Blog Santo Antônio
Notícias

Ministros das áreas de segurança pública da América do Sul terão o primeiro encontro para debater o combate ao crime transnacional no continente, em Brasília, na próxima semana, nos dias 23 e 24 de junho.

O objetivo é discutir o controle do crime organizado nas fronteiras e indicadores do Brasil. O ministro da Justiça, Anderson Torres, vai apresentar e propor a ampliação da operação Nova Aliança, que faz parte de uma cooperação regional com o Paraguai e que registrou recorde de apreensão de maconha em 2021, com 5,4 mil toneladas da destruídas.

O equivale a retirar US$ 162 milhões do crime organizado. Isso representaria 80% de toda a maconha apreendida no mundo, segundo relatório da UNODC, o escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime.

De acordo com Torres, a intenção é aumentar essa cooperação, incluindo outros países. Estarão no Brasil para o encontro os representantes da área de nove países.

Fonte: Política Livre

No início da noite de ontem, domingo, 19, por volta das 18h, uma colisão frontal entre um veículo VW Gol e uma moto Honda CG, deixou uma vítima morta na BR 135, nas proximidades do Vento Leste, no município de Barreiras.

O trecho que fica saída pra São Desidério e uma equipe do SAMU esteve no local, mas só pode atestar o óbito do motociclista que ainda não foi identificado, já o condutor do veículo VW Gol, não foi encontrado no local.

A Polícia Rodoviária Federal registrou o acidente, sinalizou a rodovia.

O delegado Francisco Carlos de Sá e o Departamento de Polícia Técnica estiveram no local e após perícia, o corpo foi removido para o IML de Barreiras para necropsia.

Fonte: Sigi Vilares

Fonte: Grupo Santo Antonio
 

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Petrobras anuncia nesta sexta-feira, 17, o aumento do preço médio da venda da gasolina em 5,18% e do diesel em 14,26% para as distribuidoras. Os reajustes serão aplicados a partir de amanhã, 18. 

O valor da gasolina passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro. Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,81, em média, para R$ 2,96 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,15 por litro.

Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro. Considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,42, em média, para R$ 5,05 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,63 por litro.

Fonte: Terra
Pagamento do Auxílio Gás também se inicia hoje

A Caixa começa a pagar hoje (17) a parcela de junho do Auxílio Brasil. Hoje recebem os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 1. O valor mínimo do benefício é de R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

O Auxílio Brasil é coordenado pelo Ministério da Cidadania, responsável por gerenciar os benefícios do programa e o envio dos recursos para pagamento.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, 3 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também é pago hoje às famílias cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 1. Com valor de R$ 53 em junho, o benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias, até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos, conforme valor calculado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) nos últimos seis meses. Pago a cada dois meses, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão para este ano.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga um emprego ou tenha um filho que se destaque em competições esportivas ou em competições científicas e acadêmicas.

Podem receber o benefício as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda per capita de até R$ 200, consideradas em condição de pobreza.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social e o detalhamento dos nove tipos diferentes de benefícios.

Fonte: Agência Brasil

Treze carretas que transportavam grãos de soja sem nota fiscal foram apreendidas em uma operação da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). Ao todo, os veículos levavam cerca de 650 toneladas do produto, avaliadas em R$ 1,2 milhão. Não foi informado se houve prisões de motoristas ou produtores. O município onde ocorreram as ações também não foi divulgado.

Conforme a Sefaz, a Operação Veredas do Oeste monitora o escoamento da safra nos municípios produtores de grãos do Oeste e combate a sonegação fiscal, além da concorrência desleal entre as empresas que atuam na área. A meta também é cobrir os principais centros fornecedores de mercadorias e os corredores de abastecimento, com atenção especial nas cargas que saem pela BR-030 e pela BR-020, com destino a Goiás.

O gerente de Mercadorias em Trânsito da Sefaz-BA, Eraldo Bispo, explica que “a operação reflete a importância da região como maior produtora de grãos do estado, com grande desenvolvimento socioeconômico voltado para o agronegócio, com destaque para as culturas consolidadas como soja, algodão, milho, feijão e café”.

Fonte: Bahia Notícias
 

O Ministério da Saúde vai anunciar na próxima semana a ampliação da quarta dose da vacina contra a Covid (ou a segunda dose de reforço) a pessoas a partir de 40 anos de idade.

A medida foi discutida nesta quinta (16) em reunião do PNI (Programa Nacional de Imunizações), e uma nota técnica sobre a ampliação deve ser publicada a partir da próxima segunda (20).

A segunda dose de reforço tinha sido liberada para a população acima dos 50 anos no último dia 4. Assim como ocorreu nas outras faixas etárias, a quarta dose só pode ser aplicada no mínimo quatro meses após a terceira.

Alguns locais, como o Distrito Federal, Teresina e Belém, já começaram a aplicação da quarta dose antes mesmo da recomendação do ministério. Os estados e municípios não são obrigados a seguir as recomendações do governo federal e podem elaborar regras próprias para o combate à pandemia, como reforçou o STF (Supremo Tribunal Federal) em decisão de 2020.

Na avaliação de Renato Kfouri, diretor da SBIn (Sociedade Brasileira de Imunizações) e que compõe a câmara técnica que assessora o PNI, a ampliação para a faixa dos 40 anos é uma tendência.

"Tem mais comorbidades nessa faixa etária. É melhor do que ficar mandando liberar para os diabéticos, para os cardiopatas, então já libera para todo mundo acima dos 40 anos. É um momento que tem vacina. [A imunização] Vai ser com [a vacina da] Astrazeneca em especial, mas ainda tem Janssen e um pouco de Pfizer. Vamos ver se a gente acelera a cobertura vacinal."

Para ele, ainda que os benefícios da quarta dose aos adultos jovens não sejam tão claros, há dados mostrando que atual proteção vacinal se sustenta por pouco tempo. "Como o país enfrenta uma nova onda de casos, vale a pena. Não é [uma medida] equivocada não."

A epidemiologista Ethel Maciel, professora da Universidade Federal do Espírito Santo, também defende a medida. "Com o aumento dos subtipos da ômicron BA.4 e BA.5 e com essa diminuição de tempo para reinfecção que a variante provoca, é uma medida muito interessante, até porque estamos com vacina em estoque", diz ela.

"Temos vacina para vencer, então é melhor vacina no braço. Infelizmente não temos campanha por parte do governo federal. É importante a proteção para esse grupo também."

Conforme revelou o jornal Folha de S.Paulo, o Ministério da Saúde pode perder até o fim de agosto quase 28 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 compradas a R$ 1,23 bilhão caso os imunizantes não sejam aplicados até lá.

Os lotes se acumulam no momento em que a cobertura está estagnada e o governo Jair Bolsonaro (PL) trata com desdém a perda de fôlego da campanha de vacinação.

São ao menos 26 milhões de unidades da Astrazeneca e 1,92 milhão de doses da Pfizer que perdem a validade nos próximos dois meses (11,72 milhões e 16,35 milhões vencem, respectivamente, em julho e agosto). 

O infectologista Julio Croda, pesquisador da Fiocruz, vê a ampliação da quarta dose para os acima de 40 anos com ressalvas. Segundo ele, após a terceira dose, os dados mostram que há evidências de ganho de resposta imune importante em comparação à segunda dose. Mas o mesmo não ocorre em relação à quarta dose.

"Essa população de adultos jovens, até 50 anos, tem menor risco de hospitalização e de óbito. Com três doses de vacina, já tem uma excelente proteção."

Ainda que exista uma discussão importante sobre a queda da proteção vacinal ao longo do tempo, especialmente entre os idosos, ainda não há uma resposta definitiva qual seria o melhor momento para vacinar esse público de adultos jovens.

"Existem dúvidas do ponto de vista científico se é importante reduzir a faixa etária para 40 anos porque o ganho pode se bem pequeno em relação à hospitalização e óbito."

Ao mesmo tempo, Croda lembra que as coberturas vacinais de terceira dose estão extremamente baixas entre os adultos jovens, em torno de 50%. "Precisamos melhorar essa cobertura de terceira dose. É isso que vai gerar proteção para hospitalização e óbito. Toda população acima de 12 anos tem que tomar três doses de vacina", diz.

Ele afirma que a quarta dose é extremamente relevante para os idosos acima de 60 anos, porém, as coberturas também não estão adequadas.

"Não podemos desviar o foco. Os Estados Unidos fizeram isso. Começaram a recomendar várias doses de reforço e tem um público com baixas coberturas de terceira dose. Isso é bem complicado. Não podemos passar a mensagem de ‘quem quiser vacinar, se vacine com quantas doses quiser’. Para evitar colapso, é importante ter elevadas coberturas."

O Brasil enfrenta, atualmente, um quadro de elevação no número de casos e de mortes associadas à Covid. O índice de óbitos ainda é baixo se comparado aos períodos críticos da pandemia, mas a média móvel de mortes está em alta há uma semana.

Dados do consórcio de veículos de imprensa desta quarta (15) mostram que 167.151.998 brasileiros (77,81% da população total) estão totalmente imunizados ao tomar a segunda dose ou a dose única de vacinas. A dose de reforço, no entanto, foi aplicada em apenas 45,35% da população (97.427.596 pessoas).

Segundo Croda, o sistema de saúde sabe quem tomou e quem não tomou duas ou, eventualmente, três doses da vacina e deveria criar estratégias para ir atrás de quem ainda não está imunizado. "Tem endereço, tem telefone. É função dos municípios trabalharem essa busca ativa. E dos governos federal e estadual fazerem campanhas."

A epidemiologista Ethel Maciel também reforça a importância de se avançar na busca de vacinas modeladas para a variante ômicron, que garantam um tempo de proteção maior. "As empresas já anunciaram que estão fazendo, mas ainda não temos."

Fonte: Bahia Notícias

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Com uma importante produção na área da agricultura e piscicultura, a Comunidade Barreiras Sul, desde 2018, tem recebido importantes intervenções da Prefeitura, seja na educação, com a requalificação da unidade escolar e a construção de uma quadra poliesportiva, e na infraestrutura, com a pavimentação em bloquetes de todas as ruas da comunidade, por meio do Projeto Barreiras Mais Bonita e Mais Humana. Agora, a comunidade comemora a chegada da pavimentação asfáltica da estrada que faz ligação com a BR 135, dentro do Projeto Barreiras 100% Pavimentada.

Nesse primeiro momento, a Prefeitura segue executando a preparação do solo com encascalhamento, terraplanagem, sub-base e base, para posterior pavimentação asfáltica do trecho. Conforme o secretário de infraestrutura, essa fase é fundamental para a execução das demais etapas da obra.

Fonte: DIRCOM/PMB

Realizado pela Prefeitura de Barreiras, o maior São João da Bahia começa na próxima quarta-feira (22), no Parque Engenheiro Geraldo Rocha. Uma megaestrutura está sendo montada para os cinco dias do Arraiá do Parque 2022, e para garantir tranquilidade às famílias barreirenses e de todo Brasil, a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Trânsito realizou nesta terça-feira (14), uma reunião com todas as equipes de segurança que trabalham no município.

Na reunião que contou com a participação do secretário Junior Sampaio, do comandante da Guarda Civil Municipal, João Oliveira e representantes do Comando de Policiamento da Região Oeste (CPRO), das Companhias Independentes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Juizado de Menor e Cootrans, foram discutidas as estratégias que serão adotadas durante as festividades que terão início às 21h.

Esse ano, a festa de São João vai contar com um efetivo de 250 Policiais Militares, 80 Bombeiros Militares, 20 Conselheiros Tutelares, 40 integrantes do Juizado de Menores, 625 Seguranças Particulares, 250 Guardas Civis Municipais e 60 Agentes de Trânsito. De acordo com o secretário, serão colocados alguns suportes de elevados para os profissionais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais. O trânsito nas imediações da festa também terá alterações.

“Ficamos dois anos sem realizar essa festa que homenageia o nosso padroeiro, São João Batista, devido à pandemia da Covid-19, assim, para esse retorno a Prefeitura de Barreiras segue concluindo toda montagem da estrutura e o planejamento da segurança do local para os cinco dias do Arraiá do Parque, tudo isso para garantir, como nos anos anteriores, a segurança dos nossos munícipes e turistas. Estamos elaborando uma festa segura e divertida para todos”, destacou Junior Sampaio.

Fonte: Dircom PMB

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Paulo Victor Zavarize, recomendou a elaboração e execução de um plano especial para o combate da exploração sexual, do trabalho infantil e da situação de rua de crianças e adolescentes durante o período da Romaria de Bom Jesus da Lapa. Dirigidas ao Conselho Tutelar, à Secretaria Municipal de Assistência Social, ao Conselho Municipal de Direitos das Crianças e Adolescentes, à Secretaria Municipal de Tributos e aos proprietários, gerentes e responsáveis por hotéis, motéis, pensões e estabelecimentos semelhantes, as recomendações, expedidas no dia 13, orientam ainda que crianças e adolescentes, desacompanhadas de pais ou responsáveis, sejam impedidas de se hospedar na cidade.

Segundo as recomendações, o plano elaborado deve prever a intensificação da fiscalização dos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, visando coibir a utilização de mão de obra de crianças e adolescentes, durante o período que antecede a romaria, nos dias dos festejos, bem como nos seguintes a ela. O MP recomendou que os ambulantes só sejam inscritos para trabalhar no evento religioso, caso assinem compromisso de não usar mão de obra infantil ou adolescente. Nas recomendações, o promotor de Justiça Paulo Victor Zavarize levou em consideração “o grande fluxo de crianças e adolescentes que se hospedam na cidade no período da romaria”, bem como daquelas “em situação de rua, sob exploração sexual ou exercendo trabalho infantil”.

Fonte: Cecom/MP

Uma casa pegou fogo na tarde desta quinta-feira (16), em Ibotirama. A situação aconteceu na Avenida Antônio Carlos Magalhães.

Um vídeo do momento do incêndio mostra vizinhos utilizando baldes d’água para tentar controlar as chamas. Um carro-pipa da prefeitura também foi acionado.
O fogo foi controlado instantes depois, sem que ninguém ficasse ferido. Imagens feitas logo após o incidente mostram que o incêndio atingiu um quarto da residência e destruiu vários móveis que haviam dentro dele. Não há informações sobre o que provocou as chamas.

Fonte: Gazeta 5

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

Um dos mais tradicionais eventos do interior da Bahia, a Vaquejada de Serrinha não será realizada em 2022. A organização do evento divulgou comunicado, através das redes sociais, onde diz que diante o ambiente de incertezas decorrentes da pandemia dificultou a programação do evento, que, segundo a nota, "exige meses de dedicação".

Após dois anos sem a realizada do evento por contada da pandemia, a vaquejada estava prevista para ocorrer entre os dias 07 a 11 de setembro deste ano.

No entanto, a organização do evento, o Parque de Vaquejada Maria do Carmo, cita que o novo aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas, além de uma "expectativa negativa no que tange ao estado de saúde pública para os próximos meses" tornam o cenário ainda mais incerto.

O comunicado ainda destaca que a edição de 2023 da Vaquejada ocorrerá entre 06 a 10 de setembro.

A organização cita ainda que os clientes que possuem ingressos do evento programado para 2020 poderão solicitar a devolução do dinheiro.

Fonte: G1/Bahia

Realizado pela Prefeitura de Barreiras, o maior São João da Bahia começa na próxima quarta-feira (22), no Parque Engenheiro Geraldo Rocha. Uma megaestrutura está sendo montada para os cinco dias do Arraiá do Parque 2022, e para garantir tranquilidade às famílias barreirenses e de todo Brasil, a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Trânsito realizou nesta terça-feira (14), uma reunião com todas as equipes de segurança que trabalham no município.

Na reunião que contou com a participação do secretário Junior Sampaio, do comandante da Guarda Civil Municipal, João Oliveira e representantes do Comando de Policiamento da Região Oeste (CPRO), das Companhias Independentes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Juizado de Menor e Cootrans, foram discutidas as estratégias que serão adotadas durante as festividades que terão início às 21h.

Esse ano, a festa de São João vai contar com um efetivo de 250 Policiais Militares, 80 Bombeiros Militares, 20 Conselheiros Tutelares, 40 integrantes do Juizado de Menores, 625 Seguranças Particulares, 250 Guardas Civis Municipais e 60 Agentes de Trânsito. De acordo com o secretário, serão colocados alguns suportes de elevados para os profissionais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais. O trânsito nas imediações da festa também terá alterações.

Fonte: DIRCOM/PMB

Com o objetivo de promover capacitação profissional e assistência de qualidade na rede de atendimento, a Secretaria de Saúde por meio da coordenação do SAMU Barreiras, realizou nesta terça-feira (14), um treinamento sobre parada cardiorrespiratória – PCR em crianças. Participaram das explicações teóricas e práticas, os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, acadêmicos de medicina e condutores da unidade.

A atualização e simulação de situações vivenciadas no dia a dia no atendimento das ocorrências foram repassadas pela coordenadora da base Samara Barbosa, que participou com a coordenadora regional do SAMU, Milena Marques, do curso de atualização de Urgência Pediátrica promovido pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, em São Paulo.

“Em abril, participei do curso de especialização em urgência e emergência pediátrica no Albert Einstein, e todo conhecimento e metodologia será repassado gradativamente à nossa equipe. Hoje iniciamos com os protocolos de PCR, favorecendo a participação e interatividade, levantando sugestões para sempre proporcionar o melhor do nosso trabalho no atendimento às ocorrências”, disse a coordenadora Samara.

Fonte: DIRCOM/PMB

Terminou nesta quarta-feira (15), em Barreiras, uma instrução de adestramento para o combate a incêndios florestais conduzida pelo 17º GBM no 4º Batalhão de Engenharia de Construção (4º BEC). A capacitação começou na terça-feira (14) e teve como público-alvo militares do Pelotão de Segurança do 4º BEC.

Durante os dois dias, bombeiros especialistas no combate a incêndios florestais descreveram as principais medidas de prevenção, mostraram os principais agentes extintores, explicaram sobre os cuidados no manuseio de materiais inflamáveis e equipamentos elétricos, entre outros.

O treinamento reuniu teoria e prática, e os participantes puderam aprimorar técnicas de extinção do fogo já empregadas por eles, além de revisar conhecimentos no que diz respeito ao trabalho em incêndios florestais.

Um dos principais objetivos é minimizar, por meio da atuação, os incêndios que atingem o município no segundo semestre do ano, especialmente nas áreas militares pertencentes e próximas ao 4º BEC.

Fonte: 17º GBM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |