Blog Santo Antônio
Notícias

Durante ações da Operação Força Tarefa II na Chapada Diamantina, PRF e Polícia Militar da Bahia recuperam Hilux roubada

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia realizou mais uma etapa da Operação Força Tarefa II, que tem como objetivo incrementar ações de enfrentamento às fraudes veiculares. As atividades ocorreram de forma conjunta com policiais militares da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (PMBA) de Seabra, na região da Chapada Diamantina.

Foi realizada uma ambientação e nivelamento sobre os diferentes elementos de identificação dos veículos, possíveis modos de adulteração e análise documental.

Alem disso, foi realizada também uma oficina monitorada e atividades práticas que ocorreram na zona urbana e rural da cidade de Seabra a fim de combater fraudes veiculares e demais ilícitos na região.

As equipes se concentraram na vistoria de uma Toyota/Hilux e após fiscalização detalhada nos elementos caracterizadores, os policiais descobriram que a caminhonete possuía ocorrência de furto registrada em março/2021 na cidade paulista de Serrana. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil para registro do fato e continuidade das investigações pelos crimes de receptação (art. 180) do Código Penal Brasileiro.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.

Fonte: PRF/BA

 

 

Fonte: Grupo Santo Antonio
Decreto reconhece emergência em 16 cidades baianas atingidas por incêndios
Foto: Reprodução / Achei Sudoeste

Dezesseis cidades baianas que convivem com incêndios tiveram decretos de emergência reconhecidos pelo estado. A maioria delas fica no Oeste, mas há cidades na Chapada Diamantina, Centro Norte e Sudoeste. Conforme a medida, publicada nesta terça-feira (12), as cidades ficam isentas de fazer licitação para firmar contratos em ações de resposta aos problemas gerados pelo fogo.

 

As contratações, por sua vez, não devem exceder o prazo de 180 dias, estabelecido no decreto. A prorrogação do contrato não será permitida. O decreto condiciona os casos às prefeituras beneficiadas pela medida: Andaraí, Barra, Barreiras, Buritirama, Campo Alegre de Lourdes, Correntina, Cotegipe, Ibotirama, Iramaia, Iraquara, Itaguaçu da Bahia, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Paratinga, Riachão das Neves e Santa Maria da Vitória.

 

Conforme registro do Inpe Queimadas na manhã desta quarta-feira (13), a Bahia tem 11 focos de incêndio.

Fonte: Bahia Notícias
Jequié: Chuva e ventania causam transtornos e vias ficam alagadas
Foto: Reprodução / Jequié Urgente

As chuvas que caíram na tarde desta terça-feira (12) em Jequié, no Médio Rio de Contas, Sudoeste baiano, deixaram ruas alagadas. Ventou forte também na cidade. Com as precipitações, vários locais foram afetados, como a Feirinha do Joaquim Romão, Avenida Santa Luzia, Centro de Abastecimento Vicente Grillo, Mandacaru, Terminal Rodoviário da cidade, entre outros pontos.

 

Segundo o Jequié Urgente, a água também invadiu lojas e casas. Por meio de nota, a prefeitura informou que moradores podem ligar para a Ouvidoria Geral do Município em caso de alagamento, risco de deslizamento ou solicitação para ajuda através dos números 0800 071 1710, via ligação gratuita, e (73) 3526-8039.

 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia [Inmet], há previsão de mais chuvas para esta quarta-feira (13), com possibilidade de trovoadas pela tarde. A temperatura varia entre a mínima de 20° e a máxima de 28°. 

Fonte: Bahia Notícias
Bolsonaro no PP e os desafios de João e Cacá Leão na Bahia
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

A possibilidade do presidente Jair Bolsonaro se filiar ao PP, considerada cada vez maior, torna a relação entre os progressistas e o PT no Bahia constrangedora. Viria de João Leão uma das resistências à chegada de Bolsonaro ao partido, porém ele não deve ser suficiente para barrar a filiação do presidente. Pelo menos já há um prazo para uma definição: Bolsonaro tem novembro como limite para colocar de vez em risco a relação entre Leão e os petistas baianos.

 

A chance de uma aliança formal entre o presidente e o PP já foi tema de uma coluna. Na época, era algo ainda remoto, no campo das especulações. Agora, com contornos mais bem definidos, expõe as contradições do jogo político no Brasil. Nacionalmente, Ciro Nogueira aposta com todas as forças na reeleição de Bolsonaro e obriga o próprio partido a romper com o PT na Bahia. Isso geraria dois caminhos: ou Leão sairia candidato rompendo com Jaques Wagner e Rui Costa ou o acordo do tripé PP-PT-PSD faria vista grossa com o antipetismo de Bolsonaro. Alguém apostaria na segunda opção?

 

Leão brada a todos os ventos que será governador da Bahia. Aposta na saída de Rui como candidato ao Senado para ficar com o mandato tampão. Porém o PT apostaria nisso, deixando um novo aliado do Planalto como governador? O vice dificilmente deixaria o PP, partido que transformou em uma potência política na Bahia. São tantas nuances que há uma conta muito difícil de fechar. É incompatível ter Bolsonaro no PP e a aliança continuar na Bahia. Como então contornar esse quadro? Ainda não consigo ver uma saída para esse beco.

 

Cacá Leão, hoje considerado um dos principais articuladores da legenda por essas bandas, é um dos nomes mais próximos da cúpula do PP nacional, responsável por ditar as regras na República. No desafio da sucessão política, essa será a grande chance do herdeiro do vice-governador definir a sua marca localmente. Ele será fiador da relação com Bolsonaro e com o PT e achar uma forma de contornar essa saia justa? Ao mesmo tempo em que ainda mantém excelente relação com o grupo político de ACM Neto? Independente do caminho a tomar, o deputado federal terá a oportunidade de mostrar se o DNA de João Leão manterá a ascendência na Bahia...

Fonte: Bahia Notícias
Ex-presidente da Braskem é condenado a 20 meses de prisão nos EUA
Foto: Divulgação/ETH

Ex-presidente da Braskem, José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão pela Justiça dos EUA, por ter participado de um plano para subornar funcionários da Petrobras. O caso tem relação com as investigações sobre a Odebrecht e a Petrobras dentro da Operação Lava Jato.
 

Grubisich, 64, também terá de pagar US$ 2,2 milhões (R$ 12 milhões) de indenização. A sentença, dada pelo juiz distrital Raymnd Dearie, de Nova York, foi noticiada pela TV Bloomberg.
 

Em abril, Grubisich se declarou culpado das acusações de integrar um esquema de corrupção que movimentou US$ 250 milhões (cerca de R$ 1,4 bilhão pela cotação atual) em propinas para garantir negócios. Ele foi diretor geral e membro do conselho da Braskem e desempenhou diversas funções na Odebrecht.
 

Uma das maiores petroquímicas das Américas, a Braskem era controlada pela Odebrecht (agora rebatizada de Novonor), e tinha também a Petrobrás como acionista.
 

O processo nos EUA é fruto de um acordo de leniência fechado pela Odebrecht e pela Braskem com autoridades brasileiras e americanas no âmbito da Operação Lava Jato. Grubisich é acusado pelo Departamento de Justiça dos EUA (DoJ, na sigla em inglês) de ter participado de um plano de suborno a funcionários do governo brasileiro entre 2002 e 2014, violando a Lei de Práticas Corruptas no Exterior (FCPA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.
 

Ele foi denunciado pelas autoridades americanas em fevereiro de 2019 e preso na porta do avião quando tentou entrar no país para uma viagem de lazer em novembro daquele ano.
 

A denúncia corria em segredo de Justiça, por isso o executivo, que não é delator no Brasil, não sabia que era alvo dela e que poderia ser preso ao ir ao país. Ele ficou detido até abril de 2020, quando saiu após pagar uma fiança de US$ 30 milhões (R$ 168 milhões).
 

Na época da prisão, ele foi acusado pelos procuradores americanos de ter criado caixa dois na empresa. As informações estavam nos acordos de leniência da Braskem que foram firmados com autoridades brasileiras e americanas.
 

Documentos da Justiça dos Estados Unidos e do Brasil indicam que US$ 250 milhões em propinas movimentadas pela Braskem foram depositados em contas bancárias da petroquímica no Brasil, em Nova York e na Flórida.
 

"Como presidente-executivo de uma empresa de capital aberto, Grubisich e outros executivos seniores da Braskem se envolveram em um esquema de fraude e suborno internacional sofisticado em grande escala e, em seguida, mentiram para os acionistas e autoridades dos EUA para ocultar sua conduta criminosa", disse o procurador-geral adjunto em exercício Nicholas L. McQuaid, da Divisão Criminal do DoJ.
 

"Grubisich abusou de sua posição de confiança como presidente-executivo da Braskem para facilitar e ocultar o pagamento de milhões de dólares em subornos para que a Braskem pudesse aumentar seus lucros e seus executivos seniores, incluindo o próprio Grubisich, pudessem se beneficiar pessoalmente", disse o procurador em exercício Mark J. Lesko, do distrito leste de Nova York.
 

A informação de que a Braskem tinha o seu próprio departamento para tratar de propinas aparece em um dos anexos do acordo de leniência da empresa.
 

A companhia afirma que, ainda em 2006, Pedro Novis, então presidente do conselho de administração da petroquímica e um dos executivos que aceitou firmar acordo de delação com a Lava Jato, foi procurado por Grubisich, na época presidente da Braskem. Grubisich, segundo o relato, expôs a necessidade de criação de um mecanismo de caixa dois.
 

"O objetivo seria atender a demandas político-partidárias para o custeio de campanhas eleitorais de candidatos com aderência às agendas institucionais de interesse da Braskem e do setor petroquímico", diz o texto do processo.
 

O documento afirma ainda que ficou claro para Novis que se tratava de um apoio de caráter não oficial: "Com o objetivo de consolidar uma base de relacionamento junto às lideranças políticas e que potencialmente, viesse a contribuir para a solução de temas estratégicos em benefício da Braskem".
 

Outros delatores, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef, que foram condenados na mesma ação penal de Marcelo Odebrecht, disseram em seus acordos com o Ministério Público Federal que o empreiteiro nunca teve envolvimento com as propinas pagas pela Braskem à Petrobras e que esse tipo de negociação era feita com Grubisich, enquanto ele estava à frente da petroquímica.
 

Ao assumir a culpa, o executivo afirmou que conspirou para desviar centenas de milhões de dólares da Braskem para um fundo secreto e que, enquanto CEO da empresa, concordou em pagar subornos a funcionários do governo brasileiro, partidos políticos e outros no Brasil para garantir a manutenção de um contrato para um projeto petroquímico significativo da Petrobras.
 

O executivo também admitiu que falsificou livros e registros da Braskem ao registrar falsamente depósitos feitos para empresas de fachada, como se fossem pagamentos por serviços legítimos. Ele também disse que assinou falsas certificações apresentadas à SEC (Securities and Exchange Commission, agência que regulamenta o mercado mobiliário dos EUA) que, entre outras coisas, atestavam que os relatórios anuais da petroquímica representavam de maneira justa e precisa a situação financeira da empresa.

Fonte: Folhapress
Andaraí: Polícia prende autor confesso de feminicídio
Foto: Divulgação / Ascom-PC

Um homem de 24 anos foi preso por feminicídio e estupro na terça-feira (12), por policiais da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra) e da Delegacia Territorial de Andaraí. O mandado de prisão preventiva foi cumprido em Andaraí, na localidade conhecida como Estrada do Praião.

 

O crime aconteceu no dia 1º de outubro, e o corpo da vítima – Michele Santos de Jesus, de 17 anos – foi encontrada nas proximidades de sua residência. Desde então, a Polícia Civil iniciou diligências investigativas e de inteligência que culminaram na identificação do suspeito. Em seguida, o pedido de prisão preventiva foi feito e deferido pelo Poder Judiciário.

 

De acordo com a PC, durante o interrogatório o homem assumiu o crime e confessou como se deu toda a ação criminosa. Segundo ele, Michele descobriu uma traição do autor e afirmou que revelaria a informação para a esposa e a família.

 

O suspeito foi submetido a exames de lesões corporais e, em seguida, custodiado. Ele será transferido para o sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Bahia Notícias
Líder dos caminhoneiros diz que alta no preço dos combustíveis é mais grave que em 2018
Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

Um dos líderes da greve dos caminhoneiros de 2018, Wallace Landim, conhecido como Chorão, disse ao Painel que a categoria não aguenta mais os seguidos aumentos no preço dos combustíveis e classifica a situação atual como pior que a do ano da paralisação nacional.
 

O representante da categoria elogia a iniciativa do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em levar para o Congresso o debate sobre o tema e critica o presidente Jair Bolsonaro por não assumir a frente no debate e transferir responsabilidade aos estados.
 

Landim participa na quarta (13) de uma audiência pública na Câmara dos Deputados que vai reunir os caminhoneiros e representantes dos ministérios da Economia e Minas e Energia, da Petrobras e da Agência Nacional de Petróleo.
 

“Precisamos que o governo chame a responsabilidade e pare de transferir para os outros. A gente vem lutando desde a greve de 2018 pela mudança da política de preços. A narrativa do presidente na campanha era em defesa dos caminhoneiros e nada disso foi feito”, afirma.

Fonte: Folhapress

Foi reforçado o policiamento mediante rondas, abordagens a veículos e pessoas em pontos estratégicos, com o objetivo de prevenir ocorrências de crimes patrimoniais, promover segurança aos comércios locais, reduzir os índices de criminalidade, levando, desta forma, mais segurança ao cidadão.

O reforço nas ações visa garantir que os cidadãos locais tenham um feriado do Dia das Crianças com paz e tranquilidade.

Fonte: 86ª CIPM
Objetivo é reduzir acidentes

A Operação Nossa Senhora Aparecida 2021, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), iniciada na última sexta-feira (8), termina hoje (12), às 23h59. A finalidade é diminuir o total de acidentes por meio de ações de policiamento e fiscalização nas vias, em meio ao aumento no fluxo de veículos em decorrência do feriado prolongado por conta do dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.  

Segundo a PRF, a alta “relevante” do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros contribui para a expansão da violência no trânsito, tendo como reflexo a “elevação da quantidade de acidentes graves, feridos e mortos” nas rodovias federais.

Entre os focos de fiscalização das equipes da Polícia Rodoviária Federal  estão a alcoolemia ao volante, as ultrapassagens indevidas e o não uso de dispositivos de segurança (cinto de segurança e capacete). O balanço da operação será divulgado amanhã (13).

Fonte: Agência Brasil

O Brasil teve nesta terça-feira (12) a menor média móvel de mortes desde o dia 11 de novembro do ano passado: 367. Na ocasião, o número estava em 319.

Foram ainda registradas 176 mortes por Covid e 7.151 casos da doença nesta terça. Com isso, o país chegou a 601.442 óbitos e a 21.588.245 pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia.

Os números, porém, podem ter sido influenciados pelo atraso na notificação de novos óbitos com o feriado. Vinte e quatro estados e o DF registraram óbito nas últimas 24 horas. Amapá e Roraima não tiveram nenhuma morte por Covid-19 nesta terça.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os dados da vacinação contra a Covid-19, também coletados pelo consórcio, foram atualizados em 22 estados e no Distrito Federal. Os estados do Alagoas, Ceará, Mato Grosso, Paraíba e Sergipe não atualizaram dados das vacinas.

O Brasil registrou 486.861doses de vacinas contra Covid aplicadas nesta terça. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 121.120 primeiras doses e 299.004 segundas. Também foram registradas 2.010 doses únicas e 64.727 doses de reforço.

Ao todo, 149.805.979 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil –99.958.396 delas já receberam a segunda dose do imunizante ou dose única da vacina da Janssen.

Com isso, 95% da população com mais de 18 anos já recebeu ao menos uma dose (nesse caso, a 1ª dose de alguma vacina ou o imunizante de dose única) e quase 62% (também com mais de 18 anos) recebeu as duas doses ou a dose única da Janssen.

Mesmo quem completou o esquema vacinal com as duas doses deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Fonte: Folha de SP

 

Em conjunto com a Organização Amigos da Mara, CUFA e Conselho Tutelar, PM de Santa Rita de Cássia distribui brinquedos no Dia das Crianças. 

Desde o mês de setembro, foi realizada uma campanha para arrecadar brinquedos que foram doados por militares, comunidade e parceiros do comércio local. 

Foram distribuídos centenas de brinquedos na sede dos Amigos da Mara, no bairro São Gabriel, além da distribuição nas ruas da cidade. 

Segundo o comandante do 3º Pelotão, Aspirante-a-oficial Franco, esta ação de distribuição de brinquedos é a primeira de muitas que espera vir. “É gratificante para toda a equipe ver o sorriso no rosto de cada criança presenteada hoje. Assim, também criamos uma proximidade maior entre a PM e as crianças para desmistificar o papel da Polícia que causa o medo”.

Fonte: Ascom PM

A Polícia Militar apoiada da 86ª CIPM, apoiada pelos parceiros CDL, CRAS, CREAS, Secretaria de Ação Social, LEJA, Grafia e Rádio Cidade realizaram a Campanha Outubro Feliz na cidade de Formosa do Rio Preto. 

A Campanha Outubro Feliz foi desencadeada no dia 14 de setembro, onde foram distribuídas gôndolas no comércio da cidade visando arrecadar livros e brinquedos. A divulgação aconteceu através das redes sociais e nos veículos de comunicação.

Através do trabalho voluntário de todos os integrantes dos órgãos envolvidos e da sensibilização da sociedade em fazer uma criança sorrir, foram arrecadados e distribuídos dois mil brinquedos e trezentos kits de guloseimas nos povoados de Intans, Tábuas, Buritizinho, Canadá, Agrovila Novo Horizonte, Morrinhos, Arroz, Araçás e Bairro Jordelino zona rural e os bairros do Projeto, Morada Nova e Progresso da cidade de Formosa do Rio Preto.

Segundo o Major PM Diz Pazos, Comandante da 86ª CIPM, "a Campanha Outubro Feliz foi um sucesso alcançando uma das premissas da filosofia da Polícia Comunitária que visa atender a máxima - a aproximação da Polícia Militar com a comunidade local. É bastante gratificante participar da campanha com apoiadores tão comprometidos e dedicados ao projeto, onde conseguimos atingir o objetivo em fazer muitas crianças carentes felizes neste dia tão especial".

Fonte: Ascom 86ª CIPM

Um estudo desenvolvido na Bélgica parece ter encontrado um medicamento que bloqueia a replicação do vírus da Dengue. De acordo com o Ministério da Saúde notificou 103.595 de dengue no Brasil neste ano. A doença é uma das mais prevalentes no país e segue sem medicamento que evite a infecção ou diminua a replicação do vírus. 

Conforme apontou levantamento, por ano a doença atinge cerca de 400 milhões de pessoas no mundo.

Quatro sorotipos do vírus podem causar a doença, e esta é uma das maiores dificuldades para desenvolver um medicamento que seja realmente eficaz contra a dengue, já que a formula precisa funcionar contra todas as formas do agente infeccioso.

Pesquisadores da Katholieke Universiteit Leuven, na Bélgica, porém, parecem ter encontrado uma substância capaz de bloquear a replicação do vírus. O estudo foi publicado na revista Nature na última semana.

Estudando a dengue desde 2009, o time do professor Johan Neyts testou milhares de pequenas moléculas com potencial usando um processo automatizado até criar 2 mil compostos promissores.

Fonte: Bahia Notícias

As universidades federais na Bahia seguem sem uma previsão para o início das aulas 100% presenciais. A informação foi divulgada pelas assessorias das instituições de ensino ao g1.

As aulas presenciais foram suspensas em março do ano passado, no início da pandemia da Covid-19 em toda a Bahia.

O Governo do Estado anunciou que as escolas da rede estadual de ensino da Bahia vão retomar o modelo de aulas 100% presenciais, a partir do dia 18 de outubro.

Os alunos que cursam o ensino médio na rede estadual estão com aulas no regime semipresencial – metade presencial, metade virtual – desde 26 de julho. Já os estudantes do ensino fundamental começaram no dia 9 de agosto.

Confira a posição de cada universidade federal:

UFBA
A Universidade Federal da Bahia (Ufba) realiza mais um semestre letivo na modalidade online. O semestre 2021.2 começou no dia 9 de agosto e termina em 6 de dezembro.

Apenas alguns cursos da instituição estão com aulas práticas, mas com a presença de protocolos de saúde. Até o momento não há definição do sistema adotado para 2022.

UFRB
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) também não tem previsão para o retorno das aulas presenciais. Atualmente, os alunos da pós-graduação cursam o semestre 2021.2 de forma remota.

Na graduação, o semestre 20.20.2 foi encerrado no domingo (10). O próximo semestre acadêmico, denominado 2021.1, começa no dia 1° de novembro, segue até dezembro, e tem uma parada em janeiro, antes de recomeçar no dia 31 e vai ser finalizado no dia 19 de março.

De acordo com a universidade, este semestre 2021.1 (novembro a março) será realizado prioritariamente de forma remota, mas estão autorizados componentes práticos em algumas disciplinas que possuem grande represamento de atividades práticas.

O semestre 2022.2 da pós-graduação está previsto para iniciar em 7 de março de 2022, mas o formato ainda não está definido. Na graduação, o semestre 2021.2 deve começar em abril, mas a data de início e o formato ainda precisam passar pela aprovação do Conselho Acadêmico (CONAC) e do Conselho Superior (CONSUNI).

A direção da UFRB informou que “havendo condições epidemiológicas favoráveis, nossa proposição será para intensificar as atividades presenciais”. No entanto, relatou que a decisão final será tomada após reunião do CONAC e CONSUNI. (G1)

Fonte: G1
12
Out / 2021

Dia das Criança

Fonte: Grupo Santo Antonio

 

Confira o sorteio 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Em rondas na Avenida JK, nas imediações da Câmara de Vereadores, por volta das 23h00, de sábado (09), a guarnição do ROMU da GCM-LEM, percebeu um individuo dirigindo de forma suspeita e ao dar voz de parada, o individuo empreendeu fuga, sendo forçado a parada nas imediações do bairro Jardim Ipê.

Após aborgem policial, foi constado que o mesmo não portava a CNH e o licenciamento do veículo estava vencido, além do visível estado de embriaguez e ao solicitar apoio da SUTRANS para o teste do etilomentro, foi constado a embriaguez do condutor.

O condutor ao ser abordado, resistiu a abordagem e ameaçou os GCMs de morte, sendo o mesmo preso e conduzido para o DISEP.

Fonte: SECRETARIA DE SEGURANÇA DE LEM

O ROMU da Guarsa Civil Municipal esteve neste domingo (10), durante o dia e a noite na festa de Nossa Senhora do Rosário, na Comundade Vila lll, zona Ruaral de Luís Eduardo Magalhães.

O evento teve início às 10h e encerrou-se as 22h, e se manteve na mais tranquila Paz e harmonia.

GCM: Proteger e Servir

Fonte: SECRETARIA DE SEGURANÇA DE LEM

Um individuo foi preso pela Guarda Civil Municipal de Luís Eduardo Magalhães, na tarde deste ontem, domingo (10), por volta das 16h30, após pular muro de residência e tentar contra a vida de um menor de idade, no bairro Santa Cruz.

Com o mesmo foi encontrado: Um notebook, uma mochila, roupas e uma carteira com documentos

O mesmo foi conduzido e apresentado no DISEP de Luís Eduardo Magalhães, com os objetos encontrados.

GCM-LEM: Proteger e Servir

Fonte: SECRETARIA DE SEGURANÇA, ORDEM PUBLICA E TRÂNSITO
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |