Blog Santo Antônio
Notícias

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Além do veículo roubado, o condutor também apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) com ocorrência de roubo. Ele acrescentou que a motocicleta pertencia a um suposto cunhado, estando com ela emprestada apenas para trabalhar

Um homem de 43 anos foi preso na tarde de ontem (16), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após ser flagrado com uma motocicleta roubada há pouco mais de 03 anos na capital federal, Brasília. A ação foi registrada por volta das 16h30, quando os agentes federais fiscalizavam o KM 245 da BR 135, trecho de São Desidério e, iniciaram abordagem a uma Honda/Nxr 160 Bros.

Ao começar os procedimentos, os PRFs suspeitaram da atitude do condutor, o qual afirmou não portar documentação pessoal e nem do veículo. Diante das circunstâncias, a equipe então resolver realizar minucioso procedimento de identificação veicular na motocicleta e, constataram que o motor havia sido remarcado com a numeração de outra Honda/Nxr de características semelhantes. Foi verificado pela equipe que o item original pertence a uma motocicleta com registro de roubo, datado em agosto de 2017.

Após a identificação da motocicleta original, o condutor informou que possuía o CRLV do veículo, que foi levado até o local pela sua esposa. Os policiais consultaram o documento e, descobriram que este possuí ocorrência de roubo no estado do Tocantins.

Indagado, o homem afirmou que a motocicleta pertence a seu cunhado, tendo pego emprestada apenas para trabalhar. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária local juntamente com a motocicleta apreendida onde serão averiguados os crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, receptação e falsificação de documento público.

Fonte: PRF- BA

No final da tarde de ontem, quarta feira, 17, por volta das 16h, o corpo de bombeiros controlou um incêndio que atingiu alguns containers em um lote baldio localizado na Avenida Tancredo Neves, no bairro Florais Lea, na cidade de LEM.

Segundo os profissionais que atenderam a ocorrência, a provável causa do incêndio nos containers teria sido incêndio a vegetação que após se alastrar atingiu os equipamentos

Fonte: Lem Notícias

A luta de mulheres do Oeste baiano contra o câncer ganhou um reforço, na manhã desta quinta-feira (17), com a entrega de perucas e kits arrecadados durante a campanha 'Ligadas por Fios', da Secretaria da Segurança Pública, por meio da Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev).

A doação ocorreu na sede do Comando de Policiamento Regional Oeste, na cidade de Barreiras, para uma das madrinhas do projeto, Nádia Moreira, que fará a distribuição do material para mulheres que enfrentam a lutas contra o câncer na região. Além das perucas, as mulheres também receberão lenços de cores variadas, turbantes, brincos, itens de higiene capilar e maquiagens angariados com objetivo de ajudar no fortalecimento da autoestima das pacientes.

A campanha, lançada em 2019, já ajudou mais de 800 mulheres em todo o país e só na Bahia foram doados kits em nove municípios: Salvador, Campo Formoso, Itacaré, Santo Antônio de Jesus, Valença, Jequié, Itapetinga, Vitória da Conquista e agora Barreiras.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, lembrou que foram angariados 154 quilos de cabelos de tamanhos e texturas variados. “Queremos agradecer o apoio das madrinhas da região que contribuíram com 26 quilos de mechas”, afirmou.

“Hoje é um dia de muita alegria pela possibilidade de compartilhar com vocês este momento único em minha vida. Quero agradecer nosso querido secretário, Maurício Barbosa, por me convidar para participar desse evento e representar nossa região”, frisou a madrinha da campanha no oeste baiano, Nádia Ferreira Souza Moreira.

Para nós o resultado da campanha foi uma grande descoberta do poder que a Secretaria da Segurança tem, através das suas instituições e de parcerias que firmamos com artistas e comunidade”, finalizou o gestor da SSP.

Fonte: SSP BA

 

Na tarde desta quinta-feira, 17, pouco depois das 16h, o corpo de bombeiros foi acionado para retirar uma cobra jibóia de um metro e vinte centímetros que estava dentro da carroceria de um caminhão no posto São Gonçalo, antigo Posto Imperador, localizado na BR 020, saída para Roda Velha, em LEM.

Após o resgate, o animal foi solto em um matagal da região.

Fonte: Lem Notícias

No início da noite de ontem, quinta-feira, 17, por volta das 20h, corpo de bombeiros de LEM controlou um incêndio que atingiu uma área de vegetação no bairro Jardim Sol Nascente.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, as chamas se espalharam em uma área de capim o que provocou muita fumaça e trouxe grandes riscos para a vizinhança.

Os profissionais conseguiram impedir a propagação do incêndio.

Fonte: Lem Notícias

Famílias de dois profissionais da saúde estadual mortos pela Covid-19 perderam o prazo para solicitar o seguro de até R$ 300 mil a que teriam direito com base na Lei n° 14.266, de 22 de maio de 2020. O pagamento do benefício não é automático, a burocracia é grande e inclui uma lista de documentos exigidos que devem ser encaminhadas à Secretaria da Saúde (Sesab) pelos dependentes em um prazo máximo de 30 dias a partir da data do óbito.

 

Para entrar com o pedido do seguro as famílias de trabalhadores da saúde mortos devem reunir um comunicado de falecimento do profissional emitido pela contratada ou pelo(s) dependente(s); cópia do RG e CPF do profissional falecido; dados funcionais do profissional; as escalas de serviço, prevista e executada, atestadas pelo coordenador do serviço e pelo diretor da unidade; documento que comprovem a situação de dependente; atestado de óbito com causa confirmada da Covid-19, comprovado com apresentação de exame realizado ou validado exclusivamente pelo Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen-BA). 

 

A Lei prevê o pagamento do auxílio excepcional e temporário aos profissionais de saúde e de assistência social que atuem em setores ou unidades da rede pública estadual voltadas ao tratamento da Covid-19. O benefício é concedido em duas situações. Tem direito o profissional afastado do trabalho em razão da Covid-19 e com exame comprobatório realizado no Lacen, que tem direito a uma parcela correspondente à diferença entre o valor integral da remuneração, salário ou contraprestação mensal e o benefício previdenciário a que tenha direito em razão do afastamento, limitada ao valor máximo de R$ 30 mil.

 

A outra situação é em caso de confirmação de óbito por Covid-19, em que os dependentes tem direito, uma única vez, ao valor equivalente a 30 vezes o montante da remuneração recebida pelo profissional. Vale lembrar que o auxílio não passa a integrar a remuneração, salário, proventos de aposentadoria ou qualquer forma de contraprestação recebida.

 

De acordo com dados consultados pelo Bahia Notícias junto à Secretaria da Saúde (Sesab), no período entre 30 de março e 17 de agosto seis profissionais que atendiam aos critérios do seguro tiveram óbitos confirmados.  

 

No entanto, até esta quinta-feira (17), houve apenas quatro manifestações de dependentes solicitando o pagamento do seguro por morte. 

 

Em relação ao pagamento de benefício aos profissionais da saúde com diagnóstico positivo para Covid-19 e que ficaram afastados do trabalho, constam 35 processos abertos em tramitação na Secretaria da Saúde. 

 

Assim como o seguro por morte, o auxílio por afastamento também não é automático. É necessário que o profissional reúna uma série de documentos e faça a solicitação. A lista de exigências inclui: comunicado de afastamento do profissional pela contratada; cópia do RG e CPF do profissional; dados funcionais; escalas de serviço, prevista e executada, atestadas pelo Coordenador do Serviço e pelo Diretor da Unidade; e ainda cópia do exame do diagnóstico da Covid-19 realizado ou validado pelo Lacen-BA no caso de afastamento sem internação hospitalar; e para afastamento com internação hospitalar é exigido um atestado de internação. 

Fonte: Bahia Notícias

A batalha política entre o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o governador do estado, Rui Costa (DEM), já rendeu uma vitória para o democrata nesta corrida eleitoral: o seu candidato, Bruno Reis (DEM), terá o maior tempo de propaganda na televisão e no rádio na eleição deste ano, com 4’35”, à frente de todos os nomes colocados pela base do petista.

 

Os quatro nomes apresentados por Rui são os seguintes: Denice Santiago (PT), que vai ter 2’07; Olívia Santana (PCdoB), com 1’10”; Pastor Sargento Isidório (Avante), com 1’02”; e Bacelar (Podemos) com 29 segundos.

 

Individualmente, Bruno leva vantagem na disputa. No entanto, juntos, os candidatos apoiados pelo governador chegam a 5’47”.

 

Independentes na disputa, Hilton Coelho (PSOL) deve ter 21 segundos, e Celsinho Cotrim (Pros) 18 segundos.


Já Cezar Leite (PRTB) e Rodrigo Pereira (PCO) não possuem direito a espaço na propaganda, graças à cláusula de barreira.

 

A propaganda eleitoral de rádio e televisão começa no dia 9 de outubro e se encerra em 12 de novembro. Os candidatos terão direito a dois blocos de programa de 10 minutos ao longo do dia no rádio (das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10) e na televisão (das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40), de segunda a sábado.

 

De acordo com a Resolução 23.610/2019, que aplica novas regras às campanhas a partir deste ano, serão considerados apenas os seis maiores tempos dos partidos em coligação. Todo o resto será somado e dividido proporcionalmente, tendo como base do cálculo o número de deputados federais que cada partido possui na Câmara Federal. 

 

Considerando o tempo disponível para a disputa majoritária, encabeçam a lista o PT e o PSL. Ambos possuem mais de 50 parlamentares na Câmara e terão um tempo de TV superior a 56 segundos cada. Numa faixa intermediária está o PP, com 38 deputados eleitos e 41,80 segundos de televisão. Seguem a lista o PSD, MDB, PL, PSB, Republicanos, PSDB, DEM e PDT, com tempos acima de 30s. O estudo foi feito pelo advogado Ademir Ismerim, do escritório Ismerim & Advogados Associados (leia mais aqui).

 

Como nenhum candidato rival de Bruno possui mais de três partidos na aliança, a regra que estabelece o máximo de seis siglas com direito a contabilização no cálculo proporcional serviu só para o democrata – foram computados os números de DEM, PSL, PL, PRB, MDB e PSDB.

 

Além dos programas de 10 minutos, os postulantes a prefeito terão direito a 42 minutos diários em inserções, publicidade feita ao longo do dia na programação das televisões e rádios. Bruno Reis também terá a maior fatia de tempo nesse caso, com 19’01”. Denice aparece em segundo, com 8’30”.

Fonte: Bahia Notícias


Áreas com produções agrícolas em doze cidades da região Oeste da Bahia contarão com reforço do patrulhamento ostensivo de setembro de 2020 a março de 2021. A ampliação faz parte da 7a edição da Operação Safra, iniciada na manhã desta quinta-feira (17), pela Secretaria da Segurança Pública.



A solenidade de lançamento foi realizada na Associação Barreirense Aeroesportiva (ABA), no Hangar 8, e contou com as presenças do secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, e do comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão.

A ação, promovida em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), aumenta a presença ostensiva durante os transportes de produtos e defensivos agrícolas, além do controle fitossanitário. 



Equipes do Grupamento Aéreo (Graer), Cipe Cerrado, Rondesp Oeste, CIPRv e CIPMs da região serão empregadas nas cidades de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Formosa do Rio Preto, São Desidério, Correntina, Santa Maria da Vitória, Baianópolis, Cocos, Jaborandi, Angical, Riachão das Neves e Santa Rita de Cássia.

"A Operação Safra é uma grande parceria do Estado com a iniciativa privada. Buscamos sempre atender aos anseios da nossa população e a região Oeste continua sendo prioridade", destacou o secretário Maurício Barbosa.

Fonte: SECOM/BA

Apesar de ter parte do contingente funcional paralisado desde o dia 17 de agosto, os Correios registraram, nas últimas quatro semanas, mais de 187 milhões de cartas e encomendas entregues em todo o país.

Após sucessivas tentativas de negociação, os Correios anunciaram que aguardam decisão judicial sobre a greve para normalizar as atividades operacionais. Segundo nota divulgada pela empresa, as negociações estavam sendo feitas desde julho, e visavam preservar a saúde financeira da estatal com cortes de privilégios e “adequação à realidade do país”. O julgamento da ação de dissídio coletivo está marcado para a próxima segunda-feira (21).

Em comunicado, os Correios afirmam que os termos exigidos pelos funcionários para a retomada regular das atividades põem em risco a economia que vinha sendo aplicada. A empresa registra prejuízo acumulado de R$ 2,4 bilhões e esperava economizar cerca de R$ 800 milhões ao ano. Segundo a estatal, esse valor, em três anos, cobriria o déficit financeiro atual.

“É evidente, portanto, que não há margem para propostas incompatíveis com a situação econômica atual da instituição e do país, o que exclui de qualquer negociação a possibilidade de conceder reajustes”, registra a nota.

A empresa lamenta ainda o contexto da pandemia, e afirma que a explosão do e-commerce – o comércio eletrônico, que depende exclusivamente do serviço de transporte e logística para a entrega de mercadorias, – seria uma forma de “alavancar o negócio em um dos poucos setores com capacidade para crescer neste período.”

Greve

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), parte dos trabalhadores decidiu cruzar os braços em protesto contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. Os funcionários pedem ainda reajustes salariais.

 

Fonte: Agência Brasil

Um homem de 43 anos foi preso na tarde de ontem (16), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após ser flagrado com uma motocicleta roubada há pouco mais de 03 anos na capital federal, Brasília. A ação foi registrada por volta das 16h30, quando os agentes federais fiscalizavam o KM 245 da BR 135, trecho de São Desidério e, iniciaram abordagem a uma Honda/Nxr 160 Bros.

Ao começar os procedimentos, os PRFs suspeitaram da atitude do condutor, o qual afirmou não portar documentação pessoal e nem do veículo. Diante das circunstâncias, a equipe então resolver realizar minucioso procedimento de identificação veicular na motocicleta e, constataram que o motor havia sido remarcado com a numeração de outra Honda/Nxr de características semelhantes. Foi verificado pela equipe que o item original pertence a uma motocicleta com registro de roubo, datado em agosto de 2017.

Após a identificação da motocicleta original, o condutor informou que possuía o CRLV do veículo, que foi levado até o local pela sua esposa. Os policiais consultaram o documento e, descobriram que este possuí ocorrência de roubo no estado do Tocantins.

Indagado, o homem afirmou que a motocicleta pertence a seu cunhado, tendo pego emprestada apenas para trabalhar. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária local juntamente com a motocicleta apreendida onde serão averiguados os crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, receptação e falsificação de documento público.

Fonte: PRF/BA





No final da tarde de ontem, quarta feira, 17, por volta das 16h, o corpo de bombeiros controlou um incêndio que atingiu alguns containers em um lote baldio localizado na Avenida Tancredo Neves, no bairro Florais Lea, na cidade de LEM.

Segundo os profissionais que atenderam a ocorrência, a provável causa do incêndio nos containers teria sido incêndio a vegetação que após se alastrar atingiu os equipamentos

Fonte: SigiVilares

Obedecendo as normas da Organização Mundial de Saúde, para prevenção ao novo coronavirus, o Sorteio dos 18 anos do Grupo Santo Antonio foi prorrogado para o dia 11 de outubro de 2020 às 16hs em frente ao Hiper Santo Antonio!

Fonte: Grupo Santo Antonio

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

O Estado da Bahia foi condenado a indenizar um homem em R$ 20 mil por ter sido preso por cinco dias por erro judicial. Segundo a ação, o homem foi preso em flagrante após ser confundido com outra pessoa. O caso aconteceu em abril de 2010. A família precisou contratar um advogado para colocá-lo em liberdade. A denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) havia sido aceita pela 17ª Vara Criminal de Salvador. 

 

No pedido, ele conta que nos dias em que ficou preso foi submetido a humilhações e ao sofrimento da restrição de sua liberdade, apesar de não ter praticado nenhum crime. A juíza de piso, ao analisar o pedido de revogação da prisão preventiva, constatou que havia a identificação de outra pessoa com nome similar ao do autor, e que o “processo estava contaminado”. Com isso, a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) foi corrigida, com o órgão acusador reconhecendo o erro, informando que o autor da ação “não tinha qualquer ligação com o crime”. 

 

Ele sustenta que a responsabilidade do Estado é objetiva, independe do erro haver decorrido de dolo ou culpa, e que a Constituição prevê que o “Estado deverá indenizar o condenado por erro judiciário”. A Procuradoria de Justiça se pronunciou pela desnecessidade de intervenção do Parquet. 

 

O pedido de indenização havia sido negado pela 8ª Vara da Fazenda Pública de Salvador. O juízo de piso havia declarado que não ficou “demonstrado os pressupostos da responsabilidade civil do Estado diante das supostas condutas ilícitas narradas pela parte autora na sua exordial, não havendo em que se falar indenização a título de dano moral, ou material”. Mas o autor recorreu da decisão. 

 

O recurso foi relatado pela desembargadora Cynthia Resende, da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A relatora considerou que o juízo da 17ª Vara Criminal foi induzido a erro pelo Ministério Público. “Não resta dúvida de que o autor fora preso injustamente, por cinco dias, em razão do engano da peça ministerial que induziu o Juízo a quo a erro, ficando privado de sua liberdade, arbitrariamente, privado do seu direito de ir e vir, o que lhe causou incontestes danos morais, pela lesão a sua honra, moral e dignidade”, afirma o acórdão. 

 

A relatora pontua que a decretação da prisão não preencheu os requisitos legais, pois não houve sequer demonstração de indícios mínimos de autoria nos crimes de porte ilegal de arma ou dirigir sem habilitação denunciados pelo Ministério Público. “Não menos importante, deve-se lembrar que o sistema prisional brasileiro é tido como local inóspito, que não raras vezes apresenta sérios riscos de maior gravidade a quem adentra no mesmo, comprometendo não só a personalidade, mas como a integridade física e mental do enclausurado”, diz a decisão. 

Fonte: Bahia Notícias

Completando 5 meses de vigor, nesta quarta-feira (16), a lei estadual nº 14.258, que obriga o uso e fornecimento de máscaras em estabelecimentos públicos e privados da Bahia, não foi revertida em nenhuma multa ou centavo para o governo da Bahia. As multas são aplicadas pelo descumprimento da lei, e caso arrecade algum valor, a quantia seria convertida em ações de combate ao novo coronavírus no estado.

 

De acordo com o governo, inicialmente, a operação teve um caráter educativo. Antes da aplicação das punições previstas, os fiscais orientaram os empregadores para o cumprimento das exigências que visam proteger funcionários e clientes do contágio do vírus. As secretarias estaduais responsáveis pela fiscalização desta lei são a da Saúde (Sesab) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), com apoio da Polícia Militar da Bahia (PMBA).

 

Segundo o texto da lei, as multas variam de R$ 1 mil por cada funcionário, servidor ou colaborador que descumprir a determinação, até para quem não garantir o acesso a locais para higienização das mãos com água corrente e sabonete líquido ou a pontos com álcool gel a 70%. O valor da multa é limitado ao máximo de R$ 30 mil e a cada reincidência a multa será duplicada. 

 

Segundo a Setre, no período de 23/04 à 03/09 foram realizadas 689 ações de fiscalização, com média de aproximadamente oito inspeções por dia. Do total de ações realizadas não foi flagrado nenhum caso de descumprimento dessa lei por parte das empresas fiscalizadas. No período, foram feitas abordagens em 50 municípios, realizadas em 39 tipos de segmentos econômicos, sendo supermercados (41%), farmácias (28%), indústrias (2%), bancos (1%), meios de transporte (1%), com maior foco das fiscalizações.

Fonte: Bahia Notícias

Na tarde desta quarta-feira, 16, por volta das 16h30, uma guarnição da ROCAM da 85 CIPM prendeu uma dupla a bordo de uma moto na Rua Bom Jesus da Lapa, no bairro Mimoso II, em Luís Eduardo Magalhães.

A dupla, dois indivíduos de 18 anos, ainda tentou fugir da PM, mas acabou alcançada e detida. Com eles, os policiais apreenderam um revólver calibre 32 municiado e uma réplica de uma pistola.

Os dois foram detidos e apresentados na delegacia de polícia onde ficaram a disposição da justiça.

Fonte: 85ª CIPM

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Saúde, vem a público informar mais 04 (QUATRO) NOVOS CASOS POSITIVOS PARA O CORONAVÍRUS no município.

Os casos se referem: dois pacientes do gênero masculino, entre 29 e 40 anos; dois pacientes do gênero feminino, entre 26 e 36 anos. Nenhum dos pacientes referem história de viagem ou contato com caso positivo.

Todos os contatos intradomiciliares permanecem em isolamento domiciliar, monitorados e investigados pelo serviço de Telemedicina e pela Vigilância Epidemiológica.

Ressaltamos que todos os procedimentos tem sido deliberados em consonância com as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Até o momento, Luís Eduardo Magalhães tem 2.632 (dois mil, seiscentos e trinta e dois) casos confirmados da Covid-19 e 27 (vinte e sete) óbitos.

Lembramos que a melhor maneira de proteção contra o coronavírus continua sendo o distanciamento social, para que mantenhamos o controle em Luís Eduardo Magalhães, preservando a saúde e a vida dos luiseduardenses.

O vírus está entre nós e não temos como saber quem pode ser portador. Se você puder, fique em casa. Se precisar sair, use máscara.

Fonte: Felipe Melhem Secretário Municipal de Saúde.

Membros da Igreja Santo Antonio da Comunidade Bom Jesus da Cachoeira, indignados com a desatenção do Governo do Estado da Bahia pela região, se unem novamente, agora com asfalto para operação tapa buraco da BA-459, que aconteceu 14/09 com apoio de Fazendeiros e Empresários locais.

A TV Santo Antonio esteve presente registrando o trabalho dos Momebros da Comunidade, que além da operação tapa buraco, foi realizado a limpesa do terreno que fica ao lado do Posto da Polícia Rodoviária da BA-459, também conhecida como Estrada do Anel da Soja.

Localizada num polo de produção de grãos, a importante rodovia é muito utilizada para o escoamento dos produtos, circulação de ônibus com funcionários das fazendas próximas, além de ser um trajeto para os moradores das Vilas e acesso aos principais pontos turísticos da região: A Cachoeira do Acaba Vida e a Cachoeira do Redondo.

Por falta da manuteção que gerou uma grande quantidade de buracos na rodovia, os veículos são obrigados a fazer manobras arriscadas e com isso diversos acidentes já foram presenciados pelos moradores da região.

Entrevistado por nossa equipe, o Motorista Ronildo que utiliza a rodovia diariamente lamentou: "Horrível, assim não tem como andar. Foram dois pneus cortados esta semana e arrancou mais dois pedaços do outro lado. Uma estrada terrível mesmo. Não tem como trafegar aqui".

Cansados de assistir a diversos acidentes provocados pelos buracos na rodovia, prejuízos com pneus perdidos e com o sofrimento de trafegar por uma rodovia sem a devida manutenção, os moradores locais se uniram para realizar esta operação tapa buraco na estrada do Anel da Soja.

"O problema aqui é sério. Na primeira etapa a gente tapou esses buracos com barro, mas não resolveu. Esperamos pelos governantes, só que ninguém fez nada. E a gente juntamente com a comunidade, trabalhando juntos estamos fazendo este serviço para melhorar a nossa vida, porque precisamos dela", disse o Baixinho, membro da Igreja Santo Antonio e morador da Vila Bom Jesus da Mata da Cachoeira.

Fonte: TV Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |