Blog Santo Antônio
Notícias
27
Abr / 2016

Motivacional

Fonte: YouTube

 

 

>> CURTA O EVENTO NO FACEBOOK <<

 

Fonte: Live Produções

Realizou-se nesta terça-feira, 26 de abril de 2016 a 11ª sessão ordinária do 7º período legislativo da 4ª legislatura na Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães.

 A sessão foi presidida pelo Presidente Elton Almeida e contou com a presença dos vereadores Claudionor Machado, Mardônio Rocha, Wangles Glicerio, Katerine Rios, Sidnei Giachini, Cabo Carlos, Deusdete Petronílio, Zezé da Farmácia, Juvenal Canaã, Reinildo Nery e Vôga pelissari.

Todos os vereadores presentes se solidarizaram e prestaram condolências a família do Sr. Valtair Fontana, ex secretario de esporte do município, ressaltando o legado que ele deixou ao município e à comunidade de Bela Vista.

TRIBUNA POPULAR

A Tribuna Popular, contou com a participação do maestro David Monteiro que em nome da orquestra sinfônica de Luís Eduardo Magalhães agradeceu ao presidente da casa Elton Almeida e aos demais vereadores por cederem espaço e apoio ao projeto.

O maestro aproveitou a oportunidade para solicitar maior apoio da comunidade e parcerias com instituições municipais, estaduais, federais e de empresas privadas para que o projeto siga contemplando 500 crianças ao ano e promovendo a educação social, cívica e artística dos cidadãos.  “Adotem uma criança, contemplando com instrumentos, computadores, materiais mesmo que sejam usados porque estamos precisando”. Salientou que buscou junto ao prefeito um convênio, mas que o mesmo alegou falta de verba para ajudar em um projeto tão importante; “a educação é o caminho para a mudança sócio econômica, no sentido de proporcionar meios para o homem lidar com suas ilusões...”.

O vereador Vôga Pelissari, mais uma vez subiu a tribuna para expressar o seu repudio e indignação em relação ao abandono do governo do estado para com a segurança publica do município e do oeste baiano, assegurando que num futuro próximo o governador do estado visitara o município, mas isso não dará garantias nenhuma de boas noticias. “Futuramente o nosso governador estará presente na abertura do Bahia Farm show e não temos nenhuma perspectiva de boas noticias, vamos ter que esperar a arrecadação das vendas que esse evento produz”; Finalizou o edil.

O vereador Wangles Glicerio em sua fala agradeceu a presença de todos.

Ressaltou a necessidade de maximizar os pontos fortes do município levando-se em conta as características da região, destacando que uma melhor logística, redução de impostos, energia autossuficiente, limpeza, organização e um novo setor industrial seriam atrativos para novos investidores, gerando assim mais empego e renda para o município.

Em sua fala, a vereadora Katerine Rios fez duras criticas ao poder executivo atual, ressaltando a necessidade recorrente do uso da tribuna para cobrar ação do prefeito no sentido de melhorar a segurança publica do município. A gestora ressaltou ainda a negatividade da imagem da cidade divulgada pela imprensa local e regional, quer seja pela falta de segurança ou pelos desmandos administrativos da atual gestão. “Esse é o governo do desmando, todos os dias que abre o jornal se lê noticia de que LEM esta cada dia pior”.

A vereadora finalizou destacando que 2017 poderá ser diferente, com mais progresso, comprometimento e um administrador que se preocupa de verdade com o povo, que possa fazer com que a cidade volte a ter motivos para sorrir.

ORDEM DO DIA

Em segunda votação o Projeto de Lei nº 002/2016, que “cria o Conselho Municipal de Juventude CMJ e institui o Fundo Municipal da Juventude FMJ de Luís Eduardo Magalhães e da outras providencias”.

Em votação única redação final o Projeto de Lei nº 005/2016, que “Dispõe sobre a criação do programa aniversario com saúde para atender os funcionários públicos no município de Luís Eduardo Magalhães e dá outras providencias”.

Todos aprovados por unanimidade.

Fonte: Ascom Câmara

Um jovem de prenome Pedro Henrique, a bordo de uma moto Honda CG FAN 125, de cor vermelha, placa de Brasília, foi executado a tiros no cruzamento das ruas Guanambi e Itabuna, no bairro Santa Cruz, na cidade de LEM.

A vítima estava como garupa da moto fugindo de dois indivíduos em outras duas motos, sendo uma moto Honda Bros e uma Honda Biz, sentido BR 242.

No cruzamento das ruas Guanambi e Itabuna, a vítima foi alcançada. Houve troca de tiros entre o condutor da Honda Bros e o garupa da Honda FAN. 


Pedro Henrique, o carona da moto CG FAN atingido, fazendo com que o condutor perdesse o controle da motocicleta e ambos caissem. O piloto seguiu trocando tiros com o condutor da Bros e ambos teriam difo baleados, porém conseguiram fugir. O carona da moto morreu na hora.

O SAMU foi ao local, mas só pôde constatar o óbito do rapaz. No local do crime, ficou o capacete da vítima marcado de bala. Próximo ao corpo, os policiais encontraram três capsulas de pistola 380 e alguns metros foram encontradas duas munições intactas de revólver calibre 38.

A polícia militar da 85ª CIPM e a CIPE/Cerrado estão nesse momento no local guardando a cena do crime e à espera da perícia e da remoção do corpo para o IML de Barreiras.

Fonte: Blog Santo Antonio
27
Abr / 2016

Pegadinha:)

Fonte: YouTube

Depois de toda polêmica com os taxistas, o Uber vai ganhar concorrência no Brasil. O aplicativo Cabify, de uma companhia espanhola, chega ao país em maio, começando pela cidade de São Paulo. O aplicativo promete oferecer um serviço de qualidade com preços competitivos, tanto em relação ao Uber quanto aos táxis. Os valores das corridas serão calculados de acordo com a distância percorrida. O tempo do deslocamento não é relevante à tarifa, somente a distância.

O Uber, assim como os táxis, baseiam seus preços levando em consideração o tempo e a distância. O Cabify concorre com o UberX, enquanto o Cabify Executivo promete bater de frente com o Uber Black – o que significa que os preços são mais baratos no Light e mais caros no Executivo. Assim como o Uber, o aplicativo garante que toma medidas rigorosas na seleção de motoristas e que exige um alto nível de qualidade dos veículos cadastrados, levando em conta quesitos como seguro que tenha cobertura para o passageiro, ar-condicionado e histórico de acidentes do veículo.

Ainda não está definido se o Cabify terá ou não tarifa básica nem qual será o preço por quilômetro rodado. No que se refere aos motoristas, o Cabify trabalha do mesmo modo que o Uber: eles são parceiros da empresa e não funcionários.

Fonte: g1

A três dias do fim do prazo, cerca de 10 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016. Até as 17h de hoje (62), a Receita Federal havia recebido 18.416.319 declarações. O número equivale a 64,6% das declarações previstas para este ano. A entrega começou em 1º de março e vai até esta sexta-feira (29). O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal.

O órgão liberou um Perguntão, elaborado para esclarecer dúvidas quanto à declaração referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015. De acordo com a Agência Brasil, o aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) está disponível nos sistemas Android e iOS, da Apple. Os aplicativos podem ser baixados nas lojas virtuais de cada sistema. Quem perder o prazo de entrega estará sujeito a multa de R$ 165,74 ou de 1% do imposto devido por mês de atraso, prevalecendo o maior valor. A multa máxima pode chegar a 20% do imposto devido.

Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016. A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.

Fonte: bh notícias

A venda de medicamentos por empresas de distribuição e logística cresceu 26,14% no primeiro trimestre de 2016 na comparação com igual período do ano passado, de acordo com dados da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan) e IMS Health. O faturamento atingiu R$ 3,93 bilhões entre janeiro e março. Já a quantidade de medicamentos vendidos aumentou 20,68% na comparação anual, segundo a Abradilan. Foram comercializadas 236,6 milhões de unidades nos três primeiros meses deste ano. Os associados Abradilan são responsáveis pela distribuição de 21% das unidades vendidas dos medicamentos no Brasil, e 30% dos medicamentos genéricos.

Fonte: g1

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 14 milhões em bens do prefeito de Mirante, Hélio Ramos Lima (PMDB), e de outras 24 pessoas, incluindo a primeira dama da cidade, servidores públicos municipais, empresas e empresários. O pedido partiu do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista, que denunciou um esquema de desvio de dinheiro público destinado para escolas.

A ação civil pública acusa os envolvidos de simular licitações e usar empresas de fachada para desviar recursos federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Segundo o MPF, o prefeito e o presidente da Comissão de Licitação de Mirante, Anselmo Correia Lima, fraudavam as licitações fazendo com que uma das empresas que participavam do esquema saísse vencedora. Ela aceitava dividir os recursos federais com os demais envolvidos no esquema e Lima encaminhava parte do montante para a conta bancária do servidor público Laércio Soares, usado como "laranja".

Os desvios aconteceram entre os anos de 2009 e 2015. Além do prefeito, a primeira-dama Mônica Alves de Souza Lima também é apontada como mentora do esquema. Documentos que comprovam as irregularidades foram apreendidos em outubro do ano passado, durante a operação Belvedere da Polícia Federal, que aponta outro esquema de fraudes em licitações e desvios que chegaram a R$ 4 milhões.

Fonte: bh notícias

A Assembleia Legislativa de Alagoas derrubou nesta terça-feira (26) o veto do governador Renan Filho (PMDB) ao Programa Escola Livre. O projeto, de autoria do deputado Ricardo Nezinho (PMDB), proíbe a "doutrinação" de professores em sala de aula e os obriga a manter a "neutralidade" perante os alunos. Manifestantes protestaram contra o projeto do lado de fora da Casa.

A votação teve 18 votos a favor do programa e oito contra. O governador de Alagoas alegou inconstitucionalidade para vetar integralmente a lei em janeiro. Segundo a lei, o professor deve manter "neutralidade política, ideológica e religiosa do Estado". Também fica "vedada a prática de doutrinação política e ideológica em sala de aula, bem como a veiculação, em disciplina obrigatória, de conteúdos que possam induzir aos alunos a um único pensamento religioso, político ou ideológico". O professor ainda fica proibido de fazer "propaganda religiosa, ideológica ou político-partidária em sala de aula" e incitar "seus alunos a participar de manifestações, atos públicos ou passeatas".

Fonte: bh notícias

A delegada da Polícia Civil do Distrito Federal, Erika Moura Borges do Amaral, foi presa na madrugada da última sexta-feira (22), em Goiânia, por resistência e desacato contra policiais militares. A mulher foi detida após uma briga em um bar no Setor Marista. 

Segundo a Polícia Civil, Erika estava com uma amiga e quando foi pagar a conta se desentendeu com o gerente do estabelecimento. De acordo com informações do jornal O Popular, a delegada, que tinha ingerido bebida alcóolica, agrediu o gerente. Em um vídeo gravado pelos policiais, a delegada xinga os militares.
 
Ainda de acordo com a publicação, Erika foi encaminhada para o Instituto Médico Legal para o exame de corpo de delito e lá, também agrediu uma perita. Já na Central de Flagrantes, ela apresentou a identificação policial. A delegada foi liberada após pagar fiança de R$ 7.750,00. 
 
Fonte: jornal O Popular



A médica cubana Clara Eliza, 46 anos, que morreu a semana passada no Hospital Oeste, de Barreiras, foi mais uma vítima da gripe H1N1. A informação já chegou ao conhecimento do prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, que acionou a Secretaria de Saúde local para tomar medidas de prevenção junto às pessoas que tiveram contato com Clara, que trabalhava e ficou internada no Hospital Municipal da cidade.

Clara Eliza começou a ter sintomas da H1N1 no domingo (17), mas só foi internada em Bom Jesus da Lapa no dia seguinte. Como o estado de saúde dela piorou, houve a transferência para Barreiras, a fim de que tivesse melhores condições de atendimento, mas meia hora depois de dar entrada na UTI ela morreu.

A Secretaria de Saúde, através da assessoria de comunicação ainda confirmou a informação, depois de ter recebido o resultado dos exames do material colhido pelo Laboratório Central da Bahia (Lacen). Os exames foram concluídos ontem à noite.

Com essa confirmação, sobe para 10 o número de mortes no estado, provocadas pela gripe H1N1. Essa constatação ocorre um dia depois da divulgação de um boletim do Ministério da Saúde, que coloca a Bahia como sexto estado com maior número de casos em todo o Brasil.

Fonte: Agora na Bahia.com

Acontece nesta quarta e quinta-feira, 27 e 28 de abril, no Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães, a edição 2016 da Oficina do Empreendedor, uma realização da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SEIC) e em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM).

A Oficina do Empreendedor tem como objetivo oferecer soluções empresariais e qualificar as pessoas que desejam montar seu próprio negócio ou melhorar os resultados da sua empresa. Além de buscar novas oportunidades de mercado e capacitar os empresários que participarão da quarta edição da Feira de Negócios e Entretenimento (EXPOLEM), nos dias 10 a 14 de maio, na Praça dos Três Poderes.

A programação inicia na quarta-feira, 27, com as oficinas: controles financeiros; como formar o preço de venda; qualidade no atendimento ao cliente; como vender mais e melhor; gestão de recursos humanos; qualidade de atendimento ao cliente; como vender pelas redes sociais; planejamento para feiras e eventos; como iniciar seu próprio negócio e formalização como microempreendedor.

Na quinta-feira, 28, acontecem as capacitações: Como formar o preço de venda (turma 2); controles financeiros (turma 2); higiene e manipulação de alimentos; práticas de estocagem de alimentos; liderança empresarial: metas, vendas e motivação; workshop de inovação: como fugir da guerra do preço; como vender mais e melhor (turma 2); técnicas de exposição de produtos e merchandising; oficina de crédito para microempresa e microempreendedor e como iniciar seu próprio negócio (turma 2).

As inscrições para participar das oficinas são gratuitas e podem ser realizadas na sede da SEIC, localizada no Centro Administrativo e na ACELEM, em horário comercial, ou então na loja virtual do SEBRAE, através do endereço:http://lojavirtual.ba.sebrae.com.br/loja/  

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM

A Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães, através do Departamento de Vigilância Epidemiológica está realizando desde o último dia 20 de abril, o tratamento dos canais de águas pluviais do município. O objetivo é combater a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya nesses locais.

O tratamento dos canais dos bairros Mimoso I, Jardim das Acácias e Santa Cruz está sendo realizado através da adição de cloro bactericida na água para matar as larvas e de fumacê para combater a ação dos mosquitos adultos.

“A luta contra o mosquito Aedes Aegypti não pode parar com o fim do período mais chuvoso. Cada um de nós precisa continuar fazendo a sua parte. Por isso, peço que a população continue nos apoiando verificando suas casas e seus quintais, disponibilizando 10 minutos da sua semana para algumas ações de prevenção básicas”, comentou o Secretário de Saúde, Werther Brandão, lembrando da importância da Campanha “10 minutos contra a Dengue”.

Cronograma – O primeiro ciclo de tratamento dos canais de água pluviais do município iniciou em 20 de abril, com o tratamento dos canais do bairro Mimoso I. Nesta terça-feira, 26, acontece o tratamento dos canais do bairro Jardim das Acácias e na quarta-feira, 27, é a vez dos canais do bairro Santa Cruz.

O segundo ciclo de tratamento inicia dia 02 de maio novamente no bairro Mimoso I, seguindo dia 06 para o Jardim das Acácias e 09 para o Santa Cruz. O terceiro ciclo acontece dia 12 de maio no Mimoso I, 19 no Jardim das Acácias e 20  no Santa Cruz.

Segundo o Departamento de Vigilância em Saúde, a ideia é que o tratamento dos canais seja continuo até que a água dos mesmos cesse.

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM
26
Abr / 2016

Motivacional

Fonte: Grupo Santo Antonio

A nova emergência do Hospital Geral Ernesto Simões Filho, localizado no bairro do Pau Miúdo, em Salvador, foi inaugurada nesta segunda-feira (25), com a presença do governador da Bahia, Rui Costa. De acordo com o Governo do Estado, com a obra, o número de leitos passa de 17 para 35, além de a unidade ter recebido equipamentos novos. O investimento foi de aproximadamente R$ 6,7 milhões.

Durante a inauguração, trabalhadores terceirizados da área de fisioterapia do hospital, que é administrada pela Fundação José Silveira, fizeram um protesto para exigir pagamento do salário do mês de março.

Por meio de nota, a Fundação José Silveira disse que a instituição aguarda o pagamento pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) referente aos serviços prestados nos meses de janeiro, fevereiro e março, para que seja regularizada a situação. A fundação informou que realizou o pagamento dos salários de janeiro e fevereiro com recursos próprios, mas que não foi possível fazer após o terceiro mês de atraso.

Sesab, responsável pelo Hospital Ernesto Simões Filho, que ainda não se posicionou sobre o caso. Já o governador disse durante o evento que, para evitar problemas como atrasos salariais, fará novas licitações para a área da saúde.

"Eu estou relicitando todos os contratos da Educação, e em seguida eu vou relicitar todos os contratos da área de saúde. Porque nós queremos empresas que cumpram suas obrigações, ou seja, que após o estado fazer o pagamento, elas paguem aos trabalhadores", disse o governador.

A unidade de emergência do Hospital Geral Ernesto Simões Filho ficou fechada por dois anos para a reforma. Durante esse período, a emergência não parou e funcionou em uma estrutura de contêineres montada na área do hospital. Os 18 pacientes que estão nos contêineres devem ser transferidos para o novo setor ainda nesta segunda-feira. A expectativa é que a unidade já receba novos pacientes na terça (26).

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas falou sobre as especialidades que serão atendidas na unidade. "Aqui iremos focar em cirurgias de alta complexidade, cirurgias vasculares, ortopédicas e oncológicas", explicou.

De acordo com Rui Costa, a nova estrutura melhora o conforto dos pacientes e também as condições de trabalho dos mais de 100 funcionários do espaço. "Todo esse distrito, toda essa região aqui ganha uma unidade de emergência duplicada, renovada e com equipamentos modernos. Inclusive, equipamentos de Raio-X que não usam mais substâncias químicas, ou seja, as chapas são impressas ao invés de serem reveladas", disse o governador.

Fonte: g1

O “cacetinho baiano” já causou muita polêmica em 2011, mas deve voltar a crescer dentro da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) nos próximos meses. Apresentado originalmente pelo agora deputado federal Mário Negromonte Jr. (PP), o projeto propõe que sejam adicionados 10% de fécula de mandioca na farinha de trigo que compõe o pão na Bahia.

Após passar por três comissões e gerar fortes críticas da indústria de panificação do estado, o texto parou de tramitar na AL-BA por causa da seca. “Houve a seca, então a produção da fécula na Bahia, da produção de uma forma geral, foi afetada.

Não era o momento pra poder chegar com um projeto como esse. Eu mesmo vi que tinha que passar aquele momento de crise hídrica”, explicou Negromonte Jr. ao Bahia Notícias. A volta do “cacetinho baiano” – como ficou conhecido – foi fruto de um acordo entre o deputado federal e o parlamentar estadual Eduardo Salles (PP). A reapresentação do projeto deve ser feita na próxima quinta-feira (28), durante sessão especial em homenagem à Cadeia Produtiva da Mandioca.

Segundo Salles, ele foi a pessoa que estimulou o “cacetinho” de Mário. “Na época em que eu era secretário estadual de Agricultura, provoquei o deputado Negromonte sobre a importância desse projeto. Fui eu que embasei, que ajudei na concepção. Só que agora o projeto é mais moldado, mais adaptado à questão da Bahia”, avaliou o deputado estadual.

O novo texto deve trazer mudanças, como a entrega de certificados sociais para as padarias que implementarem a mudança e o escalonamento da inserção da fécula da mandioca. “Vai ser a conta-gotas. Vamos escalonar a substituição pela mandioca. Primeiro vai ser 2%, no outro ano 4%, até chegar a 10%. Isso não tinha no outro projeto, ele era mais geral. Agora é mais adequado”, defendeu. Com as modificações, Salles espera evitar novas polêmicas em torno do projeto, permitindo que o “cacetinho” cresça mais rápido.

“Um projeto mais geral deu espaço pra controvérsias. Espero que não tenha tanta polêmica. Lógico que é uma ideia nova, mas pelo menos eu tentei nesse novo projeto ser mais adequado à realidade da agroindústria baiana, à realidade de produção no estado. Fizemos um longo estudo pra ver o que a Bahia pode em função da seca, da indústria existente. Essa mudança vai beneficiar as famílias que produzem a mandioca, mas também a questão da saúde, já que a fécula não tem glúten”, explicou.

Fonte: bh notícias
26
Abr / 2016

Pegadinha:)

Fonte: YouTube

 

Aberto nesta segunda-feira, 18, em Barreiras, no oeste da Bahia, mais um curso profissionalizante do convênio entre Serviço Nacional do Comércio (Senac) e Sindicato Patronal do Comércio Barreiras/Oeste da Bahia.  A chef de gastronomia Marina Sabino vai comandar o curso de Confeitaria para 25 interessados em se especializar na produção de doces, bolos e tortas. 

Para Marina, há uma demanda crescente por profissionalização do setor em Barreiras. “Cada vez mais as pessoas precisam se especializar e sempre pensar o que e como podem vender mais. Existem muitas pessoas que conseguem obter renda mensal com venda de bolos e doces. As pessoas podem empreender muito nesta área em nossa cidade”, disse.  



Proprietário de um restaurante em Barreiras, Zé Neto dos Santos, pretende desenvolver novas técnicas para agradar o paladar dos clientes na hora da sobremesa. “Trabalho desde 11 anos no setor e hoje aos 42, entendo a necessidade de sempre aprender e capacitar. É muito importante manter essa grade de cursos trazidos pelo Senac por meio do Carlos Costa”, afirmou. 

Incentivador e um dos batalhadores para implantar a sede do Senac em Barreiras e mobilizador para oferecer os cursos da instituição na cidade, o representante do Sindicato Patronal do Comércio Barreiras/Oeste da Bahia, Carlos Costa, destacou a série de cursos oferecida ano passado em Barreiras que capacitou centenas de pessoas.

“Já trouxemos os cursos de comida de boteco, gastronomia, técnicas de cozinha e garçom por entender a importância da capacitação para que cada vez mais pessoas possam empreender em seus negócios, garantir renda extra e se qualificar dentro dos seus próprios trabalhos”, disse Carlos Costa. 



Pós graduada em Gastronomia, Marina Sabino, explica que o curso vai proporcionar o aprendizado de técnicas de doces tradicionais e bastante consumidos no Brasil como pão de ló, tortas holandesas, pavês, além de apostar em novidades que podem alavancar as vendas como brownies, cupcakes e brigadeiro gourmet. “A ideia é trabalhar sempre em grupo para desenvolver as técnicas e receitas para que possamos aprender com a troca de experiências entre os participantes do grupo”, afirmou. 

Com carga horária de 40 horas/aula, o curso vem sendo realizado na Cozinha Industrial da Abapa, por meio de convênio entre o Serviço Nacional do Comércio/Senac, Sindicato Patronal do Comércio Barreiras/Oeste da Bahia e Sindicato Rural dos Produtores Rurais de Barreiras.

Fonte: ARATICUM

O tema da inclusão social pautou as discussões em um encontro realizado no último dia 13 no auditório do Hospital do Oeste (HO), unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) em Barreiras. A palestra, promovida por representantes do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), teve como objetivo consolidar, junto aos profissionais da unidade, a boa acolhida às pessoas com deficiência que estão sendo reabilitadas e reinseridas no mercado de trabalho.
 
Como parceiro e apoiador dessa nobre causa, o HO já conta hoje com a inclusão de 16 funcionários com alguma deficiência atuando em diversos  setores  do complexo hospitalar. Um exemplo é Rayanne Thayla Cunha, que há cinco meses trabalha como recepcionista: “Gosto muito de lidar com pessoas e por isso me adaptei bem a essa função. Estou muito feliz por essa oportunidade”, comentou.
 
De acordo com a Lei 8.213, que trata sobre os benefícios da Previdência Social, é direito das pessoas portadoras de deficiência os meios para a sua readaptação profissional e social. Contudo, segundo a médica do INSS, Rita Reis, o maior entrave continua sendo hoje o preconceito. “Precisamos perceber que todos nós, independente de uma deficiência comprovada, também temos limitações. Por isso, não somos diferentes, nem melhores do que ninguém. A sociedade tem o importante papel de abraçar a pessoa com deficiência”, ressaltou.
 
Para Irileide Souza, coordenadora do setor de Recursos Humanos do HO, “a participação do hospital vai muito além do cumprimento de uma lei. Nossa intenção é de acolher esses profissionais, garantindo que eles se desenvolvam e mostrem, cada vez mais, o seu potencial”.

Fonte: HO
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |