Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

O desmatamento na Amazônia foi de 11.088 quilômetros quadrados (km2) entre agosto de 2019 e julho de 2020, divulgou hoje (30) o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia. A área equivale a quase duas vezes o Distrito Federal (5.802 km2).

 

O número, divulgado durante visita do vice-presidente Hamilton Mourão à sede do Inpe em São José dos Campos (SP), é uma estimativa do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), sistema do Estado brasileiro que monitora a Amazônia. "São dados auditados, que tem por trás deles um trabalho muito intenso", disse o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, também presente ao anúncio, segundo a Agência Brasil. 

 

A área desmatada foi 9,5% maior do que os 10.129 km2 registrados em igual período anterior, entre agosto de 2018 e julho de 2019, informou o Inpe. Trata-se da quarta alta consecutiva. Mourão, que preside o Conselho da Amazônia, disse que a atuação das Forças Armadas no combate ao problema neste ano começou tardiamente, em maio, mas que ainda assim foi capaz de reduzir um aumento ainda mais intenso, que era esperado na casa dos 20%.

 

"Nao estamos aqui para comemorar nada disso, que isso não é para comemorar, mas significa que os esforços que estão sendo empreendidos começam a render frutos", disse o vice-presidente. Ele frisou que 85% do desmatamento ocorre em quatro estados (Pará, Mato Grosso, Amazonas e Rondônia). "Temos consciência de qual é a área que devemos atuar", afirmou.

Fonte: Bahia Notícias

A retomada do crescimento da Covid-19 no Bahia está longe de ser uma anedota pós-eleições ou apenas um inimigo ilusório a ser combatido pelo negacionistas. Em 25 dias, considerando o cálculo de média móvel, o número de novos casos diários praticamente dobrou no estado, saindo de 1.205 para 2.393. O mesmo avanço é observado no número de casos ativos: a Bahia saltou da faixa de 6 mil para 11.029 registros confirmados nesta segunda-feira (30) pela Secretaria Estadual de Saúde.

 

Já a taxa da ocupação de leitos de UTI Covid-19 do Estado saiu de 53,22% para 67,83% em apenas 15 dias, mesmo com um leve aumento de leitos - que foram de 853 em 16 de novembro para 861 nesta segunda.

 

Em Salvador, o avanço também tem acendido o alerta das autoridades de saúde. Nesta segunda, o prefeito ACM Neto (DEM) citou um planejamento de reabertura dos leitos de tratamento da Covid-19 caso a taxa de ocupação atinja a margem de 60%. 

 

Segundo Neto, o objetivo é "ir abrindo novos leitos para que esta margem de segurança possa ser respeitada". A capital baiana tinha, em 6 de novembro, 1.008 casos ativos da doença. No boletim de ontem, o total de casos nesta categoria era de 1.732. Um aumento de 71%.

 

Conforme divulgação da Secretaria Municipal de Saúde, a capital baiana tem, nesta segunda, 66% dos leitos totais ocupados. No caso de UTI adulto, a margem de ocupação é de 65%. Já os leitos clínicos têm 69% de ocupação. 

Fonte: Bahia Notícias

“Qualquer festa com aglomeração, só com a vacina [contra a Covid-19]”. A fala é do governador da Bahia, Rui Costa (PT), e toca diretamente os desejos por celebrar com alguma aglomeração a despedida do ano de 2020. Apesar da determinação, o governo da Bahia não dispõe de mecanismos específicos que permitam punição aos que insistirem em descumprir a recomendação. 

 

Desde março, um decreto estadual limita a aglomeração em eventos e afins. Em vigor até a próxima quarta-feira (2), mas com probabilidade de prorrogação, o texto atual limita a 200 o número de pessoas passíveis a dividir o mesmo espaço. 

 

De acordo com a assessoria de comunicação do governo, “as sanções, neste caso [realização de festas e ventos], podem surgir a partir de setores como vigilância sanitária (de responsabilidade dos municípios) ou do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, que precisa realizar vistoria”. Acrescenta ainda que, “para os ilícitos administrativos, existe o poder de polícia já previsto em norma inerente à administração pública”. 

 

“Quero dizer que no estado da Bahia não vai ter festa com aglomeração porque nós não vamos permitir. Quero deixar isso claro", afirmou Rui. 

Fonte: Bahia Notícias

Capela Santo Antonio localizada na Vila da Comunidade Bom Jesus da Mata da Cachoeira.

Fonte: Grupo Santo Antonio

A primeira parcela do 13º salário, um dos principais benefícios trabalhistas do país, deve ser paga até esta segunda-feira (30). A partir desta terça (1º), o empregado com carteira assinada começará a receber a segunda parcela, que deve ser paga até 18 de dezembro.

 

As datas valem apenas para os trabalhadores na ativa, ressalta matéria da Agência Brasil. 

 

Devido a pandemia da Covid-19, o 13º dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi antecipado. A primeira parcela foi paga entre 24 de abril e 8 de maio. A segunda foi depositada de 25 de maio a 5 de junho.

 

A legislação prevê o pagamento da gratificação natalina a aposentados, pensionistas e quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 15 dias. Trabalhadores em licença maternidade e afastados por doença ou por acidente também recebem o benefício.

 

No caso de demissão sem justa causa, o décimo terceiro deve ser calculado proporcionalmente ao período trabalhado e pago junto com a rescisão. No entanto, o trabalhador perde o benefício se for dispensado com justa causa.

 

O décimo terceiro salário só será pago integralmente a quem trabalha há pelo menos um ano na mesma empresa. Quem trabalhou menos tempo receberá proporcionalmente.

 

A regra que beneficia o trabalhador o prejudica no caso de excesso de faltas sem justificativa. O mês inteiro será descontada a gratificação se o empregado deixar de trabalhar mais de 15 dias no mês e não justificar a ausência.

 

ALGO MUDOU COM A PANDEMIA?
De acordo com a reportagem da Agência Brasil, a situação dos trabalhadores com contrato suspenso ou com jornada reduzida com diminuição proporcional dos salários só foi definida no início de novembro. Para os contratos com jornada reduzida, o décimo terceiro e as férias devem ser pagos de forma integral.

 

No caso de suspensão de contratos, o período não trabalhado será descontado do décimo terceiro. No entanto, para manter a harmonia com a legislação, o mês em que o empregado tiver trabalhado 15 dias ou mais será contado como mês inteiro e será pago.

 

Os critérios para da gratificação nessas situações foram definidos por nota técnica editada pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia no início de novembro. Embora a nota técnica não tenha força de lei, equivale à interpretação da norma pelo governo e será levada em conta pelos auditores fiscais do trabalho nas fiscalizações das empresas.

Fonte: Bahia Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) registrou neste domingo (29) seis urnas trocadas das 4.344 disponibilizadas para o segundo turno das eleições em Feira de Santana e Vitória da Conquista. As eleições foram encerradas às 17h, nas cidades que seguem o horário de Brasília.  

 

Das seis trocas, quatro ocorreram em Vitória da Conquista, três delas na 39ª Zona Eleitoral (ZE), nas seções 03, 19 e 65, e uma na 40ª ZE, seção 298. Em Feira, uma substituição de urna foi feita na 156ª ZE, seção 33, e outras na 157ª ZE, seção 73.  

 

No estado, onde, neste segundo turno, há 631.725 eleitores aptos a votar, distribuídos em 1.997 seções, até o momento, não há registro policial envolvendo eleitores ou candidatos. O voto manual não precisou ser utilizado. A medida está prevista no caso de não ser possível substituir a urna eletrônica. 

Fonte: Bahia Notícias

Mais 2915 casos de Covid-19 foram registrados na Bahia nas últimas 24h e 1952 foram declarados recuperados. O número de casos ativos divulgado no boletim deste domingo (29) é de 11.255. Também foram registrados 20 óbitos, que ocorreram em datas diversas. A taxa de ocupação de UTIs para adultos no estado é de 65% e pediátrica de 67%. 

 

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,66%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100 mil habitantes foram Ibirataia (9.319,49), Itabuna (6.900,29), Aiquara (6.882,59), Madre de Deus (6.826,91), Almadina (6.789,90). 

 

Mais de 800 mil casos foram descartados na Bahia desde o início da pandemia e 107,2 mil estão em investigação. Os dados foram coletados pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (29). 

 

Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus. 

Fonte: Bahia Notícias

Pessoas nascidas em maio poderão receber o auxílio emergencial neste domingo (29). A estimativa é que mais de 3,5 milhões de brasileiros nascidos neste período. Serão liberados R$ 1,2 bilhão para beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família, no ciclo 5 de pagamentos do programa. Os pertencentes ao Bolsa Família recebem de acordo com o calendário do programa social. 

 

Do total, 175,3 mil receberão R$ 115,3 milhões referentes a parcela do auxílio emergencial regular, no valor de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família). Os demais, 3,3 milhões de beneficiários, serão contemplados com parcelas do auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família), num total de R$ 1,1 bilhão. 

 

Os recursos estarão disponíveis na poupança social digital e poderão ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas. 

 

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento. 

 

Saques e transferências para quem recebe o crédito neste domingo serão liberados em 11 de janeiro. A partir dessa data, o beneficiário poderá retirar o auxílio emergencial no caixa eletrônico, nas agências da Caixa ou lotéricas ou usar o aplicativo Caixa Tem para transferir o dinheiro da poupança digital para contas em outros bancos, sem o pagamento de tarifas. 

 

O auxílio emergencial, criado em abril pelo governo federal, pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil, foi estendido até 31 de dezembro, por meio da Medida Provisória (MP) 1000. O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600. 

 

De acordo com a Caixa, não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP terão direito a continuar recebendo o benefício. 

Fonte: Bahia Notícias

As Forças Armadas atuaram em 40 localidades de cinco estados neste domingo (29) para garantir a segurança do segundo turno das eleições. Os militares também ajudaram em ações de logística e deslocamento. No total, 5.157 militares atuam no segundo turno, nos estados do Acre, Amazonas, Maranhão e Ceará e Rio de Janeiro. 

 

São atendidas duas localidades em Rio Branco (AC), 13 em Manaus (AM), cinco em São Luís (MA), 17 em Fortaleza e três em Caucaia, ambas no Ceará. Nessas localidades, os militares ajudarão em ações de garantia da votação e apuração. Já no Rio de Janeiro, os militares atuam em Paquetá, em ações de apoio logístico. 

 

De acordo com o Ministério da Defesa, no primeiro turno das eleições, as Forças Armadas transportaram mais de 720 pessoas e 23 mil quilos de material, entre urnas eletrônicas e outros itens para a Justiça Eleitoral. 

Fonte: Bahia Notícias

Em memória a Diego Maradona, a Arena Fonte Nova prestará homenagem ao craque argentino na noite deste sábado (28). A iluminação externa do estádio será trocada para a cor azul, fazendo alusão às cores da bandeira do país do ex-jogador.

 

As luzes da Fonte Nova estão acesas em tributo a Maradona durante a partida entre Bahia e São Paulo, pela 23ª rodada do Brasileirão, que será realizada no local, às 19h.

 

A homenagem poderá ser vista por quem estiver nas regiões do Dique do Tororó e Vale de Nazaré, em Salvador.

 

Maradona faleceu na última quarta-feira (25), em casa, de parada cardiorrespiratória, de acordo com a última autópsia divulgada. O ídolo do futebol foi enterrado em Buenos Aires na noite da última quinta-feira (26).

Fonte: Bahia Notícias

As siderúrgicas brasileiras dizem já ter atingido uma capacidade de produção superior à registrada antes da pandemia e rechaçam a possibilidade de desabastecimento do insumo, que vem sendo apontada pelo setor de construção como um dos gargalos da retomada.

O setor quer evitar medidas do governo para facilitar as importações de produtos siderúrgicos, a exemplo do que já ocorreu com produtos alimentícios, que também enfrentaram dificuldades na oferta durante o ano.

"É zero a possibilidade de desabastecimento de aço. A prioridade absoluta do setor é abastecer o mercado interno", afirmou o presidente do IABr (Instituto Aço Brasil), Marco Polo de Melo Lopes, em entrevista nesta sexta (27).

A entrevista foi concedida antes de reunião com o presidente Jair Bolsonaro e ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia) e Bento Albuquerque (Minas e Energia), em que o setor quer tentar evitar a facilitação das importações.

Melo Lopes defendeu que a produção atingiu 2,78 milhões de toneladas em outubro, superior aos 2,74 milhões de fevereiro. As vendas no mercado interno, de 1,894 milhão de toneladas, também é superior às do período pré-pandemia.

"A situação caminha para voltar à normalidade, tanto em aços planos [mais usados pelas indústrias automotiva e de eletrodomésticos] quanto em aços longos [usado pela construção civil]", afirmou o vice-presidente da Gerdau, Marcos Faraco, que preside do conselho diretor do IABr.

O instituto alega que as dificuldades de abastecimento após o fim do período mais agudo da crise foram conjunturais, refletindo um crescimento da demanda em um momento de estoques baixos na cadeia de suprimento.

Em abril, o setor produziu 1,95 milhão de toneladas, 29% a menos do que em fevereiro, último mês antes da pandemia. O IABr diz, porém, que os 8 altos fornos e 13 aciarias que paralisaram as operações durante a pandemia já retomaram as operações.

"Vivemos uma retomada em V maiúsculo e um desenquadramento bastante conjuntural entre oferta e demanda, que vai se ajustando com o passar das semanas", argumentou Faraco.

Já a alta de preços dos produtos siderúrgicos, outra reclamação dos consumidores, resultaria da alta das cotações internacionais dos principais insumos, segundo a entidade. Minério de ferro, carvão e sucata acumulam alta de 78,9%, 20,2% e 33,9% no ano, respectivamente.

Melo Lopes diz que o setor revisou diversas vezes suas projeções de vendas este ano e, diante da retomada do consumo, já prevê fechar 2020 vendendo 0,5% a mais do que em 2019. A estimativa de recuo na produção, que em abril chegava a 18,8%, agora é de 5,6%,.

Para 2021, o IABr vê alta de 5,3% nas vendas. O índice de confiança calculado pelo instituto vem batendo recordes históricos, ressaltou Melo Lopes, chegando em outubro à marca de 85,2, quase 70 pontos acima dos 16,3 registrados em abril.

O executivo disse não temer grandes impactos de uma segunda onda de contaminações sobre a indústria siderúrgica, alegando que o conhecimento adquirido sobre o coronavírus pode evitar a necessidade de fechamento de fábricas ou de projetos de construção civil.

O setor quer discutir com o governo também medidas para garantir isonomia com importações e o uso de mecanismos de defesa comercial para evitar a invasão do mercado nacional por aço importado em um momento de grande ociosidade na capacidade global de produção.

Na entrevista, Melo Lopes criticou a possibilidade de acordo comercial com a Coreia do Sul, em negociação com o governo, dizendo que "não traz qualquer ganho" para a indústria brasileira.

Fonte: Bahia Notícias
28
Nov / 2020

COMUNICADO

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai disponibilizar, a partir de segunda-feira (29), R$ 755 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) aos estados e Distrito Federal para investimentos na área.

 

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a pasta informou que o repasse via FNSP chegará a R$ 1,2 bilhão somente este ano. No ano passado, a verba disponibilizada foi apenas de R$ 262,8 milhões.

 

Segundo a publicação, em junho foram repassados R$ 502 milhões aos estados e ao DF. Os recursos podem ser utilizados para compra de equipamentos modernos, tecnologias, viaturas, capacitação profissional, entre outros.

Fonte: Bahia Notícias

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas foi diagnosticado com a Covid-19. A informação foi noticiada na noite da última sexta-feira (27), pelo jornal O Globo.

 

De acordo com a publicação, o próprio titular da pasta confirmou a informação. Antes disto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) havia divulgado a condição de saúde de Tarcísio em conversa com apoiadores na chegada ao Palácio da Alvorada.

 

"Recebi o exame agora no fim do dia e o resultado foi positivo. Estou bem, sem sintomas", informou o ministro, por mensagem de texto. 

 

Na última sexta, ele esteve em Minas Gerais, onde inaugurou obras em rodovias federais e num aeroporto. 
Tarcísio é o 14º ministro do governo Bolsonaro a ser diagnosticado com o novo coronavírus. Confira lista: Eduardo Pazuello (Saúde), Fábio Faria (Comunicações), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência), Braga Netto (Casa Civil), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Milton Ribeiro (Educação), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Fonte: Bahia Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |