Blog Santo Antônio
Notícias

Em visita à Bahia Farm Show em Luís Eduardo Magalhães na última sexta-feira, 02, Rui Costa anunciou a construção de mais uma escola estadual na cidade. Segundo o governador, o edital será lançado ainda esta semana.

“A nova escola será de grande porte, com 12 salas, quadra coberta, biblioteca e laboratório. Hoje, nós temos duas escolas estaduais em prédios alugados. Agora, com esta nova unidade, teremos as nossas próprias instalações. Ofertaremos uma escola com melhor estrutura e qualidade de ensino aos estudantes do município”, contou.

A construção do colégio é uma resposta às reivindicações do seguimento da educação da cidade.

Fonte: GovBA

Os funcionários do Grupo Santo Antonio comoveram-se com o estado da dona Isabel Moura dos Santos, de 62 anos, vítima de um AVC raro que a deixou em estado crítico em cima de uma cama. E juntos doaram latas de Nutren Senior, um suplemento alimentar de alto valor para manter os nutrientes que dona Isabel precisa. Além de fraldas geriátricas.

Quem poder continuar ajudando a dona Isabel entre em contato no: 77 9.9825-5343 (Claudenice)

Qualquer ajuda será bem vinda.

Fonte: Grupo Santo Antonio



Questionado pelos produtores rurais desde 1996, o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) foi debatido no auditório da Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, na manhã deste sábado (03). Os agricultores pedem que o Supremo Tribunal Federal (STF) reavalie o posicionamento ao tornar a cobrança da taxa inconstitucional. O advogado Jeferson Rocha, que defende os agricultores na causa, expôs a problemática jurídico-política aos agricultores presentes na feira agrícola. Enquanto o produtor rural paga até 3% sobre o bruto da comercialização patronal, o comerciante paga uma contribuição patronal de 20% sobre a folha de salários. “A cobrança do Funrural fere o princípio da isonomia, que é a igualdade garantida na Constituição. Nesta lógica de cobrança, agricultor acaba pagando muito mais que o contribuinte urbano. Só queremos ser tratados de forma justa e com igualdade”, salienta.



No âmbito jurídico há uma intensa discussão sobre a constitucionalidade da contribuição. Segundo o advogado, o posicionamento do STF, que antes era contra a cobrança do imposto, mudou por conta de interferência do governo, que não deseja perder essa fonte de arrecadação. “Colocamos isso em juízo, ganhamos por onze a zero em duas oportunidades: 2010 e 2011. Mas para a nossa surpresa, a Suprema Corte deu uma guinada, numa votação de seis a cinco, graças a uma pressão política. E, agora, a Receita Federal quer cobrar por este período que não houve o recolhimento da contribuição. É uma diferença que coloca em risco a segurança alimentar e quebra o princípio da confiança e da segurança jurídica”, afirma ele, ao esclarecer que serão utilizados todos os recursos jurídicos para reverter essa situação.



O agricultor, Francisco Xavier Burg, falou sobre outro problema, a cobrança retroativa da contribuição ao Funrural pelo período em que não houve o recolhimento – entre 2010 e o início de 2017. Segundo especialistas do setor, esta situação pode gerar um passivo superior a R$ 7 bilhões no agronegócio brasileiro: “Eles querem cobrar o retroativo, desde que o imposto deixou de ser pago por conta do entendimento do Supremo de que o Funrural é inconstitucional. Agora o próprio Supremo votou a favor da cobrança. Esse imposto sempre foi um problema porque é uma carga que não tem como o produtor suportar”, reclama.

Um grande número de produtores demonstrou, durante a palestra, a insatisfação com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A entidade foi favorável à cobrança da taxa e, em nota, defendeu que “uma alíquota incidente sobre a receita bruta proveniente da comercialização da produção é a maneira mais justa e vantajosa para a maior parte da produção rural brasileira”. Ao final, os agricultores foram convocados para se mobilizarem contra a cobrança da contribuição ao Funrural por meio da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), que já vêm representando os agricultores do oeste da Bahia na luta para a extinção do Funrural.

Fonte: Araticum

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (2), nas alegações finais do processo que investiga o ex-presidente Lula por supostamente ter recebido propina no caso do tríplex do Guarujá, que ele e outros seis réus sejam condenados pelos crimes de corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro. O MPF ainda requereu que o petista seja condenado a pagar R$ 87 milhões em multa.

Para o órgão, as penas devem ser cumpridas em regime fechado. O órgão sustenta que o apartamento seria entregue a Lula, como contrapartida por contratos que a OAS fechou com a Petrobras, nos anos em que o político foi presidente da República. Na denúncia, está também o pagamento que a OAS fez à transportadora Granero, para que a empresa fizesse a guarda de parte do acervo que o ex-presidente recebeu ao deixar o cargo. Um dos réus no processo é o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, e outros executivos da construtora.

O MPF pediu também que as penas Léo Pinheiro, Agenor Franklin Medeiros e Paulo Gordilho, apesar de serem cumpridas inicialmente em regime fechado, devem ser reduzidas pela metade porque eles confessaram os crimes em depoimentos e prestaram esclarecimentos sobre a participação dos criminosos. No pedido, o MPF também quer que Moro determine a apreensão de R$ 87.624.971,26.

O valor é correspondente ao montante de propinas que foram pagas nos contratos que a OAS firmou junto à Petrobras a agentes públicos. Desse montante, Lula teria recebido um total de pouco mais de R$ 3 milhões. As defesas têm até 20 de junho para contestar os argumentos do MPF, dentro do processo. Esta é a última fase da ação penal. Após todas as partes apresentarem as alegações finais, o processo volta ao juiz Sérgio Moro, que vai definir se condena ou absolve os réus.

Fonte: Bahia Notícias



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), inaugurou o Conjunto Penal de Barreiras, no oeste da Bahia, nesta sexta-feira (2). Com capacidade para 533 presos, a unidade é equipada com detector de metal nas três modalidades (pórtico, manual e banqueta); mais de 100 câmeras com circuito de CFTV; raio x de esteira; bloqueador de sinal de celular; scanner corporal, salas para vídeo audiência; salas de aula; salas multiuso; posto de saúde com gabinete médico e dentário; laboratório de informática para internos; e espaços diversos para oficinas de trabalho e educação.



O conjunto penal é resultado de investimento próprio do Governo do Estado e será administrado pela empresa Socializa, vencedora do processo licitatório de cogestão. “Hoje, damos função social para mais esse empreendimento, que é um investimento do Governo da Bahia, na busca por zerar o déficit penitenciário baiano e promover a ressocialização dos internos.




 






Além disso, o funcionamento dessa unidade trará muitos benefícios para o município como a geração de emprego. Estamos muito felizes”, destacou o secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte, durante a inauguração.



O contrato de cogestão prevê que a empresa deve contratar 25 internos para trabalhar em atividades diversas na unidade. Além disso, deve firmar parceria com empresas privadas com o intuito delas absorverem a mão de obra carcerária. Ainda no primeiro semestre deste ano, a Seap vai inaugurar novos conjuntos penais em Irecê, Brumado e Salvador, que somarão mais de 1,7 mil vagas para o sistema prisional baiano.





Ao fim dessas inaugurações, a Seap será o primeiro estado brasileiro a zerar o déficit penitenciário. Desde o início da gestão do governador Rui Costa, 2.190 novas vagas foram criadas, com a construção e ampliação de unidades prisionais

Fonte: SECOM/BA









Os vereadores Gilson Rodrigues-presidente, Silma Alves- 1ª secretária, João Felipe, Marcos Reis e Nereu, participaram hoje pela manhã, da entrega do Conjunto Penal de Barreiras, uma obra esperada há muito tempo. A solenidade foi presidida pelo secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia, Nestor Duarte Guimarães Neto. 

Durante a cerimônia, o secretário enfatizou a importância do conjunto penal para a região e para o próprio sistema carcerário que passa a ser trabalhado num formato mais moderno e mais humano, projeto que faz parte do programa Pacto Pela Vida, do Governo do Estado. “Gestão prisional faz parte da segurança pública e é isso que estamos fazendo, cuidando das pessoas de forma mais humanitária teremos condições de devolvê-las para a sociedade melhoradas e capacitadas”, disse o secretário.

A Câmara de Barreiras considera o momento importante para a sociedade, já que esta foi uma luta constante de todos os segmentos. A vinda do Conjunto Penal sempre esteve na pauta de discussão dos vereadores que se empenharam e participaram de todo o processo. “Sem dúvida é uma conquista. E o trabalho que será feito aqui vai humanizar o atendimento aqueles que estão na condição de encarcerado, necessário para a ressocialização. A Câmara está de parabéns pela participação, tanto os vereadores da Legislatura passada como os de agora. Este é o papel do Legislativo, buscar ações, projetos e debater tudo aquilo que vai trazer benefício para a população”, disse o presidente Gilson Rodrigues.

O Conjunto Penal vai custodiar 533 detentos, atendendo Barreiras e região. A unidade prisional será a primeira do além São Francisco no Oeste Baiano. Com o início do funcionamento vão ser gerados 250 empregos diretos.

Fonte: ASCOM, Câmara de Barreiras





Uma escola com oito salas, laboratórios, biblioteca e quadra coberta será construída na cidade de Luis Eduardo Magalhães, na região oeste. O anúncio foi feito hoje(2) pelo Governador Rui Costa, que esteve na cidade para participar da Bahia Farm Show e da inauguração de um frigorífico. De acordo com o governador, serão investidos cerca de R$ 3 milhões na construção da unidade escolar. “Até semana que vem, será publicado o edital de licitação. Teremos uma escola de qualidade e bem construída para que a gente possa melhorar a condições de ensino em Luís Eduardo Magalhães", afirmou.

Já sobre a visita à Bahia Farm, Rui disse que é a reafirmação da parceria do Governo da Bahia com o agronegócio. “Vimos essa semana o crescimento de 13% da produção agrícola no Brasil, inclusive salvando o PIB. O Oeste da Bahia tem feito diferença e nos dado orgulho. Recentemente, mandamos um grupo, junto com os produtores, para fazer convênios com universidades, para que a gente pesquise a possibilidade de ampliar o uso da água do subsolo do oeste, com o objetivo de produzir mais. Além disso, temos feito parceria na área de infraestrutura, com a recuperação de estradas, utilizando os fundos de recursos ", destacou o governador.

Fonte: SECOM/BA

Fonte: Grupo Santo Antonio
02
Jun / 2017

Motivacional!

Fonte: YouTube

Fonte: Publicidade







Integrantes do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) da 84ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Barreiras realizaram nos dias 31 de maio e 1º de junho, mais duas confraternizações de encerramento do curso para a Educação Infantil, 1º e 2º anos, no Centro Educacional Tarcilo Vieira de Melo e Escola Municipal do Parque.

Na ocasião, as solenidades foram marcadas pela alegria, confiança e participação ativa dos alunos. Durante dez semanas, as crianças receberam instruções de segurança em casa, na escola e na rua, em que situações devem pedir ajuda aos adultos de confiança e sobre a importância de serem alunos responsáveis, longe das drogas e da violência.

Nos dois eventos, cada um dos 224 alunos se comprometeram com a sociedade de ser um bom cidadão, resistir às drogas e à violência, respeitar e ajudar seus semelhantes.

Fonte: 84ª CIPM

O trabalho árduo e transparente da Comissão Eleitoral do sindicato dos Professores de Luís Eduardo Magalhães - SINPROLEM recebeu elogios da categoria e da sociedade.

A Comissão Eleitoral formada por Thiago Miguel da Silva, Noelza Pereira da Silva, Marlon Oliveira Cysneiros,  Célia Setsuko Fukuda Ribas e Eriene Macedo de Moraes acompanhou todo processo eleitoral e deu posse aos vencedores, diretoria executiva e conselho fiscal.

A nova presidente Lurdes Hoff, 31 anos,  em entrevista a Rádio Moderna, enalteceu o trabalho da Comissão Eleitoral e destacou o empenho dos concorrentes para manter as decisões da comissão.

Conforte o estatuto da categoria, a nova gestão irá comandar o SINPROLEM no biênio 2017|2019.

Veja a baixo os números oficiais:

RESULTADOS

Diretoria executiva:

Chapa 1 Renovação e responsabilidade: 308 votos

Chapa 2: 136 votos

Chapa 3: 111 votos

Brancos: 17

Nulos: 05

Conselho fiscal

Chapa 1: 293 votos

Chapa 2: 130 votos

Chapa 3: 132 votos

Nulos: 06

Brancos: 17

Fonte: Douglas Batista
27
Mai / 2017

Convite!

Fonte: Publicidade

Fonte: Publicidade

Fonte: Grupo Santo Antonio

Corra para o Hiper, compre 02 produtos Vanish, peça seu cupom e concorra a uma linda Máquina de Lavar Panasonic 14kg. Sorteio será 24 de JUNHO 2017.

 

 

Fonte: Grupo Santo Antonio
25
Mai / 2017

Motivacional!

Fonte: YouTube

Atualmente com casa lotada, abrigando cerca de 80 animais,  em sua maioria cachorros, a ONG Vida Bicho precisa de ajuda.

“Precisamos pagar adicional para funcionários, precisamos de ajuda em clínica veterinária, produtos de limpeza. Então tudo é uma sequência”, contou Sandra Colpo, responsável pela ONG.

Parcerias

A instituição conta hoje com o apoio da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, a qual cedeu quatro funcionárias que atuam diretamente com os animais.

“Temos os colaboradores que sempre ajudam”, explicou Sandra, mas a necessidade é contínua, já que a cada dia surgem novos casos.

“Temos 80 animais, fora os que são alimentados na rua. Não é o local adequado para eles estarem, mas como não temos estrutura para resgatar todos os animais a gente vai fazendo o que pode. Arruma um lar temporário, alimenta na rua”.

Resgate

Como a ONG recebe apenas cachorros, quando outros tipos de animais são encontrados pela equipe, eles tentam encaminhar para algum lar temporário, mas resolvem a situação. Foi o que aconteceu nesta terça-feira, 23, quando Sandra encontrou gatos abandonados.

“Hoje encontramos uma caixinha com três gatinhos recém-nascidos. Já pedi ajuda aqui de uma gata parida que possa alimentar. Porque a gente não resgata gatos”.

Responsabilidade

Segundo Sandra, a participação da comunidade como um todo, pode ajudar a melhorar a situação de maus tratos e acolhimento de animais.

“A gente precisa muito de ajuda. Eu sempre falo: não adianta a gente jogar a responsabilidade para a ONG, se todo mundo pode fazer. Tem pessoas que comentam que a obrigação é da Prefeitura. Não. A obrigação é de todo mundo, de toda a sociedade”, pontuou.

E alertou às pessoas que se acham no direito de maltratar os bichos.

“Não é porque o animal é seu que você pode fazer o que bem entender com ele. Animais hoje não são tratados como coisa, eles são os animais”.

Otimismo

Apesar da casa lotada e das necessidades do abrigo, Sandra enxerga coisas boas para o futuro.

“Eu acredito que esse ano a gente vai ter parcerias com a Prefeitura, para a gente melhorar. E parceiros veterinários, com fé em Deus”, disse confiante.

Quem quiser fazer algum tipo de doação, pode entrar em contato pelo número:

Tel: 77 9957-5569

Fonte: Ong
25
Mai / 2017

Comunicado Acelem

A Acelem comunica a todas as empresas que adquiriram os kits da promoção do dia das mães, que a entrega das urnas será até o dia 01/06/2017 na ACELEM, e o sorteio final  da promoção “Dia das Mães Acelem” será realizado no dia 03/06/2017 (Sábado), as 9:00 horas na sede da Acelem, localizada a Rua Alcides Trento Junior, 100 – Jardim Imperial, com um delicioso Café da Manhã, onde todos estão convidados a participar.

Em virtude de ter sido solicitado por varias empresas participante e por essa ultima semana coincidir com a Bahia Farm Show, onde acreditamos que o comércio luiseduardense terá um forte movimento, a Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem) adiou o 
sorteio para o sábado seguinte, dia 03 de Junho, às 9 horas da manhã.
 
Atenciosamente;

A Direção

Fonte: Acelem

A Secretaria Municipal de Saúde de Barreiras inicia a distribuição de repelentes nas Unidades de Saúde. Conforme a coordenação da Assistência Farmacêutica do município, serão entregues quatro repelentes para cada gestante que fazem parte do Programa Bolsa Família.

“A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia disponibilizou 2.092 repelentes para cerca de 523 gestantes inscritas no Programa Bolsa Família de Barreiras. Serão quatro repelentes para cada gestante que serão entregues nas unidades de saúde a partir de amanhã, 23. No momento do pré-natal realizada pela equipe de enfermagem, será solicitado o NIS, confirmando o cadastro no programa”, explica Clécio Ribeiro.

De acordo com o quantitativo previsto pelo Ministério da Saúde, foram distribuídos, na Bahia, mais de 109 mil repelentes, cuja substância ativa é o DEET (N,N-dietil-meta-toluamida), que oferece proteção contra insetos como o Aedes Aegypti, Culex e Anophelesaquasalis, de até 10 horas.

Além da entrega dos repelentes às gestantes, uma mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti é realizada todos os dias pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses. Nas quintas e sextas-feiras são realizados mutirões de limpeza e panfletagem educativa.

Fonte: DIRCOM/Barreiras
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |