no ano passado, e 22 em 2022

O número de fuzis apreendidos na Bahia em 2023 mais que dobrou na comparação com o ano anterior. Os policiais conseguiram capturar 52 armas desse tipo das mãos dos bandidos, no ano passado, frente a 22 localizados em 2022. Em julho, o Anuário Brasileiro da Segurança Pública apontou a Bahia como o segundo estado mais violento do país. Foram apreendidas cerca de 6 mil armas e 18 mil pessoas foram presas.

Nesta quarta-feira (10), o titular da Secretaria Pública da Segurança (SSP), Marcelo Werner, apresentou o balanço das ocorrências policiais registradas na Bahia, em 2023. Ele explicou que o crescimento nas apreensões revela duas coisas: a intensificação do trabalho dos policiais e de investigação, e o nível de armamento dos crimnosos. Ele também destacou a importância do trabalho conjunto entre as policiais Civil, Militar e Federal nas operações de desarticulação das quadrilhas.

"É um record histórico 54 fuzis apreendidos. No ano de 2022 foram 22 fuzis. Isso ocorreu por conta do aumento das nossas ações investigativas e preventivas, mas também o aumento da beligerância das organizações criminosas. Conseguimos através do trabalho de inteligência e das forças de segurança fazer essa apreensão significativa", disse.

No total, foram apreendidas cerca de 6 mil armas, ou 17,5% a mais que em 2022, e 18.530 pessoas foram presas, ou 3,92% a mais que no ano anterior. A média foi de 49 prisões por dia. Dentre os presos ou mortos, 33 são líderes de facções, sendo que oito integravam o Baralho do Crime, ferramenta criada pela SSP que reúne os bandidos mais perigosos e procurados do estado.

A delegada geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, disse que o resultado foi fruto da investigação. "Quando tiramos esse indivídou do contato com a sociedade trazemos mais traqulidade, porque trabalhamos com alguns fatores. Além da prisão dele, nós pedimos o bloqueio dos bens para que ele não tenha o poder econômnico para comprar as drogas e as armas, e fazemos a apreensão do armamento", afirmou.

Em 2023, a polícia apreendeu 11,9 toneladas de drogas, destruiu cerca de 1 milhão de pés de maconha e desarticulou 18 laboratórios de produção de drogas. Dentre as mortes violentas, os casos de lesão corporal seguida de morte saltaram de 63 para 84 vítimas, aumento de 33,3%.

No total, 4.599 pessoas foram assassinadas no estado, no ano passado, mas os homicídios reduziram 6,3% na comparação com 2022. Foram contabilizados 105 feminicídios, dois a menos que no ano anterior, e ocorreram 67 casos de latrocínio, 20 a menos que em 2022.

Em julho, o Anuário Brasileiro da Segurança Pública revelou que a Bahia estava no topo do ranking nacional da violência. Os dados eram de ocorrências registradas em 2022. Das cinco cidades com as maiores taxas de mortes violentas, quatro são baianas. Entre as dez, tem seis. Se o recorte for ampliado para 25, são 12, cerca de metade da lista. O estado é também o líder em números absoluto de homicídios, à frente do Rio e de São Paulo.

Fonte: Correio da Bahia
Entre os veículos leves, responsável pelo maior volume da indústria, houve um ligeiro crescimento, de pouco mais de 1%


Na contramão das vendas, produção automotiva cai quase 2% em 2023

Em 2023, a indústria automotiva brasileira viveu uma verdadeira gangorra. Enquanto os emplacamentos fecharam o ano com um crescimento considerável, de 12,02%, a produção, no geral, não seguiu o mesmo caminho, fechando o ano com queda de 1,9% em relação a 2022, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Ao todo, no último ano, as marcas instaladas no país produziram 2.324.838 veículos, contra 2.369.769 de 2022. A queda no ano se confirmou com um dezembro ruim. No último mês de 2023, foram fabricadas 171.578 unidades, redução de 15,3% em relação a novembro (202.675) e de 10,4% quando comparado com o mesmo período do ano anterior (191.567).

Pelo menos, os veículos leves – responsáveis pela maior fatia da produção – apresentaram números positivos, apesar de tímidos, ao fim do ano, com 2.203.705 unidades fabricadas, contra 2.176.000 de 2022, alta de 1,3%. Em dezembro, foram 162.058 modelos produzidos, queda de 15% perante novembro (190.758) e de 7,4% em relação ao mesmo mês do ano anterior (175.095).

O principal motivo pela queda na produção do mercado no geral, foram os caminhões e ônibus. No ano passado, 121.133 pesados foram fabricados, uma queda de 37,48% em relação a 2022. Em dezembro, foram produzidas apenas 9.520 unidades, quedas de 20,3% em relação a novembro (11.917) e de sonoros 42,2% quando comparado com o mesmo mês do ano anterior (16.472). 

O ano passado também não foi fácil para as exportações. Segundo a Anfavea, apenas 403.919 veículos foram enviados para outros países, uma queda de 16%, quando comparado com 2022 (480.913). Em dezembro, foram exportadas 25.678 unidades, contra 24.068 de novembro, alta de 6,7%, e 31.208 do mesmo período de 2022, queda de 16,3%.

Fonte: Diário do Poder

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativo ao mês de dezembro de 2023, com dados sistematizados e analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), estima uma produção de cereais, oleaginosas e leguminosas de 12,1 milhões de toneladas (t). Isso representa um avanço de 6,9% na comparação com a safra de 2022 – que foi o melhor resultado da série histórica do levantamento para o conjunto de produtos pesquisados.

As áreas plantada e colhida estão estimadas em 3,53 milhões de hectares (ha), com avanço de 4,5% em relação à safra de 2022. Dessa forma, o rendimento médio esperado (3,44 t/ha) da lavoura de grãos no estado é 2,3% maior na mesma base de comparação.

A produção de algodão (caroço e pluma) está estimada em 1,74 milhão de toneladas, que representa expansão (29,1%) em relação ao ano passado. A área plantada com a fibra aumentou 25,4% para 364 mil hectares em relação à safra de 2022.

O volume de soja a ser colhido pode alcançar 7,57 milhões de toneladas, o que corresponde a um aumento de 4,5% sobre o verificado em 2022. A área plantada com a oleaginosa no estado ficou projetada em 1,9 milhão de hectares. As duas safras anuais do milho, estimadas pelo IBGE, podem alcançar 3,09 milhões de toneladas, o que também representa crescimento de 8,9% na comparação anual. Com relação à área plantada, houve queda de 0,3% em relação à estimativa da safra anterior de 700 mil hectares. A primeira safra do cereal está projetada em 2,35 milhões de toneladas, 7,3% acima do que foi observado em 2022. Já o prognóstico para a segunda safra é de um avanço de 14,6% em relação à colheita anterior, totalizando 745 mil toneladas.

A lavoura do feijão pode sofrer um recuo de 2,1%, na comparação com a safra de 2022, totalizando 239 mil toneladas. O levantamento manteve a estimativa de 417 mil hectares plantados, a mesma observada no ano anterior. Estima-se que a primeira safra da leguminosa (143,5 mil toneladas) seja 1,4% inferior à de 2022, e que a segunda safra (95,3 mil toneladas) tenha uma variação negativa de 3,1%, na mesma base de comparação.

Para a lavoura da cana-de-açúcar, o IBGE estimou produção de 5,47 milhões de toneladas, revelando queda de 2,3% em relação à safra 2022. A estimativa da produção do cacau, por sua vez, ficou projetada em 120 mil toneladas, apontando uma queda de 4,8% na comparação com a do ano anterior.

Em relação ao café, está prevista a colheita de 247 mil toneladas este ano, 5,6% acima do observado no ano passado. A safra do tipo arábica está projetada em 100,7 mil toneladas, com variação anual de 0,2%. Por sua vez, a safra do tipo canéfora teve previsão de 145,9 mil toneladas, 9,7% acima do nível do ano anterior. As estimativas para as lavouras de banana (913,8 mil toneladas), laranja (634,3 mil toneladas) e uva (65,6 mil toneladas), por sua vez, registraram, respectivamente, variações de 1,0%, -2,9% e 7,8%, em relação à safra anterior. O levantamento ainda indica uma produção de 938,3 mil toneladas de mandioca, 9,6% superior à de 2022. A produção de batata-inglesa, estimada em 331,8 mil toneladas, apresenta recuo de 6,3%; e a do tomate, estimada em 179,6 mil toneladas, aponta alta de 0,9% na comparação com a do ano anterior.

Confira o boletim no site na SEI.

Fonte: Ascom SEI

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, aceitou o convite do presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) e substituirá o Flávio Dino no Ministério da Justiça. A informação foi confirmada pela Folha de São Paulo e pelo G1.

O convite de Lula ao ex-ministro do STF foi antecipado pelo Bahia Notícias no começo de novembro, quando Lewandowski integrou a comitiva do presidente na COP28.

O ex-ministro se aposentou da Corte em abril de 2023, após completar 75 anos. Após deixar o atual a cargo de ministro da Justiça, Flávio Dino irá assumir uma cadeira no Supremo, em fevereiro.

Fonte: Bahia Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Através do Projeto odontológico Por Um Sorriso Mais Alegre, que já atendeu mais de 13.000 pacientes e realizou 20.000 procedimentos, Tito promove o acesso a tratamento odontológico para a população do bairro Vila dos Soldados. Com uma estrutura moderna composta por duas unidades móveis, carro de apoio e uma equipe de alto padrão, incluindo duas dentistas, auxiliares, motoristas e coordenadora, o Projeto Por Um Sorriso Mais Alegre tem recuperado a autoestima de milhares de pessoas em Barreiras.

"Ao observar a satisfação dos pacientes em cada nova agenda do projeto, que oferece atendimento através desta iniciativa voltada para levar serviços de saúde pública de qualidade à população, tenho a certeza de que foi acertada a decisão de investir para garantir a estruturação e manutenção do projeto. Com o apoio incondicional do Governo do Estado da Bahia, temos proporcionado mais do que simples atendimento odontológico; estamos contribuindo para a recuperação da autoestima de nossas comunidades", comentou Tito.

As unidades estarão localizadas na Travessa Marechal Rondônia, 250, Vila dos Soldados, próximo ao Bar do Domingo, em frente à casa da mãe do líder comunitário Maurício Filho (Gugu).

"Estou muito feliz por ver nosso bairro ser contemplado com essa excelente ação, que oferece a várias pessoas a oportunidade de cuidar da saúde bucal sem burocracias, com profissionais de alto padrão e uma estrutura altamente moderna. Sem dúvida, é um dia importante para mim e para todos aqui da Vila dos Soldados", comentou o líder comunitário Maurício Filho

 

Fonte: Da Assessoria de comunicação

407350393-18042394198582970-107675612959296919-n

407356212-18042394180582970-7127881826710667725-n

406532762-18042394171582970-9161950391988740633-n

Nos últimos dias 4 e 5 de dezembro, as equipes do 17º Batalhão de Bombeiros Militar de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães intensificaram suas ações preventivas como parte integrante da Operação Alerta Vermelho. Em Luís Eduardo Magalhães, foram realizadas blitz educativas e preventivas ao longo da BR-242. Em Barreiras, os bombeiros conduziram uma palestra informativa com orientações preventivas na Escola Adventista e participaram ativamente no Parque Novo Tempo, fornecendo orientações cruciais para a prevenção de incidentes.

407905787-18042394153582970-6593260902949893913-n

408774453-18042394132582970-174637949895275763-n

A Operação Alerta Vermelho, uma iniciativa coordenada pelo Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil - Ligabom, está em pleno vigor de 1º a 8 de dezembro, envolvendo todas as 27 Corporações do Corpo de Bombeiros no país. Neste período, os bombeiros estão intensificando as ações preventivas, abrangendo a realização de palestras educativas que tratam de temas vitais, tais como primeiros socorros, acidentes domésticos, procedimentos de evacuação, prevenção de afogamentos e segurança no trânsito.

Fonte: 17º BBM

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio
Atraves do Portal do Cidadão: lem.tivic.com.br

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Segurança e Trânsito, com o propósito de facilitar a vida de quem circula pela cidade e necessita dos serviços do órgão, colocou em funcionamento o Portal do Cidadão, pelo qual o condutor pode registrar suas ocorrências de trânsito. No site, que pode ser acessado pelo link: https://lem.tivic.com.br, também é possível consultar a situação do veículo, contestar multas e acompanhar o andamento das infrações de trânsito.

Se o acidente não envolver vítimas, apenas danos materiais, o condutor também poderá realizar o boletim de ocorrência através do site. “Na grande maioria dos casos, o condutor não vai mais precisar se deslocar até a sede da SUTRANS, apenas em casos de acidentes com vítima. Então o sistema chegou para facilitar e muito a vida da população”, ressaltou o coordenador da Sutrans, Adriano Silva.

Fonte: SECOM, prefeitura de LEM

Fonte: Grupo Santo Antonio
Texto sai da Comissão de Assuntos Econômicos e segue para análise no plenário

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou o projeto de lei para tributar as offshores —empresas de brasileiros localizadas em paraísos fiscais— e os fundos dos super-ricos. O texto segue para o plenário, mas ainda não há data para votação.

O que aconteceu?

O relator, senador Alessandro Vieira (MDB-SE), não fez alterações de mérito no projeto de lei. Ou seja, o parecer aprovado é praticamente igual ao texto aprovado pelos deputados.

Vieira acatou emendas apenas de redação, inclusive com aval do governo. Ele incorporou no texto uma dessas mudanças no relatório, mesmo após a votação simbólica do texto-base, em acordo com as bancadas.

Com isso, o projeto, se aprovado no plenário, não precisa retornar para nova análise na Câmara, indo direto à sanção presidencial. O governo tem pressa para aprovar o texto, que é uma das prioridades da equipe econômica.

As bancadas estão insatisfeitas com o Palácio do Planalto, que trabalha para melhorar o ambiente com os senadores após sofrer derrotas importantes na Casa. O clima é de que o Executivo não tem base aliada suficiente para aprovar propostas de interesse único do governo, apenas projetos de âmbito nacional ou econômico.

A proposta foi aprovada na Câmara em 25 de outubro, após o presidente Lula (PT) indicar à presidência da Caixa Econômica Federal o economista Carlos Antônio Vieira Fernandes, aliado do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A análise do projeto estava emperrada pela demora do governo em abrir espaço para o centrão no governo.

O que diz o projeto?

Na regra atual, a cobrança de Imposto de Renda dos fundos de investimentos de pessoas com alta renda é realizada no resgate do valor aplicado.

A taxa cobrada do investidor que atualizar os rendimentos obtidos no exterior nos fundos dos super-ricos e offshores será de 8%. A medida foi incluída na Câmara por um pedido da Fazenda, que antecipa a possibilidade de iniciar a atualização dos rendimentos dos fundos, de maio de 2024 para dezembro de 2023.

O texto estabelece o número de 100 cotistas mínimos para formação do Fiagro (Fundos de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais) e FIIs (Fundos de Investimento Imobiliários). A proposta foi um meio-termo entre o que queria o Ministério da Fazenda e os ruralistas.

Além disso, limitou a 30% o percentual de cotas para familiares de até segundo grau no fundo. A taxação do imposto de renda será de 15% sobre as aplicações financeiras, de lucros e dividendos dos fundos dos super-ricos no exterior e das offshores.

No projeto aprovado, a tributação dos fundos dos super-ricos será duas vezes por ano, em maio e novembro, como acontece com outros fundos (o chamado come-cotas). Já a das offshores ocorrerá anualmente, no dia 31 de dezembro.

Fonte: UOL

Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-22-s-19-11-25-5fbd0417

Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-22-s-19-11-24-f5c8c0fe  

As cinco conselheiras tutelares e as cinco primeiras suplentes, eleitas para o quadriênio 2024/2028 em Luís Eduardo Magalhães, estão passando por capacitação desde a segunda-feira, dia 20 de novembro. Com carga horária de 40 horas, o curso que encerra amanhã (23), é ministrado pelo especialista em Direito da Criança e da Juventude, Jailton Fernandes, na sede da Associação Comercial e Empresarial do município (ACELEM).

Entre os conteúdos apresentados, está o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); a Lei Henry Borel, dentre outras legislações que garantem a proteção integral para crianças e adolescentes.Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-22-s-19-11-25-c89bb8b1

Além do apoio dado pela Prefeitura, através da Secretaria da Cidadania, também estão colaborando com a capacitação, representantes do Ministério Público da Bahia (MPBA), do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), do Centro de Apoio à Mulher (CAM), do Centro Pop Rua, Família Acolhedora, instituições de acolhimento e das secretarias de Saúde e Educação.

Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-22-s-19-11-25-c414293e

Para Jailton Fernandes, a capacitação é importante para aumentar o repertório das profissionais recém-eleitas. “Esse momento faz com que as Conselheiras adquiram mais conhecimento e trocas de experiências, com o objetivo de qualificar ainda mais o atendimento e a proteção integral à criança e ao adolescente, seguindo o que determina o ECA", destacou.

Fonte: SECOM, Prefeitura de LEM

A cerimônia de lançamento da licitação do trecho da rodovia 030, entre os municípios de Cocos, no Oeste da Bahia e Mambaí, no estado de Goiás, reuniu, em Brasília, nesta quarta-feira (22), representantes das associações Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), além de produtores da região de Cocos, contemplada pelo Edital do Ministério dos Transportes. A obra era uma reivindicação da classe e estratégica para o escoamento de grãos, plumas e demais gêneros produzidos no Oeste.

“Infraestrutura é importante para que haja o desenvolvimento de uma região. Portanto, esta obra é fundamental para o agronegócio e para as demais atividades que dependem de rodovias de acesso. O Oeste ganha muito, principalmente os produtores da região de Cocos que haviam manifestado junto às associações, a necessidade desta pavimentação”, disse o presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamaschi, durante o evento. Já o presidente da Aiba, Odacil Ranzi, destaca como a demanda pela estrada começou. “O projeto inicial da estrada foi financiado pelos produtores daquela região, via Instituto Aiba e enviado para o Ministério dos Transportes, hoje comemoramos o resultado”, relembra.

Para o Ministro dos Transportes, Renan Filho, o trecho em questão trata-se de “uma obra transformadora para a conexão do Brasil Central e para aproximar o Oeste baiano do litoral, dos portos, do progresso e do desenvolvimento, melhorando a qualidade de vida da população dessa região”. O Ministro da Casa Civil, Rui Costa enfatizou que “estradas e ferrovias permitem a redução do custo da produção, o aumento da capacidade de competição do Brasil, dos estados e dos municípios para elevar o PIB brasileiro. A logística é fundamental para a competitividade de qualquer país do mundo”.

Sobre a 030 – A BR 030 é uma rodovia radial que integra do Centro-Oeste ao Nordeste do Brasil. Atravessa uma região de grande produção de grãos e sua pavimentação possibilitará estabelecer uma conexão com a ferrovia de integração Oeste-Leste (Fiol) e o Porto de Ilhéus. O trecho entre Cocos (BA) e Mambaí (GO) possui uma extensão de 191,5 km e a pavimentação vai reduzir mais de 200 km do percurso entre o Centro-Oeste e o litoral baiano. O investimento é de R$ 550 milhões.

Fonte: Assessoria de imprensa da Abapa

231123alimentos1
Na tarde de terça-feira, 21, a 84ª CIPM, entregou alimentos arrecadados com a 1ª Corrida Guardiões do Vale do Rio Grande, realizado em Barreiras.

Através da realização da Corrida Guardiões do Vale do Rio Grande, promovida pela 84ªCIPM/Barreiras, na manhã do dia 15/11, a qual contou com a participação de aproximadamente 350 inscritos, foram arrecadados 500Kg de alimentos não perecíveis.

Foi possível, então, formar um total de 47 cestas básicas.

Patrocinadores participaram da entrega dos alimentos, que foi destinadas a famílias carentes em nosso município.

 

Fonte: 84ª CIPM/ASCOM

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-21-s-17-38-00-dc7bd32e

O aterro sanitário de Luís Eduardo Magalhães completou um ano de funcionamento fortalecendo o compromisso da Prefeitura com a sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente.

Estrutura do aterro

Com capacidade para receber 99 toneladas de resíduos sólidos por dia, o aterro sanitário de Luís Eduardo Magalhães, completou um ano de operação no último dia 15 de novembro de 2023, feriado da Proclamação da República. O início da operação da central de gerenciamento de resíduos marcou o fechamento das atividades do antigo lixão a céu aberto, localizado no bairro Parque São José.

Imagem-do-Whats-App-de-2023-11-21-s-17-38-00-a33dc773

Investimento

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães investiu cerca de R$ 40 milhões em todo o processo de implantação do aterro, incluindo a construção da central de gerenciamento de resíduos, pavimentação da via de acesso e a operação da Central.

A empresa Paraguassu Construções é a responsável pelos serviços de operação, monitoramento, tratamento, transporte de chorume e disposição final de resíduos domiciliares, públicos e da construção civil.

Fonte: SECOM, prefeitura de LEM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |