Blog Santo Antônio
Notícias





A União de Jovens Estudantes – UJE/LEM participou juntamente com estudantes da rede estadual de ensino, de um protesto pelas ruas da cidade na manhã da última sexta-feira (15).

A UJE, assim como dezenas de estudantes, foram as ruas protestar o que é de direito, a Educação básica é o mínimo que o Estado deve garantir para os estudantes, deve-se respeito aos profissionais envolvidos em melhorar o ensino, profissionais que são imprescindíveis para o desenvolvimento e formação de um cidadão.

O artigo 205 da Constituição não é meramente simbólico, a educação é sim DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO.
NOTA DA UJE: A manifestação foi pacifica, onde percorreu as ruas do centro da cidade com palavras de ordem e faixas descritas, reivindicando o pagamento dos servidores estaduais terceirizados e melhorias nas estruturas das Escolas Estaduais.

Fonte: Ascom

A confraternização foi realizada no centro de eventos do Grupo Santo Antonio.

 

O PEBA´S, sempre se destaca nos eventos que promove e através deste, comprova que o esporte faz a diferença no meio social.

 

Sem ter distinção de raça, credo ou classe social, o ciclismo nivela todos em prol de um objetivo maior: o bem estar!

 

48 ciclistas pedalaram no circuito da Cachoeira do Acaba Vida, e ao todo, 163 pessoas participaram da confraternização!!! Famílias com até 3 gerações estiveram presentes e reunidas, tendo a chance de  estreitar os laços e conhecer um pouco mais quem por muitas vezes pedala ou pedalou ao seu lado!

 

Desafios foram propostos e traçados nessa nova etapa do PEBA´S, a qual conta com  a integração de todos os grupos respeitando a identidade de cada um.

 

A diretoria do PEBA´S agradece a presença de todos e a confiança depositada na mesma para conduzir o clube nessa nova fase, e em especial ao Grupo Santo Antonio que cedeu o local para o evento, e a West Cantina que se encarregou  da alimentação!!!

 

Aos que quiserem saber mais sobre essa nova fase do e fazer parte do grupo adquirindo a carteirinha do PEBA´S CLUB, entre em contato com um dos diretores do grupo através de suas paginas nas redes sociais!!!!”

Fonte: PEBA´S CLUB

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Caixa Econômica Federal dobrou o limite de financiamento de imóveis. A partir da próxima segunda-feira (25), o teto ampliará de R$ 1,5 milhão para R$ 3 milhões. A mudança será válida apenas para operações de crédito do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), sem emprestar dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com a Agência Brasil, a Caixa também amplicou o limite de crédito, com financiamento de parcela maior do valor dos imóveis.

A cota para imóveis usados subiu de 60% para 70% do valor total. Para compra de imóvel novo, construção em terreno próprio, aquisição de terrenos e reforma ou ampliação, a cota passou de 70% para 80%. Para o caso de operações com interveniente quitante, em que haverá quitação de financiamento com outra instituição financeira, a cota subirá de 50% para 70%.

Apesar do anúncio, permanecem inalteradas as operações do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que financia compra de imóveis de até R$ 750 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, e de até R$ 650 mil nas demais localidades do país. O SFI usa recursos de fundos de pensão, fundos de renda fixa, companhias seguradoras e bancos de investimento para financiar unidades de maior valor. 

Fonte: Bahia Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio


Prefeito Humberto Santa Cruz se reúne com representantes da ANEEL em Brasília

O prefeito Humberto Santa Cruz, acompanhado do vice-governador João Leão se reuniu nesta quarta-feira, 13, com o Diretor Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Romeu Donizete Rufino e o Assessor da Superintendência de Concessões Permissões e Autorizações de Transmissão e Distribuição (SCT), Adilson Sincotto Rufato para discutir a situação da energia em Luís Eduardo Magalhães e toda região Oeste da Bahia.

Atualmente, a região conta com as subestações de Barreiras e Rio Grande como base para realizar a distribuir energia pela Coelba. Ambas estão habilitadas para receber energia do sistema nacional. “A capacidade instalada em operação destas duas subestações está tomada em 100%, correndo sério risco de colapso do sistema, conforme comunicação formal da própria Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba)”, aponta o prefeito Humberto Santa Cruz, destacando que tal situação vem travando o desenvolvimento de toda região.

Segundo o prefeito muitos empreendimentos já estalados estão sem energia ou funcionando parcialmente, de forma muito precária. “Os problemas referentes a qualidade da nossa energia são seríssimos, com constantes alterações na tensão e inúmeras quedas no fornecimento durante o dia”, ratifica Humberto, destacando que as obras de ampliação de ambas subestações e de novas linhas de transmissão estão em andamento, boa parte delas com previsão de conclusão para o segundo semestre deste ano.

O entrave, no entanto, é que uma das empresas, responsável pela obra de barramento das duas subestações, está em processo de recuperação judicial e por isso, com as obras paralisadas desde o início do ano.  “Esta é uma obra relativamente pequena, mas que impede a entrada em operação da primeira parte do projeto, que é o entroncamento da linha de transmissão de LT 500kv que vem de Luziânia até Barreiras, praticamente pronta”, explica o prefeito.

Como alternativa para uma solução imediata que possa solucionar o problema de maneira emergencial, a comitiva também composta pelo prefeito de Barreiras, Antônio Henrique e pelo secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Luís Eduardo Magalhães, Sérgio Pitt, solicitou à ANEEL, autorização para transferir este serviço para outra das empresas envolvidas com as demais obras.

Fonte: Ascom Prefeitura de LEM
A entrega aconteceu na Comunidade de Galinhosdistante cerca de 30 km da sede do município
O secretário de Agricultura do município%2c Jeonásio Carvalho%2c representou o prefeito Humberto Santa Cruz
 
Foram entregues na manhã desta quarta-feira, 13, os certificados do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (CEFIR) para 110 agricultores familiares de Luís Eduardo Magalhães. A entrega aconteceu na Comunidade de Galinhos, distante cerca de 30 km da sede do município.

Desenvolvido e implementado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), o CEFIR tem como público alvo os proprietários rurais do estado. O CEFIR é obrigatório para todos produtores rurais, independente do tamanho da propriedade e serve de auxílio para o controle e fiscalização das atividades rurais e no desenvolvimento de Políticas Públicas de gestão. Em âmbito estadual o CEFIR substitui o Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Participaram da entrega dos certificados o secretário de Agricultura do município, Jeonásio Carvalho, representando o prefeito Humberto Santa Cruz; o presidente da Associação Galinhos, Nelino Barbosa dos Santos e representantes do Ministério do Meio Ambiente, Sandro Melo; SEMA, Murilo Figueiredo; INEMA, Saul Cavalcanti; Banco Mundial, Bernadete Lange e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Durval Rodrigues.  

O cadastramento dos imóveis rurais dos agricultores familiares é uma realização do Programa Cerrado Bahia, Fundação Luís Eduardo Magalhães, INEMA e SEMA, com o apoio do Ministério do Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Economia Solidária e Sindicato dos Produtores Rurais, executado pela empresa Ambientagro Soluções Ambientais, através de recursos do Banco Mundial.
Fonte: Ascom Prefeitura de LEM

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) notificou, nos primeiros seis meses deste ano, cerca de 3,5 mil imóveis de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, autorizando os proprietários a interligarem seus imóveis a rede coletora de esgoto implantada pela empresa. De janeiro a junho deste ano, os moradores executaram 2.590 mil novas ligações de esgoto em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães.

A assistente social da Embasa, Geisa Mendes, acredita que a mobilização social ligada à obra de execução dos ramais nas duas cidades permite uma maior sensibilização da população. “Além de coletar a assinatura do morador que se compromete a interligar o seu imóvel no prazo de 90 dias, o serviço social enfatiza a importância do serviço de esgotamento sanitário para a melhoria da qualidade de vida de todo a comunidade”, explica.

A Embasa também orienta sobre a tarifa de esgoto, que, segundo a legislação, atualmente equivale a cobrança de 80% do consumo da água, essencial para remunerar a operação e os investimento nos sistemas de esgotamento sanitário. A lei estadual nº 7.307/98 e decreto estadual nº 7.765/00 regulamentam que o proprietário ou morador é obrigado a fazer a ligação do seu imóvel à rede coletora de esgoto no prazo de 90 dias depois de notificado. Em caso de descumprimento, a Embasa encaminhará um comunicado para os órgãos ambientais municipal e estadual, que ao contrário da concessionária, têm poder de polícia para multar aqueles que descumprem a lei.

Investimento / A mobilização social em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães acontecem prioritariamente em imóveis onde a Embasa vem executando os ramais prediais (estrutura que liga a rede coletora à caixa de inspeção na calçada) e as caixas de inspeção em bairros onde já existe rede coletora instalada. A Embasa vem investindo um total de R$ 7,5 milhões, com recursos próprios, para implantar 10,2 mil novas ligações de esgoto ao longo deste ano para ampliar a cobertura do serviço de esgotamento sanitário nas duas cidades.

Fonte: Ascom Embasa



O prefeito Humberto Santa Cruz, Vice Governador João Leão, Senador Roberto Muniz, Deputado Federal Caca Leão, Deputado Estadual Antonio Henrique Jr, o presidente da CONFEA José Tadeu da Silva e o presidente do CREA-BAHIA Marco Antônio Amigo, reuniram-se, ontem, em Brasilia, para tratar dos detalhes finais do I Encontro dos Engenheiros Agrônomos da Região do MATOPIBA, que se acontecerá em Luis Eduardo Magalhães, entre os dias 4 e 6 de agosto.

O prefeito Humberto avaliou o encontro como extremamente produtivo e que todos saíam bastante animados com as perspectivas do evento.

Fonte: Ascom


Oito árvores da espécie Ficus Benjamina, que não são nativas da região, foram removidas com prévia autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente

O secretário de Infraestrutura de Luís Eduardo Magalhães, Waldemar Leite Lobo, supervisionou na tarde desta quarta-feira, 13, o andamento da obra do estacionamento público, localizado na Avenida Barreiras, entre as entradas da Rua Paraíba e Avenida Salvador. O estacionamento é fruto de um termo de parceria entre a Prefeitura e a Plus-Cooproeste.

O projeto do estacionamento público contempla aproximadamente 280 vagas para carros e destas 13 vagas são para idosos e 12 para portadores de necessidades especiais, 80 vagas para motos, 85 postes com iluminação a LED, ciclovia, calçada paralela a Avenida Barreiras e arborização de todo o estacionamento com o plantio de mais de 200 árvores.


O projeto inicial sofreu alterações para que todas as árvores nativas fossem preservadas

A equipe técnica de arquitetos urbanistas e engenheiros civis da Prefeitura, explica que nenhuma árvore nativa existente no local foi e será removida para a construção do estacionamento. O projeto inicial sofreu alterações para que todas as árvores nativas fossem preservadas. Apenas oito árvores da espécie Ficus Benjamina, que não são nativas da região, foram removidas com prévia autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Economia Solidária, justamente por apresentarem sistema radicular agressivo e que prejudicaria a manutenção da pavimentação.

Das mais de 200 árvores que serão plantadas ao longo do estacionamento, cerca de 180 serão de espécies nativas, entre elas estão os ipês coloridos. A ideia é tornar a cidade paisagisticamente mais bonita, além de promover sombreamento no estacionamento e uma melhoria significativa na qualidade de vida da população. “Essa obra, quando finalizada, além de facilitar o estacionamento na cidade, ainda servirá como “cartão postal” do município”, disse o prefeito Humberto Santa Cruz.

Fonte: Ascom Prefeitura de LEM

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio




Dr. Gilvan e Dr. Ulisses







A Coelba realizou nesta manhã a ligação da energia elétrica para o Fórum da Comarca de Luís Eduardo Magalhães, que foi inaugurado em janeiro.

A informação foi passada pelo Presidente da OAB/LEM, Dr. Gilvan Antunes que esteve no local com o Dr. Ulisses Neto, Presidente do CONSEG e da Comissão de Obras da OAB/LEM, que acompanharam a ligação da energia elétrica no Fórum.

O Presidente da OAB, Dr. Gilvan, fez vários pedidos para que fosse feita a ligação da energia elétrica, além disso teve reuniões com a Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Desembargadora Maria do Socorro Barreto, com o Diretor Administrativo do TB/BA, Igor Machado e com o Diretor Geral de Engenharia do Tribunal, Francisco Mendonça e com a Coelba na qual cobrou uma solução para o questão da energia elétrica.

O Presidente da OAB/LEM, Dr. Gilvan enfatizou a importância da ligação energia elétrica, tendo em vista que, agora poderá acontecer a mudança do Fórum, o que contribuirá para a melhoria da justiça em nossa Comarca com uma estrutura que proporcionará um melhor atendimento para a população e melhores condições de trabalho para os advogados, servidores e juízes.

Fonte: Ascom Fórum


O projeto será apresentado para a comunidade do município na próxima segunda-feira, 18, às 19h, no Centro Cultural

A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão de Luís Eduardo Magalhães, apresentou na tarde desta segunda-feira, 11, na sala de reunião do Gabinete do Prefeito o projeto “Parque Linear, Humanização da Avenida Salvador – Proposta para Mobilidade Urbana Integrada”, de autoria da equipe técnica de Arquitetos Urbanistas e Engenheiros Civis da Prefeitura.

Participaram da reunião o Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Carlos Augusto Prazeres Daniel; Infraestrutura, Waldemar Lobo; o Diretor de Indústria e Comércio, Carlinhos Pierozan; o Presidente da ACELEM, Marcelo Piccolo; os empresários Lauro Luzza e Antônio Franciosi e a equipe técnica autora do projeto.

A ideia é criar um parque linear na Avenida Salvador, no trecho entre a Avenida Barreiras e a Rua Edaléio Barbosa de Souza, no Bairro Cidade Universitária. O projeto contempla ciclovia, pista de caminhada, arborização e gramíneas, pontos de alimentação com equipamentos itinerantes, academias para exercícios, pistas de skate, bicicletários, quiosques, fonte d’água, relógio solar, parque infantil, quadras de areia, mesas para esportes de tabuleiro, faixa exclusiva e estações para transporte coletivo, estação para moto táxi, estacionamentos para carros e motos distribuídos em uma área de 61.251,70m².

O projeto será apresentado para a comunidade do município na próxima segunda-feira, 18, às 19h, no Centro Cultural. Segundo o Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Carlos Augusto Prazeres Daniel, a Avenida Salvador será o projeto piloto. “A ideia é que o projeto de humanização seja executado também nas outras avenidas principais da cidade”, disse.

Fonte: Ascom Prefeitura de LEM

O Grupo Santo Antonio mais uma vez pensando no bem-estar da população, adotou a praça que fica em frente ao Hiper, onde foi criado uma área de lazer para crianças, com parquinho infantil e uma academia ao ar livre.

As obras agradaram muito a população. Ótima para as crianças brincarem e também aos adultos que podem cuidar do corpo e da saúde nos equipamentos de ginástica.

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio
12
Jul / 2016

Motivacional

Fonte: Youtube
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |