Blog Santo Antônio
Notícias
Fonte: Publicidade

Noite de segunda-feira (31) de alívio e comemoração para os dois pacientes que venceram a Covid-19 e receberam alta hospitalar da ala de leitos específicos para o tratamento do Coronavírus, contratados pela Prefeitura de Barreiras junto à Americas Health Especialidades (AMH), no Hospital Central. Ambos estavam internados desde o dia 25 de agosto, e após cumprirem os protocolos do Ministério da Saúde, seguidos pela unidade especializada de saúde, estão curados da doença.

Os pacientes de 74 e 42 anos, necessitaram de cuidados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e após cinco dias de tratamento foram liberados, em meio a comemoração de familiares e das equipes médicas. Agora, os dois devem seguir as orientações extensivas a toda população: usar máscara, higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel e evitar aglomerações.

Fonte: DIRCOM/PMB

Fonte: Grupo Santo Antonio

O dólar fechou em alta de mais de 1% ante o real na última sessão de agosto, mês de intensa pressão no câmbio devido a incertezas políticas e fiscais que mantiveram o real como a moeda relevante mais volátil do mundo. O Ibovespa, índice de referência da bolsa brasileira, a B3, fechou em queda nesta segunda-feira (31) em queda. 

 

O dólar subiu 1,20% nesta segunda-feira (31), cotado a R$ 5,4807, depois de cair 2,93% na sexta-feira (28), maior desvalorização diária desde o começo de junho, segundo a Agência Brasil. 

 

Em agosto, o dólar subiu 5,02% - maior alta mensal desde os 15,92% de março passado. Em 2020, a moeda acumula alta de 36,58%.

 

A B3 caiu 2,09%, a 100.006,95 pontos, encerrando agosto com declínio acumulado de 2,82%, primeira perda mensal desde março, conforme dados preliminares, que mostravam um giro financeiro de R$ 21,7 bilhões na sessão.

Fonte: Agência Brasil

O leilão da Polícia Civil da Bahia, em parceria com Mistério da Justiça, arrecadou 922 mil reais com as vendas de um avião e de 22 veículos apreendidos com traficantes de drogas, nesta segunda-feira (31). 

 

“Seguiremos com as nossas operações e sempre requisitando a alienação antecipada dos itens encontrados com os criminosos. Esse valor será enviado ao Ministério da Justiça e esperamos que em breve retorne para reforçarmos o combate ao tráfico de drogas”, ressaltou a titular da Coordenação de Narcóticos do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e Presidente da Comissão de Avaliação e Alienação de Bens da Polícia Civil, delegada Andréa Ribeiro.

 

Os bens foram comprados através de um processo virtual, pelo site www.mpleiloes.com.br

Fonte: bahia noticias

O Congresso Nacional demonstra que não será fácil reduzir o auxílio emergencial para R$ 300, como quer o Ministério da Economia. O plano do governo é reduzir o benefício ao prorrogá-lo para que a redução não ocorra apenas no lançamento do programa Renda Brasil, substituto do Bolsa Família.

 

"Se depender do meu voto, o valor é R$ 600", disse o senador Eduardo Braga (MDB-AM), segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, líderes do governo no Congresso discutiram o assunto com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em reunião realizada no Palácio da Alvorada.

Fonte: Roque de Sá/ Agência Senado

O presidente Jair Bolsonaro descobriu nesta segunda-feira (31) que está com cálculo renal. Segundo informações da CNN Brasil, o diagnóstico foi feito após Bolsonaro realizar ultrassonografia no Departamento Médico do Planalto.

 

Ele deve passar por cateterismo em setembro, para retirada do cálculo. De acordo com o presidente, a pedra é um pouco maior que um caroço de feijão. 

 

No início de julho, Bolsonaro foi diagnosticado com a Covid-19 e precisou ficar em isolamento no tratamento da doença. Mesmo assim, quebrou a medida, defendida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das mais efcazes no combate à pandemia, ao juntar jornalistas em coletiva para divulgar que estava infectado.

Fonte: Agência Brasil

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 665 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.230 curados (+0,5%). Dos 256.727 casos confirmados desde o início da pandemia, 240.697 já são considerados curados e 10.633 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 415 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (30,06%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (5.727,53), Almadina (5.655,20), Itabuna (4.880,34), Dário Meira (4.845,94), Salinas da Margarida (4.685,01).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 477.174 casos descartados e 83.499 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (31).

Na Bahia, 22.676 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 53 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.397, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,92% ocorreram no sexo masculino e 44,08% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,23% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,06%, preta com 15,51%, amarela com 0,82%, indígena com 0,11% e não há informação em 15,27% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,54%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,65%).

Fonte: SECOM/BA

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Secretaria de Saúde de Barreiras informa o 63º óbito ocorrido nesta segunda-feira (31), por consequência da Covid-19. O paciente de 94 anos sofria de fibrilação atrial e estava internado desde o dia 23 de agosto na ala de leitos contratados junto à Americas Health Especialidades – AMH pela Prefeitura de Barreiras, no Hospital Central, e apesar de todo o zelo e empenho da equipe multidisciplinar não resistiu ao agravamento provocado pela doença.

Neste momento, a Secretaria de Saúde de Barreiras se solidariza com familiares e amigos do paciente reafirmando a defesa pela vida e mantém todos os esforços necessários na promoção da assistência médica, a todas às pessoas atingidas pela Covid-19 que necessitarem de atendimento no município de Barreiras.

Em tempo, reforça o apelo à população que redobre os cuidados no enfrentamento ao novo Coronavírus, tomando todas as medidas possíveis para frear a propagação do vírus através do cumprimento dos decretos municipais, distanciamento social, evitando aglomerações, fazer o uso obrigatório de máscaras e a higienização das mãos sempre que necessário.

Fonte: DIRCOM/PMB

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Saúde, vem a público informar mais 22 (VINTE E DOIS) NOVOS CASOS POSITIVOS PARA O CORONAVÍRUS no município.

Os casos se referem: dez pacientes do gênero masculino, entre 24 a 59 anos; doze pacientes do gênero feminino, entre 20 e 60 anos. Nenhum dos pacientes refere história de viagem ou contato com caso positivo.

Todos os contatos intradomiciliares permanecem em isolamento domiciliar, monitorados e investigados pelo serviço de Telemedicina e pela Vigilância Epidemiológica.

Ressaltamos que todos os procedimentos tem sido deliberados em consonância com as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Até o momento, Luís Eduardo Magalhães tem 2.302 (dois mil, trezentos e dois) casos confirmados da Covid-19 e 22 (vinte e dois) óbitos.

Lembramos que a melhor maneira de proteção contra o coronavírus continua sendo o distanciamento social, para que mantenhamos o controle em Luís Eduardo Magalhães, preservando a saúde e a vida dos luiseduardenses.

O vírus está entre nós e não temos como saber quem pode ser portador. Se você puder, fique em casa. Se precisar sair, use máscara.

Felipe Melhem
Secretário Municipal de Saúde.

Fonte: Assessoria de Comunicação (ASCOM) Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães/BA

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Saúde, vem a público informar mais 08 (OITO) NOVOS CASOS POSITIVOS PARA O CORONAVÍRUS no município. Os casos se referem: cinco pacientes do gênero masculino, entre 22 a 41 anos; três pacientes do gênero feminino, entre 35 e 57 anos.

Nenhum dos pacientes refere história de viagem ou contato com caso positivo. Todos os contatos intradomiciliares permanecem em isolamento domiciliar, monitorados e investigados pelo serviço de Telemedicina e pela Vigilância Epidemiológica. Ressaltamos que todos os procedimentos tem sido deliberados em consonância com as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Até o momento, Luís Eduardo Magalhães tem 2.280 (dois mil, duzentos e oitenta) casos confirmados da Covid-19 e 22 (vinte e dois) óbitos. Lembramos que a melhor maneira de proteção contra o coronavírus continua sendo o distanciamento social, para que mantenhamos o controle em Luís Eduardo Magalhães, preservando a saúde e a vida dos luiseduardenses. O vírus está entre nós e não temos como saber quem pode ser portador.

Se você puder, fique em casa. Se precisar sair, use máscara.

Felipe Melhem

Secretário Municipal de Saúde.

Fonte: ASCOM - Prefeitura de LEM

Equipes do corpo de bombeiros de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães trabalharam para debelar incêndios que atingiram áreas de vegetação nas duas cidades, neste domingo (30).

Em Barreiras, a situação aconteceu em um trecho do bairro Morada da Lua. Já em Luís Eduardo Magalhães, o fogo atingiu uma mata no Parque dos Girassóis.

Diante do aumento no número de casos de queimadas e nas consequências delas ao ser humano e meio ambiente, a principal orientação é não utilizar o fogo para a queima de lixo ou limpeza de terrenos. Boa parte dos incêndios dessa natureza é provocada pela ação humana, o que pode ser evitado, caso haja o atendimento às recomendações e às legislações ambientais.

Fonte: 17 GBM

Para os senadores, Alcolumbre e Maia teriam que aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para alterar a regra e poder disputar a reeleição. A restrição, argumentam, obriga a alternância de poder

Um grupo de dez senadores vai acionar nesta segunda-feira, dia 31, o Supremo Tribunal Federal (STF) contra a possibilidade de reeleição dos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), ambos do DEM. Eles vão ingressar na ação do PTB que pede ao Supremo para declarar a inconstitucionalidade da reeleição.

A petição tem apoio de senadores do 'Muda, Senado', grupo de oposição a Alcolumbre, entre eles Alessandro Vieira (Cidadania-ES), Jorge Kajuru (Cidadania-GO), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e Major Olímpio (PSL-SP).

Os senadores contestam um parecer da Advocacia do Senado, que defendeu ao Supremo a possibilidade de reeleição, em situação análoga à dos chefes do Poder Executivo. Para eles, a comparação é "absolutamente descabida".

A Advocacia do Senado, em sintonia com o desejo de Alcolumbre, argumentou que a eleição da Mesa Diretora é "questão interna" do Legislativo e que a restrição foi inscrita na Constituição de 1988 para resolver questões contemporâneas da política nacional, à época.

Junto com a ação, os senadores encaminham à Corte um parecer do jurista Adilson Dallari, professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Os documentos argumentam que os regimentos internos do Senado e da Câmara, assim como a Constituição, proíbem a disputa da eleição subsequente dentro da mesma legislatura para as presidências das casas legislativas.

Para Dallari eventuais alterações no entendimento constitucional "vulneram a segurança jurídica". "Em qualquer caso, o presidente da Mesa pode ser reconduzido (ou reeleito) para um período subsequente quando se tratar de um novo mandato. Apenas no Senado o presidente da Mesa pode ser reconduzido no exercício do mesmo mandato popular, quando não se tratar de legislatura imediatamente subsequente", escreveu o jurista.

Para os senadores, Alcolumbre e Maia teriam que aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para alterar a regra e poder disputar a reeleição. A restrição, argumentam, obriga a alternância de poder.

"O único e legítimo meio para se permitir a recondução dentro da mesma legislatura seria através da aprovação, nas duas Casas e em dois turnos, de Proposta de Emenda à Constituição", escrevem os senadores. "Na realidade das Casas do Congresso Nacional, a alternância é ainda mais imperiosa ao se considerar que os presidentes de cada qual têm amplo domínio sobre as pautas das sessões que comandam. Desse modo, a recondução de um mesmo presidente, sobretudo dentro da mesma legislatura, pode ocasionar prejuízos insanáveis ao bom funcionamento do Legislativo, na medida em que o que será pautado ou não pode vir a ser objeto de negociações políticas para a reeleição do atual mandatário."

Embora Alcolumbre atue abertamente em prol da reeleição, Maia diz publicamente que não é candidato. Ambos vêm mantendo desde o ano passado conversas reservadas sobre o tema com aliados no Parlamento e ministros do STF, sobretudo com a ala de mais trânsito político na Corte. Recentemente, ambos viajaram a São Paulo para um encontro com o ministro Alexandre de Moraes.

Fonte: Do Tribuna da Bahia com o ESTADÃO

Fonte: Grupo Santo Antonio

 

Fonte: Grupo Santo Antonio

Em Barreiras, a noite de quinta-feira (27) foi comemorada com alegria em dose dupla. Dois pacientes do sexo masculino, com idades de 40 e 47 anos, receberam alta hospitalar da ala de leitos específicos para pacientes com Covid-19, contratados pela Prefeitura de Barreiras junto à Americas Health Especialidades – AMH, no Hospital Central, após cumprirem os protocolos do Ministério da Saúde que são seguidos pela unidade especializada.

Os pacientes que iniciaram o tratamento na unidade no dia 23 de agosto, retornaram para o convívio social tomando todas as medidas necessárias para esse período de pandemia do novo Coronavírus.

Ainda de acordo como o Ministério da Saúde, para evitar a disseminação da Covid-19, é importante que a população redobre os cuidados individuais, utilizando máscara, álcool em gel, fazendo a higienização das mãos, e principalmente, evitando aglomerações.

Fonte: DIRCOM

Fonte: Grupo Santo Antonio

Pelo quarto ano consecutivo, a Bahia é o estado com maior número de homicídios do Brasil. Segundo os dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), referente ao ano de 2018, a Bahia lidera com 6.787 homicídios, uma taxa de 45,8 homicídios a cada 100 mil habitantes.

A Bahia está no topo do ranking desde 2015, quando registrou 6.012 homicídios, mas, os dados divulgados nesta quinta-feira (27) mostram uma queda no número de casos comparado com o ano anterior, quando registrou 7.487 homicídios.

Em feminicídios, o Brasil registrou um total de 4.519 mortes de mulheres, dessas, 427 ocorreram na Bahia, sendo 369 contra mulheres negras.

Sobre os dados, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia afirmou, em nota, que está trabalhando para entender as divergências entre os número divulgados pelo Ipea e os coletados pela Secretaria de Saúde.

Fonte: Política Ao Vivo

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, informa a situação epidemiológica do município. Hoje foram identificados 20 (vinte) novos casos com características que indicam suspeição de Coronavírus (COVID-19), preenchendo os critérios indicativos para coleta. Trata-se de 13 (treze) pessoas do sexo feminino com idades entre 28 e 50 anos e 07 (sete) pessoas do sexo masculino com idades entre 16 e 64 anos.

Informa, ainda, que no dia de hoje foram concluídos 207 (duzentos e sete) resultados, sendo que 118 (cento e dezoito) testaram negativo e 86 (oitenta e seis) testaram positivo. Os 118 (cento e dezoito) casos que testaram negativo trata-se de 63 (sessenta e três) pessoas do sexo feminino com idades entre 01 e 84 anos, e 55 (cinquenta e cinco) pessoas do sexo masculino com idades entre 05 e 67 anos.

Já os 86 (oitenta e seis) casos que testaram positivo trata-se de 55 (cinquenta e cinco) pessoas do sexo feminino, com idades entre 11 meses e 84 anos. Destas, 23 (vinte e três) são sintomáticas, sendo 01 (uma) profissional de saúde, 26 (vinte e seis) tiveram contato com casos confirmados, sendo 03 (três) profissionais de saúde e 06 (seis) preencheram os requisitos para coletas. E 31 (trinta e uma) pessoas do sexo masculino, com idades entre 06 e 72 anos. Destes, 14 (quatorze) são sintomáticos, 15 (quinze) tiveram contato com casos confirmados, sendo 01 (um) profissional de saúde e 02 (dois) preencheram os requisitos para coleta. Dos 86 (oitenta e seis) casos positivos, 47 (quarenta e sete) foram confirmados mediante Teste Rápido, assim como 60 (sessenta) dos 118 (cento e dezoito) que testaram negativo, totalizando 107 (cento e sete) que não foram diminuídos dos 154 (cento e cinquenta e quatro) que aguardavam resultado.

A Secretaria de Saúde registra atualmente 3.454 (três mil quatrocentos e cinquenta e quatro) casos confirmados por Teste Rápido e RT-PCR. Destes, 2.186 (dois mil cento e oitenta e seis) estão recuperados, 1.192 (um mil cento e noventa e dois) estão em isolamento domiciliar, 17 (dezessete) estão internados, e o município registra 59 (cinquenta e nove) óbitos. Já os casos que aguardam resultado somam 77 (setenta e sete).

Barreiras contabiliza hoje 9.363 (nove mil trezentos e sessenta e três) casos notificados, sendo que o primeiro caso notificado no Sistema e-SUS VE foi em 26 de março de 2020. E 4.125 (quatro mil cento e vinte e cinco) casos descartados, cujos resultados foram negativos. De acordo com orientações recentes do Sistema e-SUS VE, o número total de notificados poderá sofrer variações em função de descartes de casos com sintomas gripais.

Tão logo os demais resultados dos exames dos casos suspeitos sejam concluídos serão divulgados, a Secretaria de Saúde manterá a publicação de um boletim diário para que a população fique devidamente informada sobre o assunto.

Fonte: DIRCOM/PMB
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |