Blog Santo Antônio
Ver todos
  Vídeos
Notícias

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou que a revista IstoÉ apague uma reportagem, publicada pelo veículo em 2019, com “ofensas” ao filósofo Olavo de Carvalho e pague uma indenização no valor de R$ 40 mil. A publicação trouxe a reportagem Generais sob ataque e chamou o filósofo de “imbecil”.

Na ocasião, a revista publicou uma capa com o título Olavo de Carvalho – o imbecil – Até quando o guru de Bolsonaro vai abalar a República com as suas loucuras? E foi usada uma imagem do filósofo com um gorro de palhaço.

A decisão da 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça determinou, além da exclusão da reportagem, que a revista remova a capa da revista do site. O desembargador Antonio Carlos Mathias Coltro deu um prazo de 72 horas para a exclusão e definiu multa de R$ 1 mil por dia.

A decisão já havia sido dada em primeira instância, mas o valor de indenização na ocasião foi estabelecido em R$ 25 mil. Com a nova condenação, a editora Três, que publica a IstoÉ, terá que desembolsar R$ 40 mil.

Fonte: Pleno News

Nesta quarta-feira (14), uma mulher e dois homens foram presos suspeitos de participação em um estupro. O crime foi praticado contra uma menina de 8 anos, em Santo Antônio de Jesus, na Bahia.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos são a tia, o tio e o primo da vítima. O trio passou a ser investigado a partir de uma denúncia feita pela mãe da criança, em março. As informações são do portal G1.

A polícia revelou que os abusos foram incentivados pela tia da criança. Ela obrigava a garota a tomar bebidas alcoólicas e a ter relações sexuais com o tio e o primo.

As informações apuradas junto ao Conselho Tutelar também indicaram que a vítima era, frequentemente, ameaçada. A menor foi estuprada pelo menos 10 vezes. A vítima sofreu ameaça de morte para que não revelasse os abusos.

Os mandados de prisão, cumpridos nesta quarta, foram feitos por policiais do Núcleo de Atendimento à Mulher, da 4ª Coordenadoria Regional de Policia do Interior (Coorpin), em Santo Antônio de Jesus.

A criança foi encaminhada para receber acompanhamento do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O inquérito será concluído e entregue à Justiça. Os parentes acusados da menina devem ser enviados para o sistema prisional.

Fonte: Pleno News

Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) receberam a vacina contra a Covid-19 nesta terça-feira (13), após um erro cometido pela Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Os profissionais não fazem parte do público-alvo, mas receberam uma autorização, via e-mail, para serem imunizados.

Os funcionários da CET receberam um e-mail timbrado, às 10h05 desta terça-feira (13), de uma enfermeira da própria Secretaria da Saúde dizendo que eles poderiam ser vacinados a partir de 13 de abril, mediante uma apresentação do crachá de serviço, em qualquer posto de vacinação da capital paulista.

Na verdade, os funcionários deveriam ter sido avisados de que estavam aptos a receber a vacina contra a influenza, a gripe.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, “houve um erro no e-mail disparado na terça-feira (13), e uma nova mensagem, corrigida, foi enviada na sequência”.

Apesar do erro, a prefeitura garantiu que os agentes vacinados contra a Covid-19 terão a segunda dose garantida para completar a imunização contra o Coronavírus.

Até o presente momento, podem ser vacinados na cidade de São Paulo: profissionais da Saúde com 50 anos ou mais, agentes da Segurança Pública, profissionais da Educação com mais de 47 anos, além de idosos de 67 anos ou mais.

Fonte: Pleno News

A empregada do casal Monique Medeiros e Dr. Jairinho, Leila Rosângela de Souza, a Rose, confirmou para a polícia que o ex-vereador e o menino Henry Borel, de 4 anos, ficaram trancados por cerca de 10 minutos dentro do quarto no dia 12 de fevereiro deste ano, e que, ao deixar o cômodo, viu o menino mancando e com “cara de apavorado”.

O relato é igual ao que foi prestado pela babá Thayná Ferreira na última segunda-feira (12), quando a cuidadora da criança foi ouvida pela segunda vez pelos policiais e mudou uma série de pontos em comparação ao primeiro relato dado aos agentes.

Rosângela, por sua vez, também trouxe fatos novos em relação ao primeiro depoimento. De acordo com ela, o casal tomava muitos remédios e Monique também dava “remédio para ansiedade” ao filho, três vezes por dia, porque ele era muito ansioso, além de xarope de maracujá.

No apartamento do casal, a Polícia Civil encontrou várias caixas de remédios tarja preta, muitos deles ansiolíticos. Em seu depoimento na mesma delegacia, o vereador Dr. Jairinho afirmou que ele mesmo passou a se automedicar com os remédios, pois tinha insônia.

No novo depoimento, dado por Rosângela na quarta-feira (14), ela contou que não ouviu nenhum barulho vindo do quarto, porque ficava a maior parte do tempo na cozinha. Questionada sobre por que não contou tais fatos à polícia antes, a empregada disse que não se lembrava dos acontecimentos, mas negou que tenha problemas de memória ou tome remédios controlados.

Essa semana, policiais ouviram um novo depoimento da babá Thayná sobre supostas agressões de Jairinho contra o menino. De acordo com a babá, Monique sabia das agressões contra o filho. Thayná disse ainda que a empregada da casa também mentiu.

Confira abaixo outros fatos relatados pela empregada:

– Assim que Jairinho entrou no apartamento, no dia 12 de fevereiro, Henry saiu correndo do sofá, pulou em seu colo e o abraçou;
– Essa foi a primeira vez que viu o menino ter tal comportamento e que estranhou o fato;
– Ela não ouviu nenhum barulho vindo do quarto quando Jairinho e Henry estavam sozinhos porque ela passava a maior parte do tempo na cozinha;
– Ela percebeu que a porta estava trancada quando foi ao closet guardar roupas;
– Depois de Henry sair do quarto, ela ouviu quando Thayná perguntou o que havia acontecido, mas que o menino nada respondeu;
– Ela viu Henry mancando, mas não lhe perguntou o motivo de ele estar mancando;
– Ela ouviu Thayná perguntar a Henry por que ele estava mancando e o menino respondeu que havia caído da cama e que seu joelho estava doendo;
– Ela viu quando o menino se queixou de dor de cabeça e pediu para a babá não pentear seu cabelo;
– Monique disse a ela que dava remédios para Henry porque ele não dormia direito e passava muito tempo acordado;
– Henry “chorava o tempo todo” e vomitava de vez em quando, mas ela não sabe dizer a razão dos vômitos;
– No domingo de Carnaval, quando falou com Monique para saber quando deveria voltar ao apartamento para trabalhar, a mãe do menino lhe disse que quase voltou no dia anterior, ou seja, no sábado, porque “Henry teve um surto com Jairinho” e que “foi a maior discussão”, mas ela conseguiu acalmá-lo e, portanto, ficaria até a segunda-feira.

Fonte: Pleno News

O diretor da cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, pediu exoneração do cargo após denúncias de que foram concedidas regalias ao vereador Dr. Jairinho e Monique Medeiros durante a passagem do casal pelo presídio. Os dois estão presos temporariamente por suspeita de envolvimento na morte do menino Henry Borel, de 4 anos, filho de Monique e enteado do parlamentar.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio, o gestor pediu afastamento por “discordar das denúncias de supostos privilégios”. A Seap informou também que todas as imagens das câmeras de segurança foram encaminhadas ao Ministério Público do Rio.

De acordo com apuração do jornal Extra, a Seap não comentou se há algum sindicância aberta internamente para apurar as denúncias. Fontes da Seap afirmaram que uma análise preliminar das câmeras não indicou qualquer irregularidade.

O presídio José Frederico Marques é a unidade prisional de “triagem” para o sistema carcerário do estado. No local, detentos passam por audiências de custódia e são encaminhados a outros presídios ou libertados. Isto depende da decisão do juiz.

Após a passagem pela cadeia pública, Jairinho foi transferido para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, e Monique, para o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói.

Fonte: Pleno News

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Grupo Santo Antonio

A Secretaria de Saúde de Barreiras comunica o 144º e 145º óbitos em decorrência da Covid-19, ocorridos no Hospital do Oeste (HO), na segunda-feira (12) e nesta quarta-feira (14). A Secretaria de Saúde informa ainda, que o comunicado do óbito do dia 12 de abril se deu nesta quarta-feira (14), pela necessidade de confirmação do caso e quadro clínico da paciente.

Mesmo com todo o empenho dos profissionais de saúde, a paciente de 62 anos não resistiu às complicações causadas pela Covid-19 aliadas à hipertensão arterial e obesidade pré-existentes. Já a segunda paciente, de 71 anos, que fazia tratamento de hipertensão e diabetes, também não resistiu ao agravamento do quadro de saúde provocado pela Covid-19.

Neste momento, a Secretaria de Saúde de Barreiras se solidariza com familiares e amigos dos pacientes reafirmando a defesa intransigente pela vida, mantendo todos os esforços necessários na promoção da assistência médica e a todas as pessoas que venham necessitar do atendimento especializado para Covid-19 no município.

A Secretaria pede a atenção e colaboração da população nos cuidados essenciais que devem ser mantidos para diminuir a propagação do novo Coronavírus, como o uso obrigatório de máscaras, higienização das mãos e evitar aglomerações.

Barreiras-BA, 14 de abril de 2021.

Melchisedec Alves das Neves

Secretário Municipal de Saúde

Fonte: DIRCOM/PMB

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde através da Coordenação do Programa de Imunização (COPIM), completa um importante marco de imunização contra a Covid-19 com a aplicação da 2ª dose do imunizante em idosos acima de 75 anos. Na semana passada, foram aplicadas vacinas nos idosos vacinados com a primeira dose no dia 11 de março, e nesta quarta e quinta-feira estão sendo atendidos os idosos que foram vacinados no período de 18 a 19 de março.

A ação ocorre no sistema de drive-thru em três pontos estratégicos da cidade localizados na Praça Padre Armindo no bairro Sandra Regina, Unidade de Saúde Jaime Lima no bairro Vila Dulce e na Praça dos Sentidos na Vila do SAS - Barreirinhas. Tão importante quanto tomar a segunda dose é a conscientização destacada pela professora aposentada Nilza Santos, que garantiu continuar com a nova rotina como forma de cuidado coletivo. “O sentimento é de alívio pela situação que estamos passando e me sinto mais protegida após tomar a segunda dose da vacina, mas os cuidados continuam do mesmo jeito: máscara, tranquilidade e saindo o mínimo possível de casa”, destacou.

A aposentada Leonina dos Reis Nascimento compareceu pela manhã no drive-thru da Praça dos Sentidos e fez questão de elogiar o esquema montado pela Prefeitura. “Tomar a vacina é essencial e gostaria de dizer para que venham vacinar no dia certinho, pois é muito importante para todos nós. Sobre a estrutura, é chegar e ser vacinado, as profissionais são gentis e isso faz toda diferença”, disse.

A coordenadora do Programa de Imunização (COPIM), Renata Queiroz, salientou que a cobertura da imunização tem bons resultados e é importante que os idosos compareçam para a vacinação da segunda dose. “Estamos registrando uma excelente cobertura de vacinação e de aplicação da segunda dose. Reforçamos que é muito importante que os idosos compareçam para tomar a segunda dose, garantindo assim, a eficácia da vacina. Nesta etapa recebemos 1.480 doses de CoronaVac, sendo destinadas 1.240 para idosos e 240 para segunda dose de trabalhadores da saúde, que serão vacinados no Centro de Saúde Leonídia Ayres”, informou a coordenadora Renata.

Seguindo o cronograma de vacinação, nos dias 19 e 20 de abril será aplicada a 2ª dose da vacinação dos idosos de 70 anos acima, que receberam a primeira dose nos dias 22 e 23 de março.

Fonte: DIRCOM/PMB

No início da tarde desta quarta-feira, 14, por volta das 13h, após receberam denúncia da ocorrência de roubos no Bairro Mimoso II, em LEM, policiais da CIPE/Cerrado realizaram diligências e rapidamente prenderam um homem com as características informadas portando um simulacro de uma arma de fogo do tipo pistola. O indivíduo Foi conduzido ao DISEP para registro da ocorrência.

Fonte: CIPE/Cerrado. A CIAC nos une, o CERRADO é nosso!🌵🦅


A droga apreendida

No final da tarde e início da noite desta quarta-feira, 14, por volta das 18h, uma guarnição da CIPE-CERRADO que realizava patrulhamento tático especializado apoiando guarnições da 85ª CIPM, quando recebeu uma denúncia de que havia um casal a bordo de uma S10 branca fazendo distribuição de drogas em LEM.

Diante da informação foi passado alerta para as guarnições de serviço, tendo o casal sido encontrado no bairro Jardim das Acácias com um tablete de substância análoga a crack, em continuidade a diligencia, o casal flagrado com a droga no veículo informou a origem da droga tendo sido mais duas pessoas presas uma também no bairro Jardim das Acácias e outra no bairro Santa Cruz, com farta quantidade de entorpecentes; sendo no Santa Cruz, parte da droga estava escondida em um compartimento secreto de num Fiat Mobi, pertencente a um dos indivíduos presos.

Ao final da operação foram apreendidos aproximadamente seis quilos de material entorpecente e dois veículos que foram apresentados no DISEP, juntamente com os quatro indivíduos presos em flagrante.

Fonte: CIPE/Cerrado. A CIAC nos une, o CERRADO é nosso!🌵🦅

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB) aprovou, em reunião nesta quarta-feira (14), o início da vacinação dos trabalhadores da educação com 55 anos ou mais. Ainda não há data certa para a imunização deste público, mas a perspectiva é de que a aplicação comece na próxima semana, a depender da quantidade de doses disponíveis da vacina nos municípios.

A CIB é um órgão composto pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) e secretários municipais de Saúde e define como será feita a aplicação da vacina contra Covid-19 no estado. A resolução sobre o início da imunização dos trabalhadores da educação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta (15).

O documento ainda diz que os municípios que finalizerem a etapa de 59 a 50 anos anos do grupo das forças de segurança e salvamento poderão avançar para a faixa dos 49 a 45 anos. A CIB também estabeleceu como se dará a vacinação para outros grupos prioritários, como pessoas entre 60 e 64 anos, quilombolas e pacientes com comorbidades.

Fonte: Bahia Notícias

Com a abertura da CPI da Covid e a escolha de seus membros, no Senado, os deputados da base governista terão o governador Rui Costa (PT) como um dos alvos, segundo o UOL.

Camilo Santana, do Ceará; mais Flávio Dino (PC do B), do Maranhão. Renan Calheiros Filho (MDB-AL), também serão alvos dos senadores da tropa do governo, além de Rui.

A CPI não poderá investigar governadores, mas o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, decidiu que a da Covid tratará, além das ações e inações do governo Bolsonaro na pandemia, também do destino que tiveram os repasses de verbas para estados.

A compra de respiradores feita pelo Governo da Bahia e que gerou um prejuízo de quase R$ 100 milhões para os cofres públicos, já que os equipamentos foram pagos e não chegaram, deve ser tema da CPI.

Fonte: Política Ao Vivo

Fonte: Grupo Santo Antonio

Fonte: Publicidade

LEM: Prefeito e vice, Polícia Militar, Secretarias de Saúde e Segurança e ACELEM se reúnem para definir ações para coibir festas clandestinas

Com o objetivo de traçar ações para coibir as festas clandestinas na cidade, o prefeito e o vice de Luís Eduardo Magalhães, Junior Marabá e Filipe Fernandes reuniram-se no final da tarde desta terça-feira (13), com o comandante da 85º Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/LEM), Major Cristiano Mendes Gouveia.

Participaram do encontro, o secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, João Paulo Nascimento, a presidente da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM), Telma Oliveira e a diretora de Vigilância em Saúde do Município, Juliana Melo. Os gerentes de Vigilância Sanitária e Ambiental e de Vigilância Epidemiológica, Marcelo Rufino e Ana Luiza também estiveram presentes.

A Prefeitura, através das secretarias de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Indústria, Comércio e Serviços e Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, vai encabeçar uma campanha no intuito de conscientizar a população, da importância de denunciar esses eventos ilegais, em plena pandemia. Para isso, vai buscar o apoio das rádios comunitárias do Município. A iniciativa terá a assinatura da ACELEM e da 85º CIPM. As denúncias serão feitas pelo 190 e 153 da Secretaria de Segurança.

“A Prefeitura precisa conter o avanço da pandemia, para que não sejam necessárias medidas mais restritivas, como as que o Governo do Estado tomou na região de Irecê, por exemplo. O Governo do Estado está endurecendo ou flexibilizando as medidas, de acordo com os resultados da semana. Se a gente consegue ter uma redução de casos, a tendência é que comece a diminuir as restrições dos decretos”, pontuou o prefeito Junior Marabá.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

As inscrições para alunos novos da rede municipal de ensino de Luís Eduardo Magalhães iniciaram nesta terça-feira (13) e seguem até o dia 19 de abril, através
do site: educalem.com.br.

O site enviará uma mensagem de confirmação de matrícula via WhatsApp, para o número cadastrado e posteriormente será necessário que o aluno ou o responsável legal se apresente na escola, apresentando os seguintes documentos:

- Cópia da certidão de nascimento ou de identidade com originais para conferência;

- Cópia do CPF;

- Original do Histórico Escolar ou comprovante de escolaridade (quando transferido de outra escola);

- Cópia do Comprovante de Residência atual;

- Cópia do Cartão de vacina (atualizado) para Educação infantil e Ensino Fundamental anos iniciais;

- Cópia do Cartão do SUS;

- Laudo médico que ateste a deficiência ou outro documento de processo de avaliação diagnóstica, caso se aplique, para melhor organização pedagógica;

- Declaração de trabalho atualizada contendo carga horária diária ou cópia da carteira de trabalho dos pais ou responsáveis para os casos de matrícula e horário integral modalidade creche – maternal I-II;

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS

- Rematrícula automática dos alunos da casa – 07 de abril de 2021;

- Matrículas de alunos entre escolas municipais: Maternal II que irão para o Pré I, alunos do Pré II que irão para o 1º ano, alunos do 5° ano que irão para o 6° ano e transferência por interesse próprio– 08 a 12 de abril de 2021;

- Transferência por terminalidade: 9º ano – 15 e 16 de abril;

- Matrícula de alunos novos em todas as modalidades, isto é, para os alunos que não integram a rede municipal de ensino – 13 a 19 de abril;

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

Maria Gabriela Izoton Botion, enfermeira formada pela FASB em Barreiras e com sete anos de experiência na área, agora será a nova secretária de saúde do Município. Gabriela esteve à frente da diretoria Administrativa do Hospital e Maternidade Dr. Gileno de Sá, em Luís Eduardo Magalhães, desde o dia 1º de janeiro de 2021.

“Agora me foi feita essa proposta e eu aceitei, para dar continuidade ao trabalho de promoção à saúde, junto com os profissionais, junto com toda a população de Luís Eduardo. Porque Saúde é um trabalho em conjunto”, pontuou.

Maria Gabriela falou dos desafios da Secretaria em plena pandemia do Covid-19. “A gente tem buscado meios para que a gente consiga vencer todos os dias essa questão de pandemia no município. É uma conquista diária, então estamos indo atrás de equipamentos para melhorar nossas unidades de saúde, da contratação de mais profissionais. E precisamos muito da ajuda da população nesse trabalho”, destacou.

“O nome da Gabriela Botion surgiu naturalmente. Ela tem feito um excelente trabalho à frente do Hospital Dr. Gileno de Sá e, assim como os outros nomes que foram apresentados, a considero uma pessoa apta para assumir os desafios da Saúde”, disse o prefeito Junior Marabá. “Acredito que ao lado do Conselho Administrativo da Saúde que criamos, a Gabriela fará um excelente trabalho”, concluiu Junior.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães encaminhou ontem, segunda-feira (12), para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei do Auxílio Emergencial Municipal que, sendo aprovado na casa legislativa, deverá atender até 1.500 famílias em situação de vulnerabilidade econômica de Luís Eduardo, com um valor de até R$ 300 por um período de três meses.

Mas, a boa notícia é que no Projeto de Lei apresentado pelo executivo consta uma indicação de uso dos recursos que são devolvidos anualmente pela Câmara Municipal de Vereadores, sejam também revertidos em auxílios emergenciais. No ano de 2020, por exemplo, foi devolvido cerca R$ 1,5 milhão.

Se o valor proporcional a três meses, que daria R$ 375 mil do montante devolvido em 2020, fossem convertidos em Auxílio Emergencial Municipal, seria o suficiente para beneficiar cerca 416 famílias, que receberiam um total de R$ 900 ao final dos noventa dias.

Presidente da Câmara já fez indicação
No mesmo dia em que o prefeito noticiou a apresentação do seu Projeto de Lei que tratava da criação do Auxílio Emergencial Municipal à sua base de vereadores, o vereador e presidente da casa legislativa, Fernando Fernandes, fez a Indicação de 103/2021 de 06 de abril, que dizia: “Indico ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providenciem a propositura de uma lei que conceda algum benefício ou auxílio emergencial à população Luiseduardense, diante do momento de crise causado pelo Covid-19 (Coronavirus)”.

“Penso que este recurso que é devolvido anualmente aos cofres públicos, pela Câmara Municipal, irá atender perfeitamente à indicação feita pelo vereador Fernando Fernandes. Acredito que quando ele tomou conhecimento do projeto do prefeito, ele deve ter pensado nisso”, disse o secretário de governo, Danilo Henrique.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM

Teve início nesta terça-feira (13), em todas as unidades de saúde (com sala de vacinação), de Luís Eduardo Magalhães, das 7h30 às 13h30 e das 13h30 às 17h20, a Vacinação contra a Influenza. 

A primeira fase da Vacinação vai até o dia 10 de maio e terá como público alvo, crianças de 6 meses até menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde.


A vacinação será dividida em três fases, confira: 


Segunda fase 11/05/2021 a 08/06/2021:

- Idosos com 60 anos e mais;
- Professores;

Terceira fase 09/06/2021 a 09/07/2021

- Comorbidades;
- Pessoas com deficiência permanente;
- trabalhadores de Transporte coletivo Rodoviário Passageiros urbano e de longo curso;
- trabalhadores Portuários;
-força de segurança e salvamento;
- força Armadas;
- funcionários do Sistema de privação de liberdade;
-população carcerária
- Adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Fonte: ASCOM Prefeitura de LEM
  Curta nossa página
  PUBLICIDADE

| Todos os Direitos Reservados |