Blog Santo Antônio
Notícias

As exportações do agronegócio atingiram um ritmo muito forte em 2020. As receitas somaram o recorde de US$ 120,4 bilhões. Os cálculos são do jornal Folha de S.Paulo, com base nos dados disponibilizados pela Secex (Secretaria de Comércio Exterior), nesta quinta-feira (6). Com isso, o montante financeiro acumulado nos últimos dez anos com exportações do setor fica próximo do US$ 1 trilhão. É a terceira vez que as receitas com as exportações superam US$ 100 bilhões por ano.

Como comparação, as exportações gerais do país somaram US$ 280,4 bilhões no ano passado. Apesar dessa aceleração das exportações do setor, a soja, que havia assumido a liderança da balança comercial em 2014, perdeu o posto para minérios no ano passado. Em 2021, as exportações do complexo soja (que reúne grãos, farelo e óleo) somaram US$ 48,5 bilhões, um pouco abaixo dos US$ 48,7 bilhões dos minérios.

Com isso, a participação do agronegócio nas exportações totais do país voltou para 42,9%. Em 2020, com a disparada das receitas com soja e com carnes, e devido à desaceleração das exportações de minérios, a participação do agronegócio havia atingido 48%. As exportações com minérios haviam somado US$ 28,9 bilhões em 2020, conforme dados a Secex, valor bem distante do de 2021.

O desempenho externo do agronegócio ocorreu mais pelos bons preços no mercado internacional do que pelo volume exportado pelo Brasil. Em alguns casos, como o do milho, houve forte desaceleração nas vendas externas e aumento das importações, devido à quebra da safra nacional. No mês passado, a soja foi negociada a 33% acima do valor de dezembro de 2020 no mercado externo. Nesse mesmo período, o café subiu 64%, e o trigo, 47%. Entre as carnes, a de frango registrou a maior valorização no período, com aumento de 23%.

O carro-chefe do agronegócio continua sendo as exportações de soja, que atingiram o recorde de 86,5 milhões de toneladas no ano passado, com receitas, também recordes, de US$ 39,2 bilhões. Alguns produtos, no entanto, começam a se destacar na relação das exportações. As frutas, pela primeira vez, superaram o patamar de US$ 1 bilhão. No ano passado, as receitas com esses produtos somaram US$ 1,1 bilhão, com aumento de 19% em relação às de 2020.

O setor florestal, em razão das vendas de madeira e de celulose, teve uma evolução de 15%. Um dos destaques foi a exportação de madeira em bruto. Os dados da Secex indicam que as vendas externas desse tipo de madeira somaram 2,64 milhões de toneladas, com receitas de US$ 228 milhões. O volume cresceu 93%, em relação ao ano anterior, e a receita, 98%.

A balança comercial do agronegócio foi beneficiada também pelo cenário internacional difícil para o café. A menor oferta internacional do grão e os sérios problemas climáticos no Brasil, o principal fornecedor mundial do produto, provocaram aumentos explosivos nos preços. As receitas do ano passado atingiram US$ 6,3 bilhões, com evolução de 14%. Esse é um produto que não deverá ter alívio nos preços, uma vez que as geadas de 2021 devem afetar a produção de parte das lavouras deste ano.

Conforme os dados disponibilizados pela Secex nesta quinta-feira, o Brasil foi bastante favorecido nas exportações de 2021, devido à demanda externa e à alta dos preços. O país pagou caro, no entanto, nos insumos que teve de importar. A compra de fertilizantes, que somou 34,2 milhões de toneladas em 2020, subiu para 41,6 milhões no ano passado, com evolução de 22%. Já os gastos, que atingiram US$ 15,2 bilhões no período, avançaram 88%.

A expansão de área forçou o país a elevar também as compras de agroquímicos. O volume importado no ano passado dos principais produtos, como inseticidas, herbicidas e fungicidas, subiu para 397 mil toneladas, no valor de US$ 3,52 bilhões. A evolução dos gastos foi de 14% no ano.

Fonte: Mauro Zafalon / Folhapress

A Bahia já registra 54 mortos no estado por conta da influenza A, do tipo H3N2. Foram 42 mortes em Salvador, 3 em Feira, 2 em Canavieiras, 1 em Valença, 1 em Laje, 1 em Teixeira de Freitas, 1 em Cabaceiras do Paraguaçu, 1 em Urandi, 1 em Sapeaçu e 1 em Camaçari, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (7) pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

A Sesab informou ainda que o estado tem 11 casos de pacientes com flurona, quando a pessoa está infectada simultaneamente com covid-19 e influenza. Os casos de flurona foram em cinco cidades e foram confirmados após o fim das investigações epidemiológicas e análises do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).

De acordo com o balanço, de 1º de novembro de 2021 até hoje, foram registrados 1661 casos de influenza A, do tipo H3N2, em 128 cidades do estado. Desses, 348 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando internação.

Covid-19

Já em relação à covid-19, nos seis primeiros dias do ano foram registrados 3097 novos casos da doença, com 48 mortes. Só ontem, foram 1288 novos casos, o maior número desde 12 de agosto do ano passado, quando foram registrados 1362 casos em 24 horas. 

Comparando os seis primeiros dias de janeiro desse ano com período similar em dezembro do ano passado, o aumento é de 14,6%. Comparando com novembro, o acréscimo foi de 37,4%.

A secretária Tereza Paim lembra que é preciso manter os cuidados como uso da máscara e evitar aglomerações nesse momento. Destaca ainda a importância de se vacinar. “É preciso que a população leve a sério as recomendações. O momento é crítico e pode se agravar ainda mais caso não tenhamos os cuidados necessários”, afirma.

Fonte: Correio da Bahia

Policiais da Delegacia Territorial (DT) de Santa Maria da Vitória cumpriram, na quinta-feira (6), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 58 anos. Ele descumpriu uma medida protetiva de urgência obtida por sua ex-mulher.

De acordo com as investigações, a ex-companheira vinha sendo repetidamente ameaçada de morte pelo suspeito. A violência teria começado quando, após a separação, a mulher teria ido morar na casa de outra pessoa. Quando teve acesso às informações, a equipe da DT de Santa Maria da Vitória foi ao endereço do homem, no bairro Alto da Igrejinha. Ele não resistiu à prisão e foi encaminhado para esta Delegacia da Polícia Civil.

O suspeito está custodiado na 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santa Maria da Vitória) à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: Ascom PC

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.334 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,10%) e 699 recuperados
(+0,06%). O boletim epidemiológico desta sexta-feira (7) também registra 20 óbitos. Dos 1.275.289 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.244.344 já são considerados recuperados, 3.371 encontram-se ativos e 27.574 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.696.420 casos descartados e 270.212 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia, 52.850 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 10.826.443 pessoas vacinadas com a primeira dose, 260.829 com a dose única, 8.879.058 com a segunda dose e 1.541.680 com a dose de reforço. Em virtude do lançamento de dados incorretos pelos municípios de Barra do Mendes e Itacaré, o número de vacinados com 1ª dose e dose única teve uma pequena redução.

Fonte:Sesab

Fonte: Sesab

Com foco na imunização por completo contra a Covid-19 de toda população, equipes de vacinação da Secretaria de Saúde de Barreiras dedicaram essa sexta-feira (7), para a aplicação da segunda dose em adolescentes que tomaram a primeira dose da vacina Pfizer/Biontech e que estavam agendados para o dia 5 de janeiro.

Os adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentar no ato da vacinação, o cartão do SUS, de vacina, comprovante de residência e ainda os documentos pessoais. A vacinação segue até às 20h no Ginásio Poliesportivo Mateus Viana de Souza.

“Proteção pela metade não é proteção, nossas equipes estarão nesta sexta-feira e nesse próximo sábado, 8, aplicando a segunda dose para as pessoas agendadas concluir mais esse processo de imunização contra o novo coronavírus. Pedimos que se atentem aos dias do reforço, concluir as etapas de vacinação é fundamental”, pontuou o secretário de saúde, Melchisedec Neves.

A Secretaria Municipal de Saúde também continua com a aplicação da dose de reforço (terceira dose) em pessoas que tomaram a segunda dose das vacinas Coronavac/Butantan, Pfizer/Biontech e Oxford/Astrazeneca que já tenham quatro meses completos nas seguintes Unidades de Saúde: PSF IV e V – CAIC (São Sebastião); UBS Albert Sabin (Centro); PSF VII – Glaucia Aguiar (Morada da Lua); PSF IX – Antônio Lúcio Peixoto (Vila Rica); USF XXIII – Dr. Eduardo Medrado (Loteamento São Paulo) e PSF XXXI e XXXII – Dr. José Davi Bessa (Novo Horizonte).  A vacinação acontece das 08h às 11h até encerrarem as doses disponíveis.

Fonte: Dircom PMB

A Bahia já registra 54 mortos no estado por conta da influenza A, do tipo H3N2. Foram 42 mortes em Salvador, 3 em Feira, 2 em Canavieiras, 1 em Valença, 1 em Laje, 1 em Teixeira de Freitas, 1 em Cabaceiras do Paraguaçu, 1 em Urandi, 1 em Sapeaçu e 1 em Camaçari, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (7) pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

A Sesab informou ainda que o estado tem 11 casos de pacientes com flurona, quando a pessoa está infectada simultaneamente com covid-19 e influenza. Os casos de flurona foram em cinco cidades e foram confirmados após o fim das investigações epidemiológicas e análises do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).

De acordo com o balanço, de 1º de novembro de 2021 até hoje, foram registrados 1661 casos de influenza A, do tipo H3N2, em 128 cidades do estado. Desses, 348 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando internação.

Covid-19

Já em relação à covid-19, nos seis primeiros dias do ano foram registrados 3097 novos casos da doença, com 48 mortes. Só ontem, foram 1288 novos casos, o maior número desde 12 de agosto do ano passado, quando foram registrados 1362 casos em 24 horas. 

Comparando os seis primeiros dias de janeiro desse ano com período similar em dezembro do ano passado, o aumento é de 14,6%. Comparando com novembro, o acréscimo foi de 37,4%.

A secretária Tereza Paim lembra que é preciso manter os cuidados como uso da máscara e evitar aglomerações nesse momento. Destaca ainda a importância de se vacinar. “É preciso que a população leve a sério as recomendações. O momento é crítico e pode se agravar ainda mais caso não tenhamos os cuidados necessários”, afirma.

Fonte: Correio da Bahia

Policiais da Delegacia Territorial (DT) de Santa Maria da Vitória cumpriram, na quinta-feira (6), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 58 anos. Ele descumpriu uma medida protetiva de urgência obtida por sua ex-mulher.

De acordo com as investigações, a ex-companheira vinha sendo repetidamente ameaçada de morte pelo suspeito. A violência teria começado quando, após a separação, a mulher teria ido morar na casa de outra pessoa. Quando teve acesso às informações, a equipe da DT de Santa Maria da Vitória foi ao endereço do homem, no bairro Alto da Igrejinha. Ele não resistiu à prisão e foi encaminhado para esta Delegacia da Polícia Civil.

O suspeito está custodiado na 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santa Maria da Vitória) à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: Ascom PC

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.334 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,10%) e 699 recuperados
(+0,06%). O boletim epidemiológico desta sexta-feira (7) também registra 20 óbitos. Dos 1.275.289 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.244.344 já são considerados recuperados, 3.371 encontram-se ativos e 27.574 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.696.420 casos descartados e 270.212 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia, 52.850 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 10.826.443 pessoas vacinadas com a primeira dose, 260.829 com a dose única, 8.879.058 com a segunda dose e 1.541.680 com a dose de reforço. Em virtude do lançamento de dados incorretos pelos municípios de Barra do Mendes e Itacaré, o número de vacinados com 1ª dose e dose única teve uma pequena redução.

Fonte: Sesab

Com foco na imunização por completo contra a Covid-19 de toda população, equipes de vacinação da Secretaria de Saúde de Barreiras dedicaram essa sexta-feira (7), para a aplicação da segunda dose em adolescentes que tomaram a primeira dose da vacina Pfizer/Biontech e que estavam agendados para o dia 5 de janeiro.

Os adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentar no ato da vacinação, o cartão do SUS, de vacina, comprovante de residência e ainda os documentos pessoais. A vacinação segue até às 20h no Ginásio Poliesportivo Mateus Viana de Souza.

“Proteção pela metade não é proteção, nossas equipes estarão nesta sexta-feira e nesse próximo sábado, 8, aplicando a segunda dose para as pessoas agendadas concluir mais esse processo de imunização contra o novo coronavírus. Pedimos que se atentem aos dias do reforço, concluir as etapas de vacinação é fundamental”, pontuou o secretário de saúde, Melchisedec Neves.

A Secretaria Municipal de Saúde também continua com a aplicação da dose de reforço (terceira dose) em pessoas que tomaram a segunda dose das vacinas Coronavac/Butantan, Pfizer/Biontech e Oxford/Astrazeneca que já tenham quatro meses completos nas seguintes Unidades de Saúde: PSF IV e V – CAIC (São Sebastião); UBS Albert Sabin (Centro); PSF VII – Glaucia Aguiar (Morada da Lua); PSF IX – Antônio Lúcio Peixoto (Vila Rica); USF XXIII – Dr. Eduardo Medrado (Loteamento São Paulo) e PSF XXXI e XXXII – Dr. José Davi Bessa (Novo Horizonte).  A vacinação acontece das 08h às 11h até encerrarem as doses disponíveis.

Fonte: Dircom PMB

Fonte: JOVEM PAN

No início da noite de hoje, sexta-feira, 7, por volta das 18h40, policiais militares da 85ª CIPM, em patrulhamento pelo bairro Santa Cruz, em LEM,  foi informada por populares de que um indivíduo, estaria comercializando drogas em um espetinho na rua Santana.

De posse das informações, a guarnição deslocou até o local sendo feita a abordagem no indivíduo com as características passadas. Ao ser feita a busca pessoal, foi encontrado dentro da pochete algumas dolas de substância análoga a cocaína e após fazer buscas perimetral foi encontrado mais material ilícito.

O indivíduo de 22 anos de nacionalidade venezuelana, juntamente com o material material foram apresentados ao DISEP para adoção das medidas cabíveis.

Fonte: 85ª CIPM

No início da tarde de hoje, sexta-feira, 7, por volta das 12h10, policiais militares da 85ª CIPM, em patrulhamento pelo bairro Florais Léia, em LEM, avistou um indivíduo contumaz na prática de diversos crimes.

O mesmo, ao notar a presença da guarnição, se escondeu atrás de um veículo. Em virtude da atitude suspeita, foi dada voz de abordagem ao indivíduo e ao efetuar a busca pessoal no mesmo foram encontradas em seu bolso algumas pedras de substância análoga a crack.

Ao ser interpelado sobre a tornozeleira que possuía e que deveria estar utilizando, o mesmo informou que tinha tirado e escondido em um matagal aos fundos da antiga rodoviária com a intenção de ficar foragido da justiça.

Diante das informações, a guarnição foi ao local indicado, achando a tornozeleira e, logo após, conduziu o indivíduo ao Disep para a adoção das medidas cabíveis.

Fonte: 85ª CIPM

Na noite de ontem, quinta-feira, 6, um indivíduo armado assaltou o Mercadinho do Moacir, no Povoado de Cocos, no municipio de Baianopolis.

Enquanto o marginal armado roubava os celulares dos clientes e todo dinheiro do caixa, o comparsa dava cobertura na porta. 

Após o assalto, a dupla fugiu. A polícia agora trabalha para botar esses assaltantes na cadeia

Fonte: Redação do Blog do Sigi Vilares

As chuvas intensas sobre as cabeceiras e afluentes nos últimos dias já refletem no nível do rio São Francisco no Norte de Minas e na Bahia. Os reservatórios das principais hidroelétricas, Três Marias e Sobradinho, também estão subindo de forma significativa.

Embora ainda não haja grandes riscos de alagamentos nas cidades cortadas pelo rio, as populações ribeirinhas e das inúmeras ilhas já sentem os impactos da cheia e devem permanecer em alerta. As previsões para os próximos cinco dias continuam apontando para a possibilidade de ocorrência de chuvas intensas desde as nascentes até o sertão da Bahia, o que deve fazer com que o nível suba ainda mais.

Desde os últimos dias de 2022, o acumulado passa de 200 milímetros (mm) em várias localidades da bacia hidrográfica, principalmente em Minas Gerais. No pluviômetro do Centro Nacional de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden), localizado na cidade de Três Marias, abaixo da hidroelétrica, o acumulado é de 245 mm desde 29 de dezembro.

Em Belo Horizonte, no Centro da cidade, o Cemaden registrou 225 mm desde o dia 28 e em outras localidades dos principais afluentes do Velho Chico os acumulados são semelhantes.

No município de São Francisco, no Norte de Minas, o nível do rio mais do que dobrou em trinta dias, saltando de 3,89 metros (m), em 8 de dezembro, para 8,18 m, em 7 de janeiro. O volume está um pouco abaixo da última grande cheia, registrada em março de 2020. Naquela ocasião, o nível chegou a 8,88.

A cheia também já é sentida em Bom Jesus da Lapa, na Bahia. O nível do rio subiu bem rápido nos últimos dias e já atingiu o braço que leva água à lagoa da Lapa. Quiosques que ficam às margens já foram tomados pela água.

Fonte: Agência Sertão

Na manhã de hoje, sexta-feira, 7, por volta das 10h, a CIPE CERRADO prendeu um indivíduo acusado por tráfico de drogas na rua Santo Expedito, na cidade de Côcos.

A guarnição, recebeu denúncia que um homem estaria traficando drogas em frente a uma residência. Ao chegar ao local indicado, os policiais militares realizaram a abordagem e consequente busca pessoal e perimetral, durante as quais, foram encontradas porções de maconha e cocaína, além de dinheiro trocado. Duas motocicletas, utilizadas no tráfico, também foram apreendidas.

Todo material e o abordado foram apresentados na Delegacia de Santa Maria da Vitória, onde foi registrada a ocorrência.

 

Fonte: CIPE CERRADO

 Bahia registrou, de acordo com dados da Secretaria da Saúde desta sexta-feira (7), 11 casos de "flurona" no estado, coinfecção por covid-19 e influenza. Nenhuma morte foi contabilizada.

Os pacientes são residentes dos municípios de Salvador (6), Feira de Santana (2), Lauro de Freitas (1), Camaçari (1) e Juazeiro (1). São seis pacientes do sexo masculino e cinco do sexo feminino, com idades entre 13 e 91 anos.

H3N2

De 1º de novembro de 2021 até 7 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 1661 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 128 municípios. Do total de casos, 348 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação.

Até o momento foram registrados 54 óbitos em residentes de Salvador (42), Feira de Santana (3), Canavieiras (2), Valença (1), Laje (1), Teixeira de Freitas (1), Cabaceiras do Paraguaçu (1), Urandi (1), Sapeaçu (1) e Camaçari (1).

Fonte: BNEWS

A Bahia registrou, nos primeiros seis dias de janeiro deste ano, um aumento de 14,6% nas infecções por covid-19 em relação ao mesmo período de dezembro de 2021. Já na comparação com o mesmo período de novembro do ano passado, o acréscimo é de 37,40%.

Neste início de novo ano, foram contabilizados 3.097 novos casos e 48 mortes pela doença. Somente na quinta-feira (6) foram registrados 1.288 novos casos, o maior número desde 12 de agosto de 2021, quando foram notificados 1.362 novos casos da Covid-19 em 24 horas.

A Secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, alerta que é necessário manter cuidados como utilizar máscaras, evitar aglomerações e completar o esquema vacinal contra a Covid-19. “É preciso que a população leve a sério as recomendações. O momento é crítico e pode se agravar ainda mais caso não tenhamos os cuidados necessários”, afirma.

Tereza Paim ainda pontua que a Secretaria da Saúde do Estado monitora diversos indicadores a exemplo de taxa de ocupação, novos casos e número de casos ativos, para analisar a necessidade de que ações como abertura de novos leitos e medidas restritivas sejam tomadas.

Fonte: BNEWS

Nesta manhã, 7, às 9 horas, a Polícia Militar da Bahia, formou 70 alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio da Polícia Militar Professor Alexandre Leal Costa, na cidade de Barreiras.

Presidida pelo Coronel PM Osival Moreira Cardoso, Comandante de Policiamento da Região Oeste, acompanhando do Tenente Coronel PM Jorge, Diretor Geral do CPM, e do Tenente Coronel PM Uzêda, Comandante do 10º BEIC, a solenidade foi realizada na área cívica do Décimo Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, com as presenças de alunos, familiares, comandantes, professores, diretores do CPM, oficiais e praças da corporação.

Fonte: CPRO

Dia de Reis ou Folia de Reis, como é tradicionalmente conhecida, é uma das mais importantes festas culturais do ano pela sua representatividade do início de uma nova jornada, sendo executada de forma natural e cercada de muita fé e devoção. A reza e os versos dos cantos são conduzidos de acordo com temas que falam de nascimento, adoração, Reis Magos, bênçãos e agradecimentos.

E é essa tradição que pulsa na família de Maria Reis, que há 28 anos realiza os festejos em sua residência no bairro Boa Sorte. “Toda vida, minha família comemorou o Dia de Reis, e é uma tradição que passa de geração em geração. Para mim, a Folia de Reis representa saúde, prosperidade e amor. É de uma gratidão imensa ver os foliões aqui comigo rezando e rogando a Deus proteção, vejo como uma forma de agradecer e manter um legado que faz parte da vida de muitas pessoas”, destacou Maria Reis.

Já na comunidade do Bezerro, quem mantém a tradição é dona Onorina de Lima, conhecida como Nora, que há 50 anos faz a reza dos Santos Reis. “Neste dia, eu só quero agradecer a todos que vieram festejar comigo essa data tão significativa para mim e minha família. Hoje é dia de agradecer pela vida e por todas as bênçãos que o Senhor tem nos dado, e digo, nós foliões de Santos Reis representamos uma história”, disse.

Após os festejos na comunidade do Bezerro e no bairro Boa Sorte, um almoço e um jantar foram servidos, respectivamente, aos foliões que participaram das comemorações do dia. Para a diretora de Cultura de Barreiras, manifestações culturais como essa de fé, devoção e musicalidade, abrilhantam a Folia de Reis. “As ações promovidas pelos grupos de reisado fortalecem os laços culturais e mantêm a tradição acesa. Não podemos deixar de contar essa história com tanta representatividade na nossa história”, afirmou Emília Moreno.

Os festejos da Folia de Reis foram acompanhados pelo chefe de Gabinete, Jeferson Barbosa, secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Demósthenes Júnior e pelo subdiretor de Cultura, Humberto Júnior.

Fonte: Dircom PMB

Na manhã desta sexta-feira, 7, por volta das 10h20, aconteceu um atropelamento na rua Sergipe, em frente ao Sindicato dos Produtores Rurais,  no bairro Jardim Imperial, na cidade de LEM.

De acordo com informações de moradores, a senhora estava fazendo uma caminhada pela rua quando foi atingida por um motociclista em alta velocidade. A vítima teve uma grave fratura exposta e várias escoriações pelo corpo. O condutor da motocicleta se recusou a fazer o teste do Etilometro pela SUTRANS,  mas os sinais eram visíveis de embriaguez. O motociclista ainda informou aos agentes que havia feito o consumo de bebida alcoólica.

Ele foi conduzido pela SUTRANS ao DISEP  ficando a disposição do delegado. Já a vítima socorrida pelo SAMU

Fonte: Reportagem de Weslei Santos/ bLog do Sigi Vilares
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |