Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio



A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) reforçou nesta terça-feira (21) junto à população os próximos investimentos no sistema de abastecimento de Formosa do Rio Preto, no oeste da Bahia. Durante audiência pública, foi anunciada a aplicação de um montante de R$ 133,3 mil, com recursos próprios da empresa, para implantar um novo filtro e poço de sucção na estação de tratamento, com obra a ser concluída até o final deste ano. A medida vai proporcionar maior capacidade e qualidade do tratamento ofertado para os moradores de Formosa do Rio Preto.



Na previsão de novos investimentos também foi divulgada a ampliação da rede distribuidora para o bairro Chapadão, quando será revertido recurso de R$ 132.2 mil para atender com água canalizada e tratada cerca de 500 moradores, e a extensão de rede para o bairro Santana, no valor de R$ 46,1 mil a ser realizada em parceria com a administração municipal. “Com estes novos investimentos vamos aperfeiçoar a prestação do serviço com o aumento da vazão de água tratada para a população e expandir a rede para novos pontos da cidade”, explicou o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade, que reforçou o investimento de cerca de R$ 300 mil na operação do sistema nos últimos anos.



Para a servidora pública municipal, Enivalda Serpa, a audiência pública foi o momento para que a população se aprofundasse nas questões relacionadas ao saneamento básico. “A responsabilidade pelo saneamento é de todos. A água está acabando e temos que entender como funciona todo o processo para entender a nossa função como sociedade civil, seja no consumo racional ou para exigir melhorias nos serviços”, afirma. Na opinião da vereadora Rosita Araújo, a audiência foi mais uma oportunidade de diálogo entre Embasa e a população pontuando de forma direta as possíveis reivindicações para garantir maior acesso ao serviço prestado pela empresa.

Na abertura da audiência pública, o prefeito de Formosa, Termosiris Neto, acredita que este foi o momento ímpar para garantir que novos investimentos sejam concretizados e firmados para manutenção da qualidade da água e expansão do serviço para quem precisa de água tratada e de qualidade. Durante a audiência pública participaram os vereadores, funcionários da prefeitura e população, que também puderam tirar dúvidas sobre o processo de contratualização entre o Governo do Estado e o Município para a manutenção dos serviços de água pela Embasa.

Expansão para a zona rural - A Embasa investiu, com recursos do Fundo Estadual de Combate à Erradicação da Pobreza (Funcep), um montante de R$ 147,2 mil para estender 3,5 quilômetros de rede para beneficiar 288 moradores do povoado do Araças, em Formosa. O Governo do Estado, por meio da Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (CERB) investiu R$ 2,5 milhões na construção deste sistema, que passou a ser operado pela Embasa, beneficiando 1,2 mil pessoas das localidades do Arroz e Lagoinha. A Embasa atende em Formosa 4,950 mil imóveis, cerca de 18 mil pessoas, com água tratada do sistema, cuja capacidade de captar e tratar é de 2 milhões de litros de água por dia.

Fonte: Ascom Embasa



Exportar parte do algodão produzido no Brasil pelos portos do Norte e do Nordeste do país pode ser a alternativa para diminuir a pressão sobre o Porto de Santos, e, consequentemente, os atrasos no embarque da pluma brasileira, agravados no ciclo 2016/2017 pela falta de contêineres e de caminhões no período de pico da safra. A solução foi apresentada na terça-feira (21/11), pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), durante a 57a Reunião Ordinária da Câmara Temática de Infraestrutura e logística (CTLOG) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília.

A proposta foi detalhada pelo vice-presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, que preside a Câmara Temática de Insumos da Agropecuária (CTIA), na qual o assunto já vem sendo estudado. A ideia é que as duas câmaras, e também a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados, trabalhem em conjunto para encontrar uma resposta para o problema.

Segundo Busato, a alternativa mais viável é criar novas rotas, com frequência regular, nos portos das regiões Norte e Nordeste do país, e relocar para estes a produção do chamado Matopiba, acrônimo referente às áreas agrícolas de cerrado nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí, e Bahia, sendo esta última o segundo maior produtor de algodão do Brasil.


Júlio Busato

De acordo com Júlio Busato, que também é presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), o estado vem fazendo alguns embarques pelo Porto de Salvador, e a associação estadual intensificou as conversas com o Grupo Wilson Sons, operador do Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon).

"Hoje, de 1,8 milhão de toneladas de pluma que o Brasil exporta, em torno de 800 mil toneladas abastecem o mercado interno e o restante é exportado, principalmente, para a região sudeste da Ásia. Não há expectativa de um aumento considerável do consumo no mercado interno. Então, para o setor algodoeiro nacional crescer, é imperativo exportar. Mas o comprador quer ter segurança de que terá o algodão na hora e no lugar certos", explica Busato. Atualmente, 90% do algodão brasileiro saem pelo Porto de Santos.

De acordo com o levantamento de intenção de plantio da Abrapa para 2017/2018, o Matopiba deve produzir em torno de 575 mil toneladas de pluma. Deste total, cerca de 60% são para exportação.

Fonte: Ascom Abrapa

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães concluiu no último final de semana, o mutirão de pesagem do Programa Bolsa Família. As atividades foram realizadas nos Residenciais Sol do Cerrado e Solar dos Buritis e tiveram como objetivo avaliar o estado nutricional dos beneficiários do Programa. O procedimento é um dos requisitos obrigatórios para a manutenção do benefício e precisa ser cumprido duas vezes por ano, a cada semestre. Devem ser pesadas crianças de até 7 anos, mulheres de 14 a 44 anos e gestantes. Quem recebe o valor mensal também deve manter atualizado o calendário de vacinação das crianças de 0 a 7 anos, matricular crianças e adolescentes de 6 a 17 anos na escola, os quais deverão ter frequência escolar mínima de 85% (alunos de 6 a 15 anos) e 75% (16 a 17 anos). Em Luís Eduardo Magalhães, a Secretaria de Trabalho e Assistência Social tem alcançado todos os objetivos estabelecidos pelo Governo Federal.

“Esse é o resultado de um intenso trabalho que vem sendo feito pela nossa equipe, para manter a assistência a essas pessoas que tanto precisam do apoio do poder público”, explicou o prefeito Oziel Oliveira.

Todas as famílias que não realizaram a pesagem têm até o dia 30 de novembro para comparecerem ao Posto de Saúde mais próximo e fazerem o procedimento. Aqueles que não atenderem à exigência poderão ter o benefício boqueado ou cancelado.

O Programa Bolsa Família visa a melhorar as condições de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade, além de incluir crianças e jovens nas políticas de saúde e educação, reduzindo a possibilidade de evasão escolar. Em Luís Eduardo Magalhães, 7.500 famílias são beneficiadas pelo Programa. Quem desejar maiores informações deve se dirigir à Secretaria de Trabalho e Assistência Social, no Centro Administrativo.

Fonte: Ascom Prefeitura de LEM



A Câmara de Dirigentes Lojistas de Barreiras, seguindo o protocolo previsto no Estatuto da entidade, convocou seus associados no último dia 20 de outubro de 2017, por meio de Edital de Convocação publicado em veículo de imprensa, a citar o Jornal Gazeta do Oeste, bem como no site da CDL, para registro das chapas para eleição da nova diretoria da entidade para o biênio 2018/2019.



A Assembleia para votação da nova diretoria foi realizada ontem, dia 20 de novembro de 2017, no auditório da CDL as 19h. A eleição foi conduzida pelo assessor jurídico da entidade, Dr. Wagner Pamplona. A chapa única encabeçada por André Braga, conforme estatuto, foi eleita por aclamação.



O empresário André de Góes Braga assumirá o biênio 2018- 2019 contando com uma diretoria composta por representantes efetivos e atuantes no comércio de Barreiras.

O atual presidente, Carlos Henrique Costa Filho aproveitou a ocasião para agradecer o apoio de colaboradores, diretores, associados e pelo número expressivo de ex-presidentes que compareceram à eleição. Carlos Henrique também fez um balanço das atividades de sua diretoria, como a realização de campanhas, a participação nos temas relacionados ao comércio e a comemoração dos 40 anos da CDL neste mês de novembro.

O senhor Ildemar Castro entregou nas mãos do presidente Carlos Henrique Costa Filho uma carta de agradecimento, onde parabenizou toda equipe integrante da CDL enfatizando o empenho e afinco de todos na luta por mais segurança, crédito, capacitação e pela implementação de políticas urbanas que não só beneficiam aos comerciantes, mas a sociedade como um todo.

“...Sinto-me orgulhoso e honrado em ter feito parte dessa caminhada e, mais ainda, de ter contribuído com o crescimento desta entidade, que tem como missão lutar pelos anseios coletivos de uma classe. Sabemos que se trata de um trabalho árduo e intenso...” escreveu o sr. Ildemar.





Eleito, o presidente André Braga agradeceu a confiança dos demais e, em seu discurso, falou da importância de poder contribuir com o movimento lojista e de ser conduzido a honrosa missão de presidir a CDL de Barreiras.

A nova diretoria eleita para a gestão 2018/2019 está assim formada:

PRESIDENTE: ANDRÉ GÓES BRAGA
1º VICE-PRESIDENTE RICARDO BARBOSA CAMPOS
2º VICE-PRESIDENTE FÁBIO PETRONÍLIO NOGUEIRA
1º SECRETÁRIO DAYSE ARAÚJO MESQUITA
2º SECRETÁRIO HUMBERTO CARLOS FAGUNDES RIBEIRO JUNIOR
1º TESOUREIRO LEANDRO ROBERT ECKERT
2º TESOUREIRO GEOVANI JUNG ZORZO
DIRETOR DE EVENTOS THIAGO SCHIEBER SAUDE QUINTEIRO
DIRETOR DE PRODUTOS E SERVIÇOS: SÓSTENES ALMEIDA VITAL
DIRETOR DE PROMOÇÕES: VITOR SABACK BRECHBUHLER
O Conselho Fiscal terá como titulares, o ex-presidente CARLOS HENRIQUE SOUZA COSTA FILHO, GILL ARÊAS MACHADO e MARIA CÉLIA SAMPAIO KUMAGAI.

Fonte: Ascom CDL

Consolidada como a maior feira de tecnologia agrícola e de negócios do Norte e Nordeste do Brasil, a Bahia Farm Show 2018 será oficialmente lançada na próxima terça-feira (28), durante a 30ª Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador. Como já é tradição, o público da capital baiana conhecerá em primeira mão todas as novidades do evento – um dos mais importantes do segmento e responsável por alavancar a economia do Estado. Só no ano passado, a Feira movimentou mais de R$ 1,5 bilhão, assumindo o primeiro lugar no ranking nacional de eventos agrícolas com o maior volume de vendas por visitante.

A 14ª edição da Bahia Farm Show acontecerá entre os dias 29 de maio e 02 de junho de 2018, no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano. A Feira é realizada em uma área de 144 mil m² e reúne produtores rurais de todo o País, que vão em busca de inovação para as lavouras. Ao todo, cerca de 200 empresas expõem mais de 700 marcas de máquinas agrícolas, sementes, fertilizantes, pulverizadores aéreos, software, irrigação, entre outros insumos.

Os detalhes serão apresentados durante um coquetel de lançamento, no estande da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), dentro da Fenagro. Além das entidades do agronegócio e seus representantes, confirmaram presença o vice-governador da Bahia, João Leão; o secretário de agricultura, Vitor Bonfim; e o secretário de Meio Ambiente, Geraldo Reis.

A Bahia Farm Show é organizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia, Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda. (Assomiba) e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

SERVIÇO:

Coquetel de lançamento da Bahia Farm Show 2018
Data: 28/11/2017 (terça-feira)
Hora: 19 h
Local: Stand da Aiba na Fenagro - Área das cadeias produtivas. (Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador)
Mais Informações:

Catiane Magalhães

Fonte: Ascom AIBA

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Paróquia Santa Rita

Fonte: Publicidade

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: ACELEM

A campanha de Natal da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães, Acelem, que inicia na segunda-feira, 20 e segue até o dia 28 de novembro tem uma grande novidade.

Neste ano, ao invés de premiações pré-determinadas, como veículos e eletrodomésticos, quem comprar no comércio local, adquirir o seu cupom, depositar na urna e for contemplado, vai receber como prêmio, dinheiro em espécie, é o "Natal feliz com dinheiro no bolso 2017".

Segundo o presidente da Acelem, Jother Arcanjo, "o dinheiro na conta do contemplado fica mais fácil, ele vai aproveitar da forma mais livre possivel", explicou. "Tivemos excelentes contribuições dos nossos associados e chegamos a essa decisão", contou.

Ainda de acordo com Arcanjo, os vendedores também vão receber um estímulo a mais
 "O vendedor que tiver o cliente contemplado, vai receber 10% do valor", disse.

O sorteio vai acontecer no dia 29 de novembro, na Praça Sérgio Alvim Mota.

Confira as premiações:
1- R$5 mil
2-R$ 4 mil
3-R$ 3 mil
4-R$2 mil
5- R$ 1 mil

Fonte: ACELEM
20
Nov / 2017

Há Vaga!

Fonte: Grupo Santo Antonio







Todos os dias, cerca de 60 candidatos a uma vaga no mercado de trabalho, passam pelo Sinebahia de Luís Eduardo Magalhães. Uma das principais vantagens para quem busca o serviço, é a garantia de um emprego totalmente formalizado de acordo com a legislação trabalhista, pois para participar da parceria, a empresa precisa manter os dados atualizados junto aos órgãos reguladores.

De forma gratuita, o Serviço de Intermediação para o Trabalho identifica, analisa e conduz profissionais para as vagas oferecidas pelos empregadores. Em Luís Eduardo Magalhães, a unidade do SINE é vinculada à Secretaria de Trabalho e Assistência Social. Para realizar o cadastro, o candidato precisa comparecer ao posto de atendimento com a carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. Quem for encaminhado para uma entrevista, além destes 4 documentos, deve apresentar também currículo e atestado de escolaridade.

“Só para se ter uma ideia da importância do trabalho realizado no nosso município, de janeiro até o dia 10 de novembro deste ano, o SINE já inseriu 264 pessoas no mercado de trabalho, nas mais diversas áreas”, comemorou o prefeito Oziel Oliveira.

A agência do SineBahia funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas, no prédio anexo ao Centro Administrativo. Os interessados em conseguir uma vaga devem manter os dados atualizados. Já as empresas cadastradas, necessitam enviar os critérios da vaga para auxiliar na contratação da mão de obra (função a ser desempenhada, turno, salário, benefícios, dentre outros). Ao final do processo, o SINE solicita que o empregador informe acerca dos candidatos encaminhados para a seleção. Isso garante que os não contemplados possam ser incluídos em novos processos seletivos.

“O SINE é uma excelente oportunidade para empregados e empregadores. Nossos servidores estão qualificados para atender a todas as demandas necessárias para satisfazer os interesses e necessidades de ambas as partes”, encerrou Oziel.

Fonte: Ascom Prefeitura de LEM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |