Blog Santo Antônio
Notícias

Fonte: YouTube

Povos indígenas de Rondônia debatem, nesta sexta-feira (18), questões relacionadas a exploração ilegal de diamantes e de madeira em suas terras.

Conforme o coordenador estadual dos povos indígenas, Helington Gavião, a reunião é preparatória, a exemplo das que antecederam a Conferência Estadual Indígena, em 2015. Outras reuniões estão previstas para o mês de abril.

No entendimento dos povos indígenas, a falta de uma lei regulamentadora impede o estudo do subsolo das terras onde vivem os Cintas-Largas. Se uma lei fosse votada e aprovada, a exploração seria realizada preferencialmente pelos próprios índios e a participação de terceiros estaria submetida a processo licitatório.

"Sabemos que a ilegalidade tende a prosseguir, e por isso, depois dessa reunião, vamos provocar um seminário para não deixar a situação da madeira passar longe da proposta da exploração dos diamantes do Roosevelt", disse Helington Gavião.

O ato deve contar com a presença de representantes da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Fundação do Índio (Funai) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Fonte: g1

Uma carreta com cigarros contrabandeados foi apreendida na manhã desta sexta-feira (18), emFernandópolis (SP). De acordo com as informações da Polícia Rodoviária, a carreta bitrem foi parada pelos policiais próximo a base na rodovia Euclides da Cunha, em um patrulhamento de rotina.

Ainda segundo a polícia, durante a vistoria, eles encontraram 500 mil maços de cigarros vindos do Paraguai, sem nota fiscal. O motorista, de 51 anos, foi preso em flagrante por contrabando.

De acordo com a polícia rodoviária, ele e a carga foram encaminhados para a base da Polícia Rodoviária Federal de São José do Rio Preto(SP).

Carga de cigarros contrabandeados será levada para PRF, em Rio Preto (Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária)

Fonte: g1

Nesta manhã, 18 de março, está sendo realizado o dia de campo Passarela da Soja e do Milho 2016, realizado pela Fundação BA em parceria com a Emprapa.

Na programação estão grandes palestrantes como Dr. Edson Hirose - Entomologista / Embrapa e Dr Lucílio Alves - Economista e Pesquisador da CEPEA/ESALQ/USP.

Onde abordaram temas como Doenças e Pragas na Cultura de Soja e Cenário Econômico - Perspectivas e Custos de Produção de Milho.

Veja mais fotos: blogsantoantonio.com.br/?pag=galeria&id=19#ft

 

Fonte: Blog Santo Antonio

Temos trabalhado muito para proporcionar a população atividades esportivas de qualidade, seja por meio de programas, ações e torneios como este, diz Alecrim

Com a bola rolando, a Bunge venceu seu adversário pelo placar de 10 a 2

Atual bi-campeã da Copa Empresarial de Luís Eduardo Magalhães, a Bunge Alimentos goleou a equipe da Auto Molas Clara pelo placar de 10 a 2, na abertura da quarta edição do torneio, realizada na noite da última terça-feira, 15, no Ginásio Dioclécio Severino Ramos. 

A IV Copa Empresarial é promovida pela Secretaria de Esporte Lazer e tem por objetivo fomentar a prática esportiva no município, promovendo a integração social, o exercício da cidadania e a descoberta de novos talentos. 

Para o vice-prefeito e secretário de Esporte e Lazer, Marcos Alecrim iniciar o torneio no mês de aniversário da cidade reafirma o compromisso do Poder Público com o esporte na cidade. “Temos trabalhado muito para proporcionar a população atividades esportivas de qualidade, seja por meio de programas, ações e torneios como este”, disse, lembrando o Campeonato Municipal de Base iniciado no dia 13, e o II Torneio 24h de Futsal que acontecerá nos dias 26 e 27 de março. O secretário de Infraestrutura de Luís Eduardo Magalhães, Fábio Lauck também prestigiou a abertura da competição. 

Na próxima terça-feira, 22, três jogos dão sequência a competição: Icofort e Terra Agrícola, as 19h30; Comperaço e Noventa Empreendimentos, as 20h30 e Golden Cargo e Mercado Ideal as 21h30. O grupo A é composto pelas equipes da Icofort, Terra Agricola, Grupo Imagil e Hortifruti. O grupo B pelas equipes da Golden Cargo, Mercado Ideal, Bunge Alimentos e Auto Molas Clara. O grupo C é formado pelas equipes Comperaço, Noventa Empreendimentos, Oeste Segurança e Lebiscuit. Já o grupo C conta com as equipes da Bravo, Case Maxum e Mecânica Faedo.

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), promoveu na última quarta-feira (9), uma reunião comunitária junto aos moradores do povoado Ponte de Terra, em São Desidério, no oeste da Bahia, que passarão a ser beneficiados com água tratada e canalizada. Na oportunidade, cerca de 50 pessoas compareceram ao encontro e puderam saber mais sobre a qualidade da água, uso racional do recurso, além de tirar dúvidas relacionadas à conta de água.

Atento à explanação, o morador José Carlos Souza Santos, 47, disse que este momento é importante para obter informações sobre o serviço prestado. “Tirei dúvidas principalmente com relação à tarifa de água e documentação necessária para ter uma ligação”, afirma ele, que passará as informações para aqueles que não puderam comparecer ao encontro.

Com previsão de início da operação ainda em março, a EMBASA passará a fornecer água tratada para 41 novas famílias. A extensão de rede distribuidora foi executada a partir de uma parceria entre a Embasa e prefeitura. Moradora de Ponte da Terra há 46 anos, Sidelcina da Silva Batista, 61, está ansiosa com a vinda da água tratada. “Atualmente, precisamos comprar água toda semana porque não tem condições de usar água do poço artesiano para beber”, reclama.

A Embasa também promoveu na quarta-feira (9) uma reunião com os moradores do povoado do Angico, em São Desidério. Foi reforçada a importância do monitoramento do consumo pelos moradores e  recomendação para instalação de reservatório elevado. Ao final das reuniões com as comunidades, foram distribuídas cartilhas educativas sobre o tratamento da água e o consumo racional.

Fonte: Ascom Embasa

A UFOB publicou, na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira (17), o resultado do julgamento das propostas de preços da Concorrência Pública para construção do Restaurante Universitário e Centro de Convivência do Campus de Barreiras. A vencedora foi a CSG Engenharia Ltda, com a proposta de R$10.294.027,50 (veja lista completa das classificadas abaixo).

Agora, as empresas participantes da licitação têm até o dia 23 de março para interpor recurso. Caso isso não aconteça, o processo será encaminhado para a homologação. Após esta etapa, a vencedora será convocada para assinar o contrato. Feito isso, será expedida a ordem de serviço determinando o prazo de até 30 dias para o começo das obras. 

RU e Centro de Convivência

Com uma área de 4.795 m2, o novo prédio ficará localizado ao lado da Biblioteca Central, contará com cozinha industrial, refeitório, espaço de convivência, amplo estacionamento. 

O Restaurante Universitário (RU) e Centro de Convivência da UFOB será um moderno e confortável ambiente de alimentação, recreação e serviços para estudantes, professores e técnico-administrativos. A cozinha industrial terá câmaras de refrigeração para congelamento e conservação dos gêneros alimentícios, sistemas de água quente, cocção a gás, exaustão, lavagem automatizada de pratos e talheres, energia solar e área para embarque e desembarque de cargas.

Fonte: ASCOM UFOB

O Centro Cultural de Luís Eduardo Magalhães está sediando desde a última segunda-feira, 14, as Oficinas de Leitura, Filosofia e Teatro, realizadas pela UFOB em conjunto com a Secretaria de Cultura e Turismo. A oficina continua até o próximo domingo com turma de 30 participantes. O Projeto tem como objetivo geral promover a dinamização cultural na região do campus onde elas são realizadas, através da oferta de uma formação teatral inicial, para aperfeiçoamento da capacidade de comunicação, com foco também em leitura e análise de textos.

Em Luís Eduardo Magalhães, as temáticas da Oficina incluem assuntos pertinentes à literatura contemporânea e também referências à filosofia e à história da ciência. A dinâmica de leitura articula-se com a realização de jogos teatrais, precedidos de exercícios corporais e vocais e de improvisações. 

Os exercícios serão alternados com exposições e explicações sobre os fundamentos teóricos da ação cênica, no que se refere à composição de personagens, interpretação, caracterização e técnicas do espetáculo.

As aulas de teatro acontecem no Centro Cultural, no horário das 19 às 22 horas.  As sessões de leitura, voltadas também para a encenação, durante o dia, em horários variados, combinados com os participantes. O estudo de textos permitirá ao participante estabelecer relações entre eles e a realidade circundante, numa leitura crítica da mesma.

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM

Manifestantes fecharam trecho do km 687 da BR-163, perto da entrada do município de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (17). O protesto começou por volta das 7h e é contra o governo federal. Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MT), o tráfego está sendo liberado somente para emergências.

A manifestação teve a adesão de caminhoneiros e produtores rurais da região. O protesto provocou filas e veículos na pista, fechada nos dois sentidos com o uso de pneus.

Conforme a PRF-MT, esse é o único trecho de rodovia federal interditado por manifestantes.

Fonte: PRF-MT

O Terra da Gente traz uma reportagem sobre o perigo que animais como onças, bichos-preguiça, tamanduás e lobos-guará enfrentam ao atravessar as rodovias. Dados do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologias de Estradas mostram que cerca de 5 milhões de animais são atropelados por ano no Brasil.

O lobo-guará Wolverine, apelido associado aos implantes metálicos colocados durante a cirurgia, foi atropelado há dois anos e hoje está abrigado no Zoológico de Paulínia. Apesar do procedimento, Wolverine ainda não pode voltar à natureza, pois os ossos ainda estão danificados.

Um pouco mais de sorte teve a onça-parda Guru, atropelada às margens da estrada que liga Jaguariúna à cidade de Pedreira, no interior de São Paulo. A perna, que sofreu uma fratura séria, foi recuperada graças a uma cirurgia que possibilitou ao animal voltar à liberdade.

A soltura é monitorada via satélite pela ONG Corredor das Onças. Por meio do colar de monitoramento, a equipe consegue medir o percurso que Capivari, outra onça solta na mesma região que Guru, já percorreu. Saudável e forte, Capivari deu a volta pela metrópole de São Paulo e agora explora as florestas da Serra do Mar.

Para que acidentes como os de Wolverine, Guru e Capivari não se repitam, o ideal seria que as estradas tivessem locais apropriados para passagem, defende Márcia Gonçalves, bióloga do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Fonte: g1

O aparelho ATR 72-600 do voo Passaredo, que partiu às 17h38m de Barreiras para Brasília, teve um sério incidente. Uma das turbinas super aqueceu e pegou fogo faltando meia hora para chegar ao seu destino. Ainda não se tem informações precisas, mas o piloto deve ter cortado o combustível do motor e pousado no modo monomotor, já que todo aparelho é homologado para isso.

Em 27/11/2015 um incidente semelhante fez com que a Companhia Aérea emitisse uma nota:
A Passaredo Linhas Aéreas informa que na manhã de sexta-feira, dia 27 de novembro, o voo 2267 proveniente da cidade de Ribeirão Preto – SP, com destino para São Paulo (GRU) apresentou uma ocorrência técnica. Seguindo os procedimentos de segurança da companhia, o comandante optou por retornar ao Aeroporto Leite Lopes.  Os 44 passageiros foram acomodados em outros voos da empresa.


Em 26/08/2010, um jato ERJ 145 – Embraer da Passaredo não conseguiu abrir o trem de pouso e aterrissou “de barriga” no aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, em Vitória da Conquista (BA).Uma das turbinas pegou fogo após o jato deslizar na pista e parar no gramado. A aeronave estava com 27 pessoas, incluindo a tripulação, e partiu de Guarulhos (SP).

O aparelho ATR 72-600 do voo Passaredo, que partiu às 17h38m de Barreiras para Brasília, teve um sério incidente. Uma das turbinas super aqueceu e pegou fogo faltando meia hora para chegar ao seu destino. Ainda não se tem informações precisas, mas o piloto deve ter cortado o combustível do motor e pousado no modo monomotor, já que todo aparelho é homologado para isso.

Em 27/11/2015 um incidente semelhante fez com que a Companhia Aérea emitisse uma nota:

A Passaredo Linhas Aéreas informa que na manhã de sexta-feira, dia 27 de novembro, o voo 2267 proveniente da cidade de Ribeirão Preto – SP, com destino para São Paulo (GRU) apresentou uma ocorrência técnica. Seguindo os procedimentos de segurança da companhia, o comandante optou por retornar ao Aeroporto Leite Lopes.  Os 44 passageiros foram acomodados em outros voos da empresa.

Em 26/08/2010, um jato ERJ 145 – Embraer da Passaredo não conseguiu abrir o trem de pouso e aterrissou “de barriga” no aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, em Vitória da Conquista (BA).Uma das turbinas pegou fogo após o jato deslizar na pista e parar no gramado. A aeronave estava com 27 pessoas, incluindo a tripulação, e partiu de Guarulhos (SP).

Fonte: SigiVilares

Fonte: YouTube

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) continua avançando na cobertura de coleta de esgoto em Barreiras, no oeste da Bahia. Levantamento do mês de março aponta que 35% dos imóveis da sede municipal já contam com a coleta e tratamento adequado dos esgotos domésticos. A população beneficiada está localizada em 22 bairros (veja lista abaixo) onde a rede coletora está disponível para a interligação dos moradores. 

É o caso do bairro São Miguel, onde moram o casal de comerciantes Marcilei Avelino de Souza e Maria da Conceição Souza. Eles já sentem a diferença no aspecto visual da rua depois que os moradores do bairro passaram a utilizar a rede coletora. “Antes colocávamos um cano de pvc para tirar o esgoto da frente da nossa casa onde também funciona o nosso comércio de roupas. E olha só como está hoje, está tudo seco”, relata o casal sobre os benefícios da obra de esgoto para o seu negócio.

Além do bairro São Miguel, próximo à Câmara de Vereadores de Barreiras, o aumento da cobertura da rede de esgoto beneficia, desde outubro do ano passado, os bairros Bandeirantes, JK, Novo Horizonte, São Miguel, Serra do Mimo. A instalação da rede nessa área é decorrente do investimento total na ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Barreiras de R$ 109 milhões, sendo R$ 78 milhões recursos na modalidade de empréstimo pelo FGTS/Caixa Econômica Federal e R$ 31 milhões com recursos da própria Embasa. 

A obra de esgoto, já finalizada, assentou 391 quilômetros de rede coletora e ramais prediais e construiu uma moderna estação de tratamento, com capacidade para processar uma vazão média de 266 litros por segundo, e cinco estações elevatórias, estruturas compostas por bombas responsáveis por enviar o esgoto ao tratamento.  

Toda esta infraestrutura se reverteu, até o momento, em benefício para os moradores de 14 novas áreas, a exemplo também das regiões do Centro Comercial, Jardim Ouro Branco, Vila Rica, Vila Amorim, Vila dos Funcionários e Sandra Regina, que passaram a ter acesso a esgotamento sanitário. Com o avanço gradativo dos testes na rede instalada, a previsão é que a cobertura atinja 65% dos imóveis da sede municipal beneficiando cerca de 90 mil pessoas. 

Cobertura / Bairros onde a rede de esgoto está em operação e os moradores podem ligar os seus imóveis: 29 de Julho, Arboreto I e II, Bandeirante, Barreiras I, Bela Vista, Cascalheira, Centro (Histórico e Comercial), Jardim Ouro Branco, Flamengo, Novo Horizonte, Ribeirão, São Pedro, Sandra Regina, São Francisco, São Sebastião, Santo Antônio, Serra do Mimo, Vila Brasil, Vila Dulce, Vila Rica, Vila dos Funcionários e Vila Amorim.

Fonte: Ascom Embasa

O prefeito Humberto Santa Cruz recebeu em seu gabinete, na tarde desta terça-feira, 15, o diretor da Sociedade Rural Brasileira (SRB), João Francisco Adrien Fernandes e o consultor socioambiental da ONG Conservação Internacional, Marcel Viergever. A SRB está percorrendo as principais regiões do MATOPIBA para a formulação de um projeto de promoção do agronegócio praticado na região. O secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Luís Eduardo Magalhães, Sérgio Pitt, também participou do encontro.

O projeto que está em fase de desenvolvimento conta com apoio da Global Environment Facilicity (GEF). “O conceito do projeto já foi aprovado. Estamos, nesse momento, visitando as principais cidades do MATOPIBA, no Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, justamente para entender as particularidades de cada região. A previsão é que o projeto seja concluído até junho”, conta João Fernandes, diretor da SRB, destacando que o objetivo do projeto, quando pronto, é reconhecer o agronegócio praticado na região como o mais sustentável do país. 

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM

Na noite desta terça-feira, 15, aconteceu mais uma reunião com os moradores dos bairros Jardim das Acácias, Jardim Ipê e Vereda Tropical promovida pelo Instituto Lina Galvani.

O encontro aconteceu na escola Cásar Pelissari.

Entre os dias 23 e 25 de fevereiro o Instituto realizou a primeira etapa do Diagnóstico Participativo. Ontem, 15, foi apresentado o diagnóstico feito nos primeiros encontros, e discutidos os próximos passos.

Sergio Kuroda, responsável pelos projetos de desenvolvimento comunitário nas localidades em que a empresa Galvani está presente será o entrevistado desta quarta-feira, 16, do programa Direto Ao Assunto, as 12hs, na Rádio Moderna FM. O programa é apresentado por Douglas Batista e conta com as reportagens de Eraldo Fernandez.

Fonte: Douglas Batista

Fonte: Grupo Santo Antonio
16
Mar / 2016

Realize seus Sonhos

Fonte: YouTube

O terceiro domingo do Projeto Ação na Praça levou atividade física e lazer para a Praça Elenir da Silva Vargas, no bairro Jardim das Acácias. A ação contou com apresentações de skate e patins de esportistas locais e aulas de zumba e street dance para os moradores. As crianças e adolescentes se divertiram praticando slackline e bambolê, além de poderem experimentar a sensação de andar pela primeira vez de skate. Todas as atividades foram monitoradas por instrutores do projeto. 

A ideia do Projeto Ação na Praça é percorrer as principais praças da cidade até o dia 30 de março, data em que se comemora o 16º aniversário de emancipação política de Luís Eduardo Magalhães. No próximo domingo, 20, é a vez da Praça Albano Pedro Lauck, no bairro Jardim Paraíso receber o projeto a partir das 16h.

Para a secretária de Trabalho e Assistência Social, Maira de Andrada Santa Cruz, o projeto idealizado pelo professor Henderson Aires é um sucesso. “Vocês não tem ideia de como eu fico feliz em ver essa praça cheia e perceber tanta gente preocupada com a saúde, afinal esporte é vida”, comentou. 

Também prestigiaram o evento, representando o secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Marcos Alecrim, o Diretor de Esportes, Mauro Gonçalves e o Coordenador da Juventude, Anderson Barbosa.

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM

O 1º Fórum de Empreendedorismo de Luís Eduardo Magalhães (FEL), promovido pela Agência Immagine e pela comissão interina da Associação dos Jovens Empreendedores de LEM (AJE LEM), aconteceu nos dias 11 e 12 de março no Hotel Solar, com a presença de empresários, autoridades e cerca de 200 pessoas. Na abertura oficial, Dávila Kess e Mônica Zanotto, realizadoras do evento, afirmaram que a proposta deste evento é motivar os empreendedores e oferecer qualificação para que possam driblar os efeitos de um cenário pessimista, como o atual, e prosperar nos negócios. O secretário da agricultura, Carlos Koch, representando o prefeito, ressaltou a importância do FEL para fortalecer e incentivar os empreendedores locais.

Com tema central “Estratégias para ter sucesso na crise”, a psicóloga e coach Milena Lima abriu o ciclo de palestras na sexta-feira falando sobre “Gestão do tempo e de produtividade: Como fazer acontecer em 2016”. Segundo ela, um dos grandes problemas da vida profissional e pessoal dos empreendedores é a procrastinação. “Procrastinar é adiar uma ação. A pessoa que procrastina demais vive sob estresse, com sensação de culpa e perda de produtividade. A procrastinação torna-se um problema quando começa a atrapalhar o andamento normal das ações”. Para administrar melhor o tempo, a palestrante orientou os participantes a entender suas prioridades através da tríade do tempo, que identifica os principais problemas na gestão do tempo e traz uma nova metodologia de fácil aplicação por qualquer pessoa.

A segunda palestrante da noite de sexta foi a Mestre em Negociação e CEO do Instituto Deândhela, Tathiane Deândhela, que ministrou a palestra inspiradora “Como crescer em períodos de crise”. Com exemplos reais, Deândhela apresentou um novo modelo mental para atrair oportunidades e inovar em tempos de crise. “O nosso bem mais valioso é o tempo. Não podemos mudar o passado, nem trabalhar o futuro. Nós podemos somente realizar o presente”. Para ela, é preciso que o profissional tenha sempre sonhos e metas em mente para que possa estar em movimento, buscando atingir seus objetivos. “A Tathiane conseguiu despertar uma parte de mim que estava adormecida. Me inspirou, motivou e trouxe conhecimento para que eu voe mais alto com a minha empresa”, confirmou a empreendedora Mabel Domingues.

Ainda na sexta, o FEL também foi palco do lançamento da Associação dos Jovens Empreendedores de Luís Eduardo Magalhães (AJE LEM), através de uma mesa redonda de discussão que contou com o presidente da AJE LEM, Arthur Granich, o presidente da AJE BAHIA, João Pedro Bahiana, o ex-presidente da AJE BAHIA, Thiago Andrade, o coordenador regional do Sebrae Barreiras e presidente de honra da AJEB, Emerson Cardoso, e Tathiane Deândhela, que também é diretora de novos negócios da AJE GOIÂNIA. Além de apresentarem suas associações e projetos, todos afirmaram a grande importância do trabalho da associação para apoio e incentivo do empreendedor neste momento de crise. Ao final da discussão, João Pedro Bahiana e Arthur Granich protagonizaram o momento simbólico de oficialização da AJE LEM, que será um núcleo da AJE BAHIA.



No sábado, a jornalista e Mestre em Comunicação Alyssa Hopp ministrou um intensivo workshop com o tema “Encante seu cliente”. Com muitas dinâmicas, o workshop trouxe ferramentas valiosas para que os profissionais fidelizem seus clientes. Segundo Alyssa, o atendimento de excelência vai muito além do que estamos acostumados. Para atender bem, é preciso, principalmente, entender a si mesmo, seus processos mentais e as do seu cliente. “É essencial que o profissional entenda que o autoconhecimento e os processos mentais influenciam a excelência no atendimento ao cliente”, afirmou Hopp.

O encerramento desta primeira edição aconteceu após a última mesa redonda do fórum, que contou com a presença dos empresários Ana Amélia Junqueira Lopes (Gacea/Unopar), Claiton Vignatti Dani (Conduz), Cristiane Hendges Tosta (SPA Carpe Diem), Gilmar Soares (Mundo Verde), Luis Felipe Leão (Hotel Solar) e Rute Granich (Suíça), que mostraram que empreender é algo que requer transpiração e inspiração e que parcerias podem ajudar nesse momento de crise. 

O saldo do evento foi extremamente positivo. “Parabenizo todos os organizadores deste evento. Foi realmente enriquecedor! Todos que foram à frente partilharam tesouros inestimáveis de conhecimento e vida. Acredito que LEM começou a escrever uma nova página depois deste primeiro Fórum de Empreendedorismo”, confirmou a empresária Telma Gomes. “Também parabenizo toda a organização. O evento foi fantástico, assim como a escolha dos palestrantes e profissionais que participaram das mesas redondas”, parabenizou a arquiteta e empresária Claudia Leão

Fonte: Agência Immagine

Treze equipes começam nesta terça-feira, 15, a disputa da IV Copa Empresarial de Luís Eduardo Magalhães, no Ginásio Dioclécio Severino Ramos, a partir das 19h30. O torneio será disputado por 13 equipes divididas em quatro grupos: três com quatro equipes e uma com três equipes. No jogo inauguram a atual campeã, Bunge Alimentos enfrenta a equipe da Auto Molas Clara a partir das 20h30.

O torneio promovido pela Secretaria de Esporte Lazer tem por objetivo fomentar a prática esportiva no município, promovendo a integração social, o exercício da cidadania e a descoberta de novos talentos.

Para o vice-prefeito e secretário de Esporte e Lazer, Marcos Alecrim iniciar o torneio no mês de aniversário da cidade reafirma o compromisso do Poder Público com o esporte na cidade. “Temos trabalhado muito para proporcionar a população atividades esportivas de qualidade, seja por meio de programas, ações e torneios como este”, disse.

O grupo A é composto pelas equipes da Icofort, Terra Agricola, Grupo Imagil e Hortifruti. O grupo B pelas equipes da Golden Cargo, Mercado Ideal, Bunge Alimentos e Auto Molas Clara. O grupo C é formado pelas equipes Comperaço, Noventa Empreendimentos, Oeste Segurança e Lebiscuit. Já o grupo C conta com as equipes da Bravo, Case Maxum e Mecânica Faedo. 

Fonte: ASCOM, Prefeitura de LEM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |